domingo, 31 de março de 2013

EMPACADO

Ainda bem cedo peguei o hábito da leitura. Ando sempre lendo. Desde o Almanaque Biotônico Fontoura, bulas de remédio, jornais e até livros.
Normalmente a leitura segue natural e tranquila.
Raramente acontece o que está acontecendo nas últimas semanas:
Empacar na leitura de um livro.
Não que se trate de um livro ruim. Pelo contrário é bom e interessante. Mas o travamento aconteceu por perto da página 40.
Por pirraça não começo a ler outro.
Sempre leio a noite. Abro, leio uma página antes daquela onde estou estacionado para me situar. Avanço mais uma ou duas e encosto o carro.
Está difícil.

ER

PRATO DO DIA


sábado, 30 de março de 2013

SOB A LUZ DE VELAS


Nunca deixei que o período que passei na escola interferisse em minha educação.

Mark Twain

MOÇA BONITA

Jane Birkin

IGUALZINHO AQUI

Em 2003, um deputado inglês chamado Chris Huhne foi pego por um radar dirigindo em alta velocidade. Pra não perder a carteira, pois na Inglaterra é feio uma autoridade infringir a Lei, a mulher dele, Vicky Price, assumiu a culpa. O tempo passa, o deputado vira Ministro da Energia, o casamento acaba, a Vicky decide se vingar e conta a história pra imprensa.
Como é na Inglaterra, o tal do Chris Huhne é obrigado a se demitir primeiro do ministério e depois do Parlamento.
Acabou a história ?
Não!
Na Inglaterra é crime mentir para a Justiça e a Justiça sentenciou o casal envolvido na fraude do radar em 8 meses de cadeia pra cada um. E vão ter de pagar multa de 120 mil libras, uns 350 mil reais.
Segredo de Justiça? Nem pensar, julgamento aberto ao público e à imprensa.
Segurança nacional? Nem pensar, infrator é infrator.
E o que disse o Primeiro Ministro David Cameron quando soube da condenação do seu ex-ministro: 'É uma conspiração da mídia conservadora para denegrir a imagem do meu governo.' Certo? Errado.
O que disse o Primeiro Ministro David Cameron acerca do seu ex-ministro foi o seguinte: 'É pra todo mundo ficar sabendo que ninguém, por mais alto e poderoso que seja, está fora do braço da Lei.'
 
(email do Toninho Maia)
 
ER

ESTAMOS UM POUCO MELHOR NESSE QUESITO

Cristina

HOJE É DIA DE ROCK


AEROPORTO - THE END

Mais uma vez registramos. O Blog não é imprensa. Não tem estrutura para isso. É um instrumento amador para trocas de ideias, de amigos, conhecidos e desconhecidos. Não tem por objetivo fazer proselitismo.
Então vamos lá: Escrevemos sobre o projeto do aeroporto de Itajubá. Muita gente leu, comentou e se manifestou.
Continuar no assunto é chatice.
Só uma coisinha. Em 2004 aconteceu a concorrência para a construção desse mesmo aeroporto. O pleito foi vencido pela ATERPA. Não me lembro do valor, mas era algo em torno de R$ 25 milhões. A Prefeitura, na ocasião ficou responsável pela desapropriação da área e 1/3 dos custos para deslocamento de uma linha de transmissão da Cemig.
A área, algo próximo dos 250.000 metros quadrados, pertencia quase totalmente a CDI (do próprio governo mineiro) e a dois outros proprietários particulares. A CDI se dispos a ceder a sua parte por um valor quase que simbólico.
Por razões que a própria razão desconhece, não deu em nada.
Posteriormente a concorrência foi cancelada.
Agora foi feita nova concorrência e coincidentemente ganha pela mesma ATERPA, por valor próximo de R$ 66 milhões.
Desta vez a responsabilidade por todo o investimento será do governo mineiro, inclusive o custo da desapropriação da área, que segundo informações não pertence mais a CDI e sim a empresários locais.
Pressumo que o projeto tenha sido alterado substancialmente em comparação com o original, o que justificaria a elevação dos custos.
Muito embora imaginamos que o "aeroporto" ainda renderá muita conversa, o blog está propondo a mudança de assunto, sob pena de passarmos, mais uma vez, por chatos.

ER 

PRÁ PENSAR

"A linguagem política destina-se a fazer com que a mentira soe como verdade, e o crime se torne respeitável, bem como a imprimir ao vento uma aparência de solidez."

George Orwell (citado por Merval Pereira)

TRISTE SITUAÇÃO


sexta-feira, 29 de março de 2013

SOB A LUZ DE VELAS

Subitamente a gente atinge aquele momento, de idade e sabedoria, em que, simplesmente, "não tem mais que ir".

Millôr

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Dean

MOÇA BONITA

Natalia Vodianova

FALOU E NÃO DISSE


VERDADE

"O perdão não substitui a justiça"

Papa Bento XVI,

quinta-feira, 28 de março de 2013

SOB A LUZ DE VELAS

"A política é talvez a única profissão para a qual se pensa que não é preciso nenhuma preparação."

Robert Stevenson

ME DÊ MOTIVO !

Conversa ouvida antes da procissão na Igreja São José:
 
- Ô Cumpadre, veja só. Põe sentido nisso:
Primeiro foi a inovação de bancas de venda de revistas feitas de aço. Bandas de música e discurso de políticos nas inaugurações.
Depois foi a febre de construção de fontes luminosas. Ai da cidade que não tivesse uma ! Adiante, pegaram a mania de construir estátuas da imagem do Cristo no ponto mais elevado da Vila.
Agora está saindo muito caro: Construção de aeroporto.
 
- Uai ! Aeroporto é bom. Ainda mais com dinheiro dos outros.
 
- Cumpadre, as coisas mudaram muito. Aeroporto hoje tem que ser regional. É burrice a construção por uma fábula de dinheiro. O dinheiro é nosso. Vamos tentar redirecioná-lo para necessidades prementes.
Posso até ser favorável, desde que alguém me dê um motivo para o Estado enterrar na várzea 100 milhões e lógico, como todas as obras públicas, mais 25% de aditivo.
Não me falem de voos comerciais: Impossível (Varginha e Pouso Alegre estão às moscas)
Não venham com voos de empresários. Com celular, internet, etc, diretores de empresas visitam a cidade 2 vezes por ano.
Não me falem de transporte de mercadoria. Não existe estrutura para isso (Porto Seco no caso de importação).
Só me dêem uma justificativa que eu mudo de ideia.
Só não vale dizer que em cavalo dado não se repara nada.
 
- É...faz sentido.
 
ER
 
 

CARA DE PAU


quarta-feira, 27 de março de 2013

DEU NO JORNAL


Terminou o primeiro set : Mirassol 6 x Palmeiras 2

Clarin da Boa Vista

O MUNDO QUASE PAROU

 
A internet ficou mais lenta ao redor do mundo nesta quarta-feira devido ao que especialistas em segurança chamaram de maior ciberataque da História.
Uma briga entre um grupo que luta contra o avanço do spam e uma empresa que abriga sites deflagrou ataques cibernéticos que atingiram a estrutura central da rede. Especialistas temem que possa causar problemas em bancos e serviços de email. Cinco polícias nacionais de combate a crimes cibernéticos estão investigando os ataques.
 
BBC

CARTAS NA MESA

 
Ouvido ontem na Feira Livre da Boa Vista, na Av. Dr. Rosemburgo Romano, ex-sambódromo.
 
- Ô Cumpadre, vai completando os 100 dias de governo municipal e as cartas vão sendo colocadas na mesa.
 
- Do que você está falando homem ?
 
- Da imprensa escrita e falada. Pelo visto teremos dois jornais na oposição e um na situação. Nas rádios, deverá ter só uma na oposição. E tudo caminhará de maneira light, tanto a oposição quanto a situação.
 
- É...até quando eu não sei.
 
- Isso vai longe. O pessoal é muito jeitoso.
 
- Faz sentido.
 
ER 

ELAS DE VOLTA A RIBALTA

O Jornal Itajubá Notícias desta semana publica entrevista (leiam) com o Prefeito Rodrigo Riera.
 
Qual sua opinião sobre a Lei das Sacolinhas?

Muitos vão me criticar, mas eu sou contra a proibição das sacolinhas, sou a favor de libera-las novamente. Um litro de óleo polui mais do que 500 toneladas de sacolinhas. Elas significam 0,02% do que é despejado do lixo em Itajubá. Depois que às proibiram a cidade ficou mais suja, porque com as próprias sacolas as pessoas guardavam seus detritos e hoje, infelizmente, muitos jogam no chão. Várias cidades que implantaram isto, e no começo eu também era a favor, já aboliram. Era uma iniciativa do executivo. O interesse de nosso governo é que voltem as sacolinhas e o conforto. Para a pessoa que tem carro é muito simples. Ela leva no braço e põe no porta-malas, mas e a maioria da população que anda de ônibus ou a pé...e as que não têm como ficar comprando as sacolas, esquecem em casa. Até a Prefeitura de São Paulo já aboliu isto, então eu sou a favor que retorne as sacolinhas, até pela limpeza da cidade.
 
Blog: Estamos desacostumados a ver os políticos dizerem sim ou não. No caso, o Prefeito se posicionou de forma firme e isso é bom.
Somos contra a simples proibição das sacolinhas. Que os supermercados e lojas forneçam, sem custos adicionais,  outra embalagem que facilite a vida dos clientes e tranquilize os ecologistas. 
 
ER

MOÇA BONITA

Jacqueline Bisset (fazia o cigarro parecer saudável )

CANTINHO DA SALA


A obra  " El sueño " pintada em 1932 por Pablo Picasso, que mostra sua amante Marie-Therese Walter sentada em um divã com os olhos semicerrados, foi negociada nos EUA.
A tela, que tinha sido seriamente danificada pelo seu proprietário, o magnata de cassinos em Las Vegas,  Steve Wynn. Em uma reunião com amigos, acidentalmente  furou o quadro com o cotovelo.
Foi restaurado e vendido para o multimilionário Steven A. Cohen pelo valor de US$ 155 milhões.
Cohen é gestor do fundo de investimento SAC Capital Advisors.
O preço pago por “El Sueño” é o mais elevado pago por uma obra de Pablo Picasso.
 
ER
 

CHÁ DE CADEIRA

Após esperar por mais de uma hora pelo presidente da África do Sul, Jacob Zuma, com quem teria uma audiência às 18h15, no Centro de Convenções de Durban, a presidente Dilma Rousseff, irritada, decidiu voltar ao hotel e cancelar sua participação no jantar de abertura da reunião dos Brics, o grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Dilma chegou a cogitar a não participação também da cerimônia de abertura do encontro e no espetáculo que se seguiria, mas mudou de ideia e resolveu comparecer ao evento.
O que mais incomodou a comitiva da presidente foi a falta de explicação para o atraso. Zuma, anfitrião do encontro, prolongou uma reunião anterior, com o primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, e não enviou nem um emissário, um andar acima, onde Dilma o esperava, para desculpar-se pela demora.
O incidente cria um mal estar entre a presidente brasileira e o mandatário africano.
 
Blog: Dureza !

ER



 

PREOCUPANTE

A General Motors confirmou o desligamento de 598 trabalhadores da fábrica de São José dos Campos (SP). O desligamento envolve empregados da fábrica de automóveis - uma das oito existentes no Complexo Industrial da empresa na cidade, que estavam em lay-off (período de afastamento) desde agosto de 2012.
Blog: São muitas as pessoas da nossa região trabalhando na GM de São José dos Campos. Capitalismo selvagem.
 
ER

TEJE PRESO !


terça-feira, 26 de março de 2013

CANTINHO DA SALA

 
Automat é um quadro pintado por Edward Hopper em 1927.
A obra foi exibida pela primeira vez no Dia dos Namorados de 1927 nas Galerias Rehn em Nova York.
Hoje pertence ao Des Moines Art Center em Iowa.
A esposa de Hopper (Jo) serviu como modelo. Ela tinha 44 anos na época e Hopper alterou seu rosto para fazê-la mais jovem.
Edward Hopper nasceu em 1882 e tomou o barco em Nova York em 1967, aos 84 anos. Ficou conhecido por suas pinturas misteriosas representando quase sempre a solidão.
Espetacular e intrigante.
 
ER

 

EM OUTROS TEMPOS

Foto acervo da família RR

Bons tempos na terrinha quando todos (ou quase) empurravam o caminhão na mesma direção. Falando, o nosso Governador Aureliano (diferente de hoje, o governador mineiro vinha sempre em Itajubá).
Participando da reunião, Dr. Rosemburgo, Dr. Vicente Vilela, Prof. José Alves, Prof. Flávio Azambuja, Dr. Afonso Brito, Dr. Luis Fernando, Dr. Gilberto Azevedo, Sebastião Riera e Sr. Dastre.
De costas, os vereadores Loca da farmácia e o Luis Correia.
O Zelador teve a honra de conhecer e conviver com todos. José Alves e Flávio Azambuja foram meus professores na Efei.

ER

AMIGOS DO BRASIL !


Comentário feito pelo brilhante analista de Santa Rita de Caldas, Marcos Carvalho:

Pegando de bate pronto e submento ao seu julgamento de ex-grande atleta dos gramados itajubenses e vizinhanças:

1. Por que somos obrigados a ver o Oscar (nosso novo ponta direita recuado,veja você onde chegamos) em disparada, lá em baixo, na meia direita, quase marca do escanteio, correndo atrás de um sujeito vestido com uniforme de outro time? Vá ter tática secreta e inédita assim na baixa da égua, sô...;

2. Por que que o Hulk, só pelo fato de não ter prenome de Luciano, não possuir nenhum lobby nem staff "personais", nem cortar o cabelo com tesouradas esquisitas, muito menos pintá-lo de púrpura paquistão, não pode ser escalado sem termos que escutar aquela bobajada toda na linha "tá bão prá compor o grupo", "é uma boa opção pro banco", etc...? O cara entra, corre o tempo todo, dá todo o gás, faz boas (muitas) jogadas e cruzamentos da linha de fundo, dá passes prá gol, ajuda na defesa, e a turma do terno e gravata e logotipo sempre repetindo a mesma lenga-lenga...?

3. Por que temos que ter o desprazer de ver aquelas vacas sagradas mumificadas, sentadas no banco, fingindo comandar um time? Caras e poses e gestos de eméritos sábios nas artes do rude esporte bretão. Psicólogos esportivos da maior relevancia. Nas coletivas, fazendo cara enfadada de iluminados, nos ensinam, a nós pobres abestalhados a teoria da "evolução por etapas" ?? Os pobres palmeirenses viram em que brejal foi atolar esta tal "evolução por etapas"...

4. Pior: e o Parreira? Só pelo fato de ser educado tem que ter eternamente uma boquinha em todas as seleções ou na CBF? A bocada dever ser muitíssimo boa. Perder o lugar no banco ao lado do cacique para o Murtosa é dose para mamute, é ou não é?
O Murtosa, seu Zé; o Murtosa! veja onde chegamos).

5. Melhor o Feola "way of coaching", que, diziam, dormia no banco, escalava a turma e deixava que eles resolvessem o negócio lá dentro das quatro linhas.

6. Qual o mistério que faz com que nossos melhores jogadores sintam-se travados quando estão com a camisa amarela (excessão: Daniel Alves, talvez por ser meio lelé, como soía (ôpa!!) acontecer com os antigos pontas do Botafogo). Hoje, todo mundo quer "servir" o companheiro, ninguém com um egoísmozinho, pequinininho, rápidinho, de partir pra cima dos homens e fazer um gol que possa ser chamado de golaço. Reparou que nossos atuais gol são muito mais golzinhos, meio xêpa de feira?

7. Usando tradicional expresssão baiana: Ora, me deixe...

Abraços ludopédicos
 
Marquinhos Carvalho

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Presidente Gerald R. Ford e Pelé na Casa Branca

MOÇA BONITA


AEROPORTO FOLHEADO A OURO

Sinceramente não sabemos a razão que levou o Governador Anastasia a cancelar sua vinda a terrinha, programada para acontecer na semana passada e constava da programação do aniversário da cidade.
Episódios como esse colocam a nossa cabeça para pensar e colocar a barba de molho.
Descerramento de placa inaugural das obras ? De quem é o terreno ? Já pertence ao Estado ? Ao município ? Foi desapropriado ?
Ficamos atônitos quando lemos e ouvimos que o projeto do nosso campo de pouso estaria orçado em algo próximo dos R$ 100 milhões.
Absurdo.
Não aceitamos o mal emprego de recursos públicos em lugar nenhum, muito menos que sejam enterrados na nossa terrinha.
A expansão de simples pista de pouso para ensaios e testes de helicópteros seria razoável e com custos extraordinariamente menores.
Aliás, como tudo é momento e oportunidade, ao meu ver, um aeroporto de 100 milhões não é prioridade para o desenvolvimento de Itajubá.
Aeroporto minha gente é um investimento regional e olhe lá. O de Pouso Alegre poderá atender muito bem todo o Sul de Minas. O tempo de carro gasto de lá até a nossa Cidade é de 30 a 40 minutos.
Para se ter uma idéia, com esse tempo ainda nem teríamos conseguido sair do estacionamento de Cumbica ou Congonhas. É só manter a estrada boa como está, fazendo a terceira pista em alguns gargalos e melhorar a sinalização.
E quando as autoridades vierem?... Que bom! Irão reconhecer a importância das estradas . Ou Deputado e Governador não podem sentir chacoalhões ?
Empresários muito ocupados ? Perdem mais tempo nos deslocamentos em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. É urgente ? Deslocam-se de Pouso Alegre para cá, de helicóptero, levando 10 minutos e ainda fazem propaganda do nosso mais nobre produto,qual seja, o próprio helicóptero.
Cargas aéreas, com peças e componentes ? Balela. No caso de importados, têm que passar pela alfândega em São Paulo, Rio ou BH, quando muito desembaraçando em Varginha.
Com certeza, queimar 100 milhões de reais, nessa conjuntura e nesse momento, não faz sentido.
Essa pista, no momento, se tiver um  pouso por dia, será muito. Provocará pela raridade, quando muito, uma corrida das crianças para ver o avião.
Gente, a prioridade hoje é a construção do rodoanel, com os caminhões passando por fora do perímetro urbano da Cidade.
Hoje, a prioridade um da terrinha é a construção do Rodoanel.
O projeto já está rascunhado, originando-se na rodovia BR-459, vindo de Pouso Alegre, saindo a esquerda na reta de Piranguinho, passando por trás, cruzando a rodovia Itajubá - Maria da Fé, antes de se chegar na Sede Campestre do Clube Itajubense, passando próximo à pedreira da Imbel, indo desembocar de novo na BR-459, próximo da Cabelauto.
Isso alavancaria o desenvolvimento da Cidade para o outro lado, com construções de postos de gasolina, hoteis, restaurantes, oficinas e conjuntos residenciais.
Valorizaria de imediato a entrada da Cidade, ficando mais humana e o principal, desafogando o trânsito da Cidade toda.
Esse projeto tinha que estar dentro do tal de PAC. Mas como tenho escrito, nossa força política é zero, exceto para conseguir penitenciaria e congeneres.
A criatividade é fundamental nesse momento. Há que se buscar parceria com o Exército que dispõe de máquinas e operadores preparados.
Negociar os terrenos à beira do rodoanel que serão muito valorizados e por que não, buscar uma parceria com a iniciativa privada para explorar um pedágio nesse trecho ? Creio que se viabilizaria economicamente.
Para isso é necessário vontade política e as forças que dirigem a Cidade pensarem um pouco mais no Itajubá de amanhã.
Temos gente para isso.

ER



CARTAS QUE NÃO RECEBI

Itajubá, 26 de março de 2013

Bem gente, é um prazer estar presente nesta ocasião para defender as cores dessa equipe.
Era o meu antigo sonho.
Vim para ficar. Aqui é o meu lugar. Darei tudo de mim para apresentar uma grande atuação e  proporcionar a alegria a todos torcedores, digo, a todos eleitores, ou melhor corrigindo, a todos cidadãos.
Eu e meus companheiros estamos preparados para apresentar um grande exibição. Estamos bem orientados pelo professor, que mesmo de longe nos transmite precisas orientações.
Fisicamente e tecnicamente estamos no auge.
Atuaremos com grande amor a camisa. Poderemos até não ganhar, mas espírito de luta e dedicação não faltarão.
Sou sabedor do grande esforço que fizeram para me contratar. Corresponderei.
Atuarei na organização de jogadas e na orientação dos meus companheiros, aproveitando a minha experiência adquirida nos gramados alemães.
Logicamente, todas as jogadas terão que obrigatoriamente passar por mim. Individualização de jogadas estão descartadas.
Não deixaremos que o controle da partida saia de nossas mãos.
Precisamos do entusiasmo de todos para nos animar. Críticas, normalmente virão. Fazem parte. Não nos abaterão.
Vamos em frente.
Abraço a todos e o meu muito obrigado pela oportunidade.

Capitão da Equipe

É DISCO QUE EU GOSTO



Vida dura. A grande Dionne Warwick, aos 72 anos, entrou com um pedido de falência nos Estados Unidos. Ela estaria com sérios problemas com os órgãos de receita do governo americano.  Segundo publicado, ela tem uma dívida de US$ 1 milhão com o fisco.
Em 2012, a cantora chegou a ser listada como umas das 500 pessoas que mais deviam taxas e impostos na  Califórnia.
É a vida.

ER

NO SUFOCO

Recém formado da terrinha em São Paulo

HISTÓRIA DA MÚSICA


FALTOU ANARFA


segunda-feira, 25 de março de 2013

MANCHETE DO JORNAL

Nos jogos da seleção na Europa, Neymar deve ter sentido falta, do outro lado do campo, do Birigui, Penapolense e Palmeiras.

Clarin da Boa Vista

MOMENTOS MÁGICOS


TOMANDO O BARCO NA TERRINHA

Não era mole tomar o barco na terrinha nos anos 50 e 60.
Não existia a novidade de funerárias. Somente, existia a do Sr. Paredão, bem localizada (êpa) nas proximidades da Santa Casa. Não abrigava velórios. Apenas, vendia a embalagem.
Os velórios eram realizados na sala de visitas da residência, ficando o caixão apoiado em duas cadeiras.
Os vivos miravam o morto de cima.
O cheiro de flores (não perfume) empesteava o ar, misturado com o odor de velas, sob o fundo musical de choros baixinhos e soluços.
Não era mole.  Morria-se com mais intensidade no passado.
O velório varava a noite com as senhoras vizinhas providenciando garrafas e mais garrafas térmicas de café. Com sorte, corria pela sala até um pratinho de sequilhos.
Os homens proseavam na rua ou no jardim da residência. Casos e mais casos sobre o falecido. Sempre histórias boas e alegres.
Todos que morrem se transformam em bons, pelo menos durante os velórios.
Com a noite avançando, todo mundo ia caindo fora "à francesa" ou, como diziam na Boa Vista, "de fininho".
Lá pelas tantas, permaneciam na sala tão somente uns familiares e dois ou três heróis.
A coisa pegava fogo quando chegava de viagem um parente próximo vindo para o féretro. Começava tudo de novo. choro, abraços e desespero. Dureza.
E na hora de fechar o caixão ?
Sai de baixo. Viúva e filhas eram afastadas quase à força.
Acredite se quiser. O trajeto (de qualquer ponto da cidade) até o cemitério (parece que antigamente o morro era mais elevado) era a pé. Seis homens carregando o caixão em revezamento solene. Solidariedade no limite. Antes da alça metálica começar a ferir a mão, um companheiro encostava-se, dava um tapinha no seu ombro e assumia a posição.
Nunca vi nenhuma mulher nessa atividade. Na época, creio eu, ainda não tinham conquistado mais esse direito.
Acompanhei muitos saindo da Boa Vista. As portas dos estabelecimentos comerciais eram baixadas. Os carros e transeuntes paravam na passagem do féretro.
Tristemente os sinos da Igreja de São José repicavam até enterro passar pelo Café Hélio. Doído.
A Viúva seguia de luto fechado (tudo preto) por um ano. O uso de uma blusinha estampada de roxo já era motivo para coxixos. O filhos usavam na camisa, o chamado "fumo" (tira preta) na manga (como capitão de time de futebol) ou no bolso, por seis meses. 
Nada de músicas, festas, televisão, cinemas ou bailes, durante o período.
Não era fácil para quem ficava.
 
ER
 











BOM TRABALHO

 
Temos acompanhado, meio que de longe, o bom trabalho feito pelo nosso Deputado Estadual Ulisses Gomes.
Recebemos (creio que todo mundo recebeu) um relatório com a prestação de contas dos seus primeiros 2 anos de mandato. Foi bem.
Lógico que ele tem encontrado mais apoio as suas reivindicações junto ao governo federal. É do partido governista e parceiro do Deputado Federal Odair Cunha.
De vez em quando, consegue pegar carona num projeto do tucano Anastasia.
Quanto mais o Dep. Ulisses atua independentemente do seu partido, mais tem o nosso reconhecimento. No relatório mencionado (12 folhas), em boa hora, não aparece nenhuma bandeira e grandes menções ao seu partido. Fez bem.
Partidos, como atuam hoje, tão somente atendem a uma exigência legal.
O PT vem traindo diariamente os seus princípios básicos. Em Minas não tem força. Funciona trocando favores eleitorais com o PMDB.
O PMDB continua sugando tudo a que tem direito como aliado federal, e um pouco mais, como é de seu costume.
Os outros, inclusive o PSDB, estão como meros e perdidos coadjuvantes à procura de uma causa.
Estamos todos à espera de uma reforma política que nunca acontecerá.
É a vida.

ER

PRÁ PENSAR

Dois anos de raquitismo econômico foram suficientes para estimular até mesmo o apetite eleitoral de tradicionais aliados do Palácio do Planalto. Então, como explicar que, conforme recente pesquisa do Ibope, a popularidade de Dilma Rousseff tenha batido novo recorde?
 
...A popularidade recorde da presidente Dilma repousa na capacidade de seu governo alimentar a esperança dos trabalhadores na utopia brasileira...

Prof. Ruy Braga (Leia texto completo no Estadão)

ER

PROFESSOR


domingo, 24 de março de 2013

PORQUE HOJE É DOMINGO

 
 
Nós estamos aqui na terra para sermos bons para os outros. Já por que os outros estão aqui, eu não sei.
 
W.H.Auden
 

BONS E RAROS MOMENTOS


Quem não  foi não sabe o que perdeu. Som de alto nível na Unifei.
Apresentação da Opus Orquestra de Câmara, sob a regência do maestro Leonardo Cunha e a brilhante apresentação do músico Derico Sciotti.
A viagem musical foi de Ernesto Nazareth (Apanhei-te Cavaquinho), Tom Jobim, Tim Maia, Luis Gonzaga, Dominguinhos a Raul Seixas.
Memorável  a apresentação da "The Long and Winding Road", claro, dos Beatles.
Em termos de cultura iniciou-se a comemoração do centenário da nossa Escola.
Cerca de 500 felizardos estiveram presentes.
Como registro, fica o nosso protesto pela ausência, na terrinha, de um grande auditório, adequado para receber eventos como esse.
Mas valeu.

ER

ENCONTROS IMPOSSÍVEIS

Enquanto isso na Casa Branca

O CAIXEIRO VIAJANTE

 
Desde 2011, quando trocou a faixa presidencial pelo pijama, Lula visitou 30 países. Em treze dessas viagens, o ex-soberano recostou-se nas melhores poltronas dos aviões, hospedou-se em boas estalagens e descansou os cotovelos em mesas forradas com esmero graças à "generosidade" de uma tróica de empreiteiras: Odebrecht, OAS e Camargo Corrêa.

Josias de Souza

AS ZELITES


sábado, 23 de março de 2013

SOB A LUZ DE VELAS

Quem não for belo aos vinte anos, forte aos trinta, esperto aos quarenta e rico aos cinquenta, não pode esperar ser tudo isso depois.

Martinho Lutero

POIS É...

 
"A nossa presidenta e o presidente Lula fizeram a gente crescer porque apoiaram os pobres. E o que nos sustenta são dízimos e ofertas de pessoas simples e humildes. Com a presidenta Dilma, os juros baixaram. Quem paga juros é pobre. Com menos juros, mais dízimo e mais oferta."

Marcelo Crivella - Ministro da Pesca ( Convenção Nacional das Assembleias de Deus - Ministério Madureira-SP)

LEI DE MURPHY


Diz o enunciado da Lei de Murphy: "Qualquer coisa que possa correr mal, então vai correr mal".
É a velha história do pão com manteiga: sempre cai no chão com a manteiga para baixo.
Não vai acontecer mais com o Iphone.
Foi patenteado um mecanismo, que inclui um sensor, que indicaria a queda livre do aparelho e a posição do mesmo. Graças a um sistema de pesos e um motor, o aparelho girará durante a queda para dar somente com a parte traseira no chão.
Inviável de se instalar no pão com manteiga.

ER


CHICO e BENTO

Inimaginavel: Papa e ex-Papa

VÃO RECLAMAR PARA O BISPO

Levantamento exclusivo realizado pela revista Educação junto às secretarias de educação das 27 unidades da federação brasileiras e a sindicatos dos professores revela que cinco estados - Amapá, Amazonas, Paraíba, Santa Catarina e Rio Grande do Sul - não pagavam ao docente o valor estabelecido pela Lei do Piso Salarial do Magistério Público (Lei 11.738/2008). Os dados são referentes a dezembro de 2012, quando o vencimento básico para um docente da rede pública com formação de ensino médio era de R$ 1.451, por uma jornada de 40 horas de trabalho semanais.
 
Coincidência ou não, todos são governados por gente da chamada "base aliada". O Governador do RGS, Tarso Genro, é petista de primeira hora e ex-ministro do governo Lula.
Na prática a teoria é diferente.

Amapá - PSB
Amazonas - PMN
Paraíba - PSB
Santa Catarina - PSD
Rio Grande do Sul - PT

ER

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

John Lennon e Tom Jones

SOMOS TODOS

 
Pesquisa nacional do Ibope em parceria com o Estado mostra que a presidente Dilma Rousseff (PT) tem 76% de potencial de voto, quase o dobro do de sua adversária mais próxima, a ex-senadora Marina Silva (sem partido), que chegou a 40%. O potencial de Dilma é três vezes maior do que o de Aécio Neves (PSDB) e sete vezes maior do que o de Eduardo Campos (PSB).
 
É a vida...
 
ER

REDAÇÃO NOTA DEZ


sexta-feira, 22 de março de 2013

MANCHETE DO JORNAL

Única e organizada oposição a Dilma vem do próprio PT.

Clarin da Boa Vista

ARROZ DE FESTA

Paul tem vindo tanto para apresentações no Brasil, que corre o risco de ouvir o comentário de alguém no aeroporto do Galeão:
- Puxa, de novo esse chato !
Paul McCartney vai voltar ao Brasil para fazer três apresentações. De acordo com nota divulgada pela produtora Planmusic Entretenimento nesta sexta-feira, as apresentações serão em Belo Horizonte, Goiânia e Fortaleza.
Nessa batida, no próximo ano se apresentará em Barretos, Aparecida do Norte e Pouso Alegre.
É a vida...

ER

NÃO DÁ PARA NÃO IR

Orquestra Opus 23/03
Apresentação: Dia: 23/03 - Horário: 20h30 - Local: Centro de ComVivência
(Campus da Unifei ).

A Orquestra de Câmara OPUS foi formada em Outubro de 2006 e atualmente é composta por 15 músicos entre cordas e sopros. A OPUS tem a proposta de popularizar a música orquestral e erudita e aproximar a música popular do arranjo clássico. O repertório da OPUS é voltado para a música brasileira.
As apresentações da orquestra envolvem execuções de obras de Compositores eruditos e arranjos exclusivos da música popular brasileira. Desde 2006, a orquestra de Câmara OPUS apresenta o projeto “Orquestrando Brasil” realizando apresentações em mais de 60 cidades de 6 estados brasileiros com o patrocínio da TRACBEL ( leia Manoel Zaroni ), VOLVO e CEMIG através
da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).
Em 2007, este projeto resultou na gravação de um CD cujo repertório foi escolhido a partir das músicas de maior identificação do público nas apresentações da orquestra. A partir do lançamento do CD “Orquestrando Brasil”, a Orquestra de Câmara OPUS foi convidada a apresentar-se fora do
país, alcançando projeção internacional.
Em 2011 OPUS realizou 4 concertos no Peru – Lima e Cuzco – e também na Europa em 2012, com 4 concertos na Alemanha – Munique, Potsdam e Berlim – e França – Paris. As apresentações levaram um pouco do trabalho da Orquestra para outros países e culturas, representando com orgulho a
beleza e riqueza da cultura brasileira. A Orquestra OPUS já se apresentou com inúmeros artistas convidados como: Derico Sciotti (Saxofonista do Programa do Jô), Ulla Benz (violino/Alemanha), Jasmin Gottstein (flauta/Alemanha), Márcio Carneiro (Violoncelo/Suíça), Knut Andreas(maestro/Alemanha), Fafá de Belém e em Junho de 2012 com Milton Nascimento.
 
Eu espero estar lá.
 
(Dica Inácio Loyola)
 
ER

REDAÇÃO NOTA DEZ


quinta-feira, 21 de março de 2013

SOB A LUZ DE VELAS

 
"Sentimos a dor mas não a sua ausência."
 
Schopenhauer
 

CANTINHO DA SALA

João, passando a semana na Boa Vista. De forma generosa desenhou o Avô. Não ficou longe, mas desculpando pela má palavra, ficou mais para o Lula. 

ER