terça-feira, 31 de dezembro de 2013

HAPPY NEW YEAR



Aos camaradas do viver é perigoso:
 
Desejamos que em 2014 e sempre, você possa continuar pensando e agindo livremente.
Que esteja equipado para lutar em condições de igualdade.
Que vença sem a necessidade da aplicação de embargos infringentes.
Que tenha todos os seus queridos no alcance do seu olhar.
Que você continue sendo respeitado.
Que a esperança permaneça.
Que possa continuar aprendendo muito.
Que todos ao seu redor gozem de saúde.
Que ria com vontade.
Que possa enfrentar as inevitáveis turbulências com dignidade.
Que ajoelhe só diante de Deus. Para orar e agradecer.  
 
Aquele Abraço

Zelador

DEU NO JORNAL

 
Piora o estado de Genoíno ao saber que sua saúde vai bem.

Clarin da Boa Vista

POLÍCIA MILITAR NA RUA NOVA


Num passado muito remoto a Polícia Militar ficava na Rua Nova, esquina com a Francisco Masseli. Acharam que não ficava bem no lugar. Mudaram.
Agora volta para a mesma Rua Nova um Posto da Polícia Militar.
Até entendo como foi parar ali. Os comerciantes devem ter estimulado e até firmado parceria para instalação.
Erraram feio. O que é normal.
A presença ostensiva policial pode até significar mais segurança (patrimonial talvez), transmitindo porém, um inegável clima de apreensão para os transeuntes.
Ocuparam inúmeras vagas de estacionamento e possivelmente tumultuarão o já caótico trânsito.
Se foi o primeiro passo para a revitalização do Centro, prefiro nem ver o restante do projeto.

ER

BOAS FÉRIAS


É A VIDA


ENGLISH

O avião da companhia norte-americana sobrevoava a Bahia, a caminho do Rio, quando um defeito no motor obrigou o piloto a providenciar uma aterrissagem no aeroporto mais próximo possível.

Na Bahia, justamente na pequena cidade de Barreiras, existe uma pista de emergência (se é que se pode chamar aquilo de pista) para os aviões das linhas internacionais. Raramente é usada, mas era a mais próxima da rota do avião. Assim, o piloto não teve dúvidas. 0 negócio era mesmo se mandar para Barreiras.

Pediu pouso durante certo tempo, dirigindo-se à Rádio local em inglês. A resposta demorou um pouco, mas acabou vindo. Alguém, com forte sotaque nordestino, falando um inglês arrevesado e misturado com palavras em português, respondia que estava ouvindo e aconselhava o comandante a procurar outro local para aterrissagem.

Há dias estava chovendo em Barreiras e a pista se achava em péssimo estado.

O piloto, sem outra alternativa, insistiu em pousar assim mesmo, e tornou a pedir instruções, ouvindo-se lá a voz a dizer que estava bem, mas que não se responsabilizava pelo que desse e viesse.

Acontece porém que isso foi dito com outras palavras, ainda num misto de português e inglês. Assim:

— Ok. You land. But se der bode, I'il take my body out.
 
Stanislaw Ponte Preta

É DISCO QUE EU GOSTO


MOÇA BONITA

Jacqueline Bisset
No início dos anos 70, na república onde moravam o Walter Bianchi, Marquinho Carvalho e Caraguá, dois "pôster" da Bisset. Enfeitavam e davam vida para a casa.
Coisa que não faltava era visita de colegas para ver a moça.
Outros tempos.  Moça prá lá de bonita.

ER

ANO NOVO


segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

SOB A LUZ DE VELAS

 
 
Eu também não sou um homem livre. Mas nunca ninguém esteve tão perto.

Millôr

ESTAMOS NO AR !

 
Uma das coisas boas que aconteceram em Itajubá em 2013 foi o programa diário "Jornal das 11" na Rádio Itajubá.
Programa de entrevistas muito bem conduzido pela Célia Rennó e Maria Paula. Ouço sempre e lá estive uma vez. Na terrinha e no horário tornou-se um clarão em céu cinzento.
Foi com surpresa que li o seguinte comentário feito pela Celinha no Facebook (publico mesmo sem lhe pedir autorização):
 
"Está difícil a negociação com a Rádio Itajubá para manter meu programa no ar. Compro o horário e vendo patrocínio para bancar, mas nas condições colocadas agora, tá difícil de manter. Uma pena!"
 
Imagino que os proprietários da emissora farão todo o esforço para manter, no decorrer de 2014, o programa no ar. O interesse é de todos.
Como estou com mania de ver chifre em cabeça de cavalo e sabedor que qualquer opinião independente nesta cidade vira alvo, teimo a ver uma tentativa de estabelecimento de um microfone mais amigo.
Torço para que as negociações cheguem a um bom termo. Seria muito bom.
 
ER    

CARA DE PAU

 
O presidente do Senado, Renan Calheiros, viajou ao Recife em um avião da FAB para fazer um implante de fios de cabelos. A viagem aconteceu no dia 18 de dezembro. Ele afirmou que irá devolver aos cofres públicos R$ 27 mil pelo uso indevido da aeronave.
Foi a segunda vez que Renan usou aeronave da FAB neste ano para fins particulares . Outro dia foi assistir a um casamento na Bahia.
Oxalá o tratamento capilar não tenha sido pago pelos brasileiros.
 
Blog: Gente, trata-se do Presidente do Congresso. Só pagar a viagem não basta. Imaginem se não fosse a denúncia feita pela imprensa e a cobrança do povo na internet. Passava batido.
Os caras de pau precisam ser vigiados.
Por recato ou vergonha não  deixarão de abusar dos bens públicos.
Sem imprensa independente e vigilante, como dizem na Boa Vista, "estamos no arroz".
 
ER

DESPREPARO


A fórmula para desastres em períodos chuvosos contém um importante componente: o despreparo do gestor público. “É um problema que fica evidente quando novos prefeitos assumem o cargo”, afirma o diretor-executivo da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), tenente Leonardo Maillo.
Ele participou da reunião do órgão com representantes de 40 cidades afetadas pela chuva, no último sábado, em Governador Valadares, no Leste de Minas, para orientá-los sobre como vencer trâmites burocráticos e pleitear recursos para obras. Mesmo em cidades maiores, afirma Maillo, há dificuldade técnica para elaborar e executar projetos de prevenção a desastres.

Hoje em Dia

DURO DE LER

Sinceramente não recomendaria a leitura do livro "Memórias de Uma Guerra Suja", com o depoimento de Cláudio Guerra, ex - Delegado do Dops, feito aos jornalistas Marcelo Netto e Rogério Medeiros. Editora Topbooks, 291 pags.
Guerra foi o principal agente de um grupo de militares (fora da cadeia de comando oficial das Forças Armadas). No início, eles foram autorizados pelo Governo Federal a promover a matança e o aniquilamento da esquerda, o que incluia o desaparecimento dos corpos as vítimas. Seu nome não está em nenhuma das listas de agentes torturadores, feitas pelas organizações de esquerda, porque na verdade ele nunca torturou ninguém: sua missão era matar.
 
Curiosidade: A morte do famoso (tristemente) Delegado Sérgio Fleury, noticiada como decorrente de um acidente no píer do Iate Clube de Ilha Bela, foi na verdade uma operação "queima de arquivo".   O delegado Fleury, ao passar de um barco para outro, à noite, teria caído no mar e se afogado.
Teria sido socorrido ainda com vida. Foi atendido, segundo o livro, pelo Dr. Mathuzalém Vilela, mineiro de Itajubá e na época, único médico da Santa Casa de Ilhabela.
Em tempo: O Cláudio Guerra cumpre pena de prisão no Espírito Santo, condenado que foi, por outro crime.

ER
  

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

FHC e Ruth Cardoso

PROMESSAS


domingo, 29 de dezembro de 2013

MOMENTOS MÁGICOS



Lindíssima canção e interpretação de Dulce Pontes.

ER

FALOU E DISSE


Perdi o ano.

Prefeito de São Paulo - Fernando Haddad

É DISCO QUE EU GOSTO


PORQUE HOJE É DOMINGO

 
"Quem não vive segundo o que acredita não acredita."
 
Thomas Fuller

O LIVRO QUE NÃO ENTREGUEI

 
Uma das pessoas com quem mais estive e  menos encontrei em 2013.
Comprei o livro para o Aldo. Ia lhe entregar no Natal de 2012. Passou.
Sempre olho para o bonito embrulho depositado na estante. Hoje abri.
Como o Natal de 2012 e 2013 já ficaram na saudade, espero realizar a entrega no de 2014, com a Dilma já reeleita e os mensaleiros já devidamente anistiados, felizes e fagueiros.
A ocasião certamente será propícia para a leitura.
É a vida.

ER

ESPECIARIA

 
A região da Caxemira, administrada pela Índia, é conhecida pela alta qualidade de seu açafrão, um tempero usado desde a antiguidade na fabricação de bebidas e como especiaria e corante.
O açafrão é cultivado comercialmente na Índia, Espanha e Irã. Mas a variedade da Caxemira é considerada a melhor e a mais cara. Um quilo da especiaria pode custar quase US$ 3 mil.
O fotógrafo Abid Bhat viajou para um campo de açafrão na cidade de Pampore para descobrir como a especiaria mais cara do mundo é cultivada.
Os campos de açafrão são uma grande atração para turistas em um vale cercado de montanhas cobertas de neve; as flores lilás exalam o perfume mais exuberante.
São necessárias mais de 75.000 flores de açafrão para produzir menos de meio quilo de açafrão.
A pequena cidade de Pampore, onde milhares de hectares de terras são usadas para o cultivo de açafrão, está situada a meia hora de carro da capital de verão da Caxemira Srinagar. Pampore é frequentemente chamada de cidade do açafão da Caxemira.
O açafrão é usado extensivamente em remédios e na cozinha na Caxemira. Alguns dizem que o tempero é um tempero afrodisíaco.
 
BBC
 
Blog: Ontem acabou o açafrão de Caxemira que havia ganho de um grande amigo que por lá passou.
 
ER

E POR FALAR EM BILHETES

Um dos famosos bilhetinhos do Presidente Jânio Quadros, enviado ao José Aparecido, mineiro e Secretário do então presidente. Jânio descarrega sua raiva no seu ministro da Fazenda, Clemente Mariani. Uma onda de descontentamento varria o país, a economia não andava bem, e ele procurava então um bode expiatório.
 
ER (web)

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Foto de Roger Corbeau. Brigitte Bardot - 1958.

MONTAR NO PORCO

 
Pelo que sei, em rodeios monta-se em bois e cavalos. Em rodeios não se monta em porcos.
Aliás, segundo o dito popular, montar no porco significa entrar numa fria, sair-se mal em alguma situação, o mesmo que "se dar mal".
Foi o que aconteceu com a maioria dos vereadores e membros importantes da administração municipal ao promoverem a regulamentação dos rodeios na terrinha.
Montaram no porco.
O tempo mostrará.

ER

FELIZ 2015


sábado, 28 de dezembro de 2013

SOB A LUZ DE VELAS



É a minha opinião, e sou a seu favor.

Henri Monnier

ARMA DE DEFESA


O primeiro fuzil 100% brasileiro passou a ser produzido em Itajubá. A arma é resultado de três anos de pesquisa da Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel), que é ligada ao Ministério da Defesa. O fuzil IA2, calibre 556, já foi aceito pelas Forças Armadas. A expectativa é de que sejam fabricadas 200 mil armas.
O novo fuzil, que pode ser semi-automático e automático, é mais leve, pesa pouco mais de três quilos. A arma também é mais precisa. Ele é capaz de atingir um alvo a 600 metros de distância e pode dar mais de 600 tiros por minuto. Ao todo, foram investidos cerca de R$ 50 milhões no projeto. Para construir a nova arma, a fábrica da empresa precisou ser modernizada em Itajubá. Oficinas foram reformadas e máquinas substituídas.
O IA2 é o mais moderno entre os 40 modelos de armamentos que são fabricados exclusivamente para o Exército na fábrica de Itajubá. Ele será o sucessor do FAL, que ainda é usado nas Forças Armadas brasileiras e que pesa um quilo a mais. A diferença entre os dois também está na utilidade. O novo fuzil é mais apropriado para combates com distâncias menores entre os inimigos.
O fuzil calibre 556, de exclusivo do Exército, tem custo estimado a partir de R$ 5,5 mil. Outra arma da mesma família do IA2 está em fase de testes. A arma, ainda mais potente, terá calibre 762.

G1

Blog: Como sempre explicam: as armas fabricadas em Itajubá são para defesa e não para ataque.

ER

BICICLETAS EM ALTA

França pretende pagar para quem for trabalhar de bicicleta
 
O objetivo: incentivar o uso da bicicleta. Com esta ideia em mente, alguns países realizaram diversas propostas, desde baixar os impostos que taxam as bikes até elaborar um Plano Nacional da Bicicleta. A França propõe algo a mais: subsidiar os trabalhadores que pedalarem até seu local de trabalho. Com uma cifra de 21 centavos de euro por quilômetro percorrido, Thierry Mariani, atual ministro do Transporte, retoma uma ideia proposta por seu antecessor. As empresas realizariam o abono, em troca de isenções fiscais. O Governo gastará 20 milhões de euros com a medida e espera poupar 5,6 bilhões de euros na área da saúde.
A aposta da França nas bicicletas é séria. Depois de aprovar um ambicioso Plano Nacional da Bicicleta, que permite que os ciclistas circulem na contramão em algumas vias ou interpretem alguns semáforos vermelhos como amarelo, Paris segue seu esforço para promover as duas rodas. Agora, além de poupar em combustível, melhorar seu estado de saúde e favorecer um ambiente urbano mais limpo, os franceses que pedalam para o trabalho receberão um plus econômico.
O Governo oferecerá bonificações fiscais para assegurar a adesão da maioria das companhias, mas conta com um orçamento limitado de 20 milhões de euros. A subvenção estará dentro de um programa integral que busca melhorar a circulação dos ciclistas nas cidades, financiando a construção de estacionamentos de bicicletas em zonas estratégicas ou aumentando a segurança para evitar roubos.

Blog: Quem sabe, ao invés de discutir rodeios, etc, os vereadores venham a tratar de um Plano Municipal de Bicicletas.

ER

CANTINHO DA SALA

Laura (1929)

Vilmos Aba - Novák, pintor húngaro nascido em Budapest em 1894. Tomou o barco em 1941. Foi um dos primeiros representantes da arte moderna em seu país.

ER


MOÇA BONITA

Júlia

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

TRANQUILA ITAJUBÁ DO PASSADO

 
* Na madrugada do dia 29 de dezembro de 1889, uma grande explosão de dinamite ocorre em frente à residência de Frederico Schumann, ali posta por seus adversários políticos, como protesto contra as demissões de empregados da Delegacia de Polícia, por ele feitas por não serem filiados ao Partido Liberal, mas ao Partido Conservador.
 
* Na noite do dia 31 de dezembro de 1934, Itajubá viveu uma das páginas mais tristes de sua história. O agitador comunista Francisco Gonçalves de Moura, ex-sargento do exército, que não pode, por determinação da polícia, realizar nessa mesma noite, um comício para propaganda do marxismo, infiltrou-se com seus apaniguados, no meio da massa popular que assistia a um comício democrático e cristão na Praça Venceslau Brás, no intuito de tumultuar aquela reunião. Antes que o fizesse, de um carro, vindo da Av. Av. Cel. Carneiro Júnior (Rua Nova), partiu uma rajada de metralhadora contra o povo, ferindo muitas pessoas, inclusive o líder agitador Moura, e matando o jovem acadêmico de engenharia Joaquim Rodrigues Pinto Filho.
 
(dados Armelim Guimarães)
 
Blog: Concluindo: a coisa já foi braba na terrinha.
 
ER 

MOÇA BONITA


Jennifer O´Neall, atriz do espetacular filme (assistido no Cine Presidente) "O Verão de 42". O filme e sua trilha sonora ficaram na história. A Jennifer também.

ER


SÓ BLUES


CORAL DA PAPUDA


PRÁ PENSAR

 
Em minha vida vi pessoas de "esquerda" aos poucos assumirem posições conservadoras, logo de direita, e acabarem como tremendos reacionários. Nunca vi o contrário, nem como exceção.

Millôr

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

MOMENTOS MÁGICOS


PREVISÕES DO ALÉM

 
Só pode ter alguém  interferindo negativamente, diga-se de passagem, com sucesso,  no relacionamento do Prefeito e os competentes  ex- responsáveis pelo monitoramento da enchentes, entre os quais se destacam o Prof. Alexandre Barbosa e Celem Mohallen.
Está lá no Itajubá Notícias para quem não acreditar:
 
"...durante a reunião que oficializou a criação do Gabinete de Gestão Integrada o prefeito Rodrigo Riera falou sobre a preocupação com o trabalho realizado por Alexandre Barbosa, principalmente devido às diferenças políticas (sic) do profissional da Unifei, responsável pelo monitoramento de enchentes, com a atual administração.
Declarou: Para vocês terem uma ideia, o professor de uma universidade federal mandou recado para o prefeito com um bilhetinho, com nome, endereço e telefone de uma vidente, mandou isso para o prefeito de uma cidade, de uma vidente que é para eu procurar uma vidente que ele não passaria nenhuma informação para Prefeitura de Itajubá..."
 
O Jornal conversou na última segunda-feira (23) com o Alexandre e com o Celem, na Unifei. (entrevista será publicada pelo Jornal na próxima semana)
 
Questionado pelo Jornal sobre o bilhete, o professor Alexandre reagiu rindo, negando que tenha o enviado  para o Prefeito: " -  Até hoje não me falaram que eu tenha sonambulismo ou qualquer outra coisa do genêro, porque essa para mim foi a piada do ano e acrescentou, que as coisas que eu faço (ele),  e o Celem sabe muito bem disso, a gente deixa as coisas tudo de maneira oficial, tudo oficial, timbre da Universidade. Agora mandar bilhete ? 

Como dizem na Boa Vista: ai, iaiai, iaiai !

ER

VENTOS DE GUERRA

 
Estamos assistido terminar um dos anos mais atípicos da história da terrinha.
Total e absoluta ausência de oposição política partidária ao Prefeito Rodrigo Riera.
Inexistente.
Se morreu ou hibernou, só o tempo dirá.
Desde o final das apurações das eleições de 2012, politicamente, não se ouvem as vozes do Dr. Jorge, do Chico e do Prof. Paulino.
Seus correligionários na Câmara ?
Exceto pelo  Dr. Ricardo, Santi e Joel, os demais rezam pela cartilha da Administração.
É a vida.
Existe explicação: 
O Dr. Ricardo é um caso à parte. Sempre foi independente, calçado no impressionante número de votos (pela segunda vez).
O Santi tem vida própria na comunidade.
O Vereador Joel da Guadalupe começa a acelerar sua carreira solo. Desempenha papel similar ao do Secretário Robson na última gestão.
Entidades de classe ? não se manifestam. São "apolíticas" e partidárias da oração "venha a nós".
Imprensa ?
Certa vez o "Itajubá Notícias" publicou a famosa frase do Millôr Fernandes: "Imprensa é oposição. O resto é armazém de secos  & molhados". O jornal está maneiro com a Administração. Questão de tempo. Sempre foi independente.
O "Jornal da Cidade" e o "Sul de Minas" são duros, corajosos, combativos e críticos severos do Governo Municipal. Cumprem sua função.
A Rádio Itajubá AM me parece situacionista. Quase sempre foi e entendemos. A Celinha e Paula, ousam, vez por outra, a entrevistar pessoas descontentes com a situação. É raro. Quando acontece, abordam os assuntos com rara habilidade.
A Panorama segue a vida. Octavio Scofano é bom e sabe até onde vai.
A Rádio Jovem está equilibrada.
Orgãos técnicos, principalmente os atuantes ambientais, são pedra no sapato  com argumentos embasados. Sofrem contínuas retaliações. Irreparável se estiverem certos e penso que estão.
O que pega é a internet. No Facebook, incomodam o poder, o "Itajubá Reclama"  e o terrível e inteligente "Itajubá Depressão".
O blog "viver é perigoso", segundo os próprios comentarista, bate e assopra.
Enfim, não vivemos nenhum "céu de brigadeiro", mas dá para levar.
 
(quadro feito atendendo a um pedido de um amigo de BH, que respondeu via email:  "Não tem oposição partidária devido aos oposicionistas históricos estarem ocupando o poder").

Faz sentido
 
ER 

VAMOS A LA PRAIA


CONEXÃO DIRETA


No dia 26 de dezembro de 1929, pela primeira vez é utilizado em Itajubá, a título de experiência, o telefone interurbano. A primeira ligação direta com o Rio de Janeiro foi feita pelo Dr. Wenceslau Brás, que conversou com seu filho o Deputado José Brás. A inauguração oficial aconteceu dois dias depois.
Falando com o mundo.

(dados Armelim Guimarães)

ER

AMIGO SECRETO


DEU NO JORNAL

 
Antigamente, o show anual do Roberto Carlos era como panetone. Apareciam sempre no Natal e eram os mesmos, sem variações. Hoje mudou. Continuam aparecendo no Natal, mas surgiram muitos tipos de panetones.

Clarin da Boa Vista - Cultura

MOÇA BONITA

Penélope

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

BOM NATAL !


IRÁ SER DEBITADO PARA QUEM ?


Maior produtor global de suco de laranja, o Brasil tem na cadeia da citricultura uma importante fonte de geração de riquezas. Seus pomares localizados nos Estados de São Paulo e de Minas Gerais são responsáveis por produzir quase a totalidade de uma oferta que representa 80% do comércio global da bebida, geram 200 mil empregos e uma receita de 2,5 bilhões de dólares. Uma falha no cálculo da estimativa da safra de laranja feita pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), órgão ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), porém, causou um forte prejuízo ao setor, estimado em 400 milhões de dólares pela Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos (CitrusBR), principal entidade representante do setor.
O suco de laranja é uma commodity e como tal tem seu preço definido pela Bolsa de Valores. Entre os meses de maio e novembro deste ano, suas cotações na Bolsa de Nova York, a referência para o produto, caíram de 1500 dólares por tonelada de suco concentrado e congelado para 1200 dólares. O motivo foi a previsão de safra de laranja divulgada em maio pela Conab, realizada em parceria com o Instituto de Economia Agrícola de São Paulo (IEA), que apontou uma produção de 340 milhões de caixas.
 
El País
 
 

BOAS FESTAS !


segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

VENTOS DE GUERRA


É do conhecimento geral que a terrinha já foi um pólo irradiador de bons ventos para todo o Estado de Minas.
Iluminação pública, libertação dos escravos ( antes foi localizado no município, um dos maiores quilombos do país: o famoso Quilombo da Berta, nas Anhumas), telefone automático, industrias, ideias, políticos de alta estirpe, muita instrução e durante uma época, acreditem, cultura.
Um grupo remanescente de idealistas e sonhadores ainda luta para resgatar um mínimo do brilhantismo que já existiu. Não se trata de saudosismo, mas de responsabilidade.
A política praticada hoje em Itajubá, tenta atropelar e esfacelar qualquer tentativa nesse sentido.
A alavanca mestra são negócios.
Não importam os custos e os não benefícios. Formaram-se grupos.
O jovem Prefeito, enfrentando uma eleição extremamente dividida, pelos seus procedimentos, deixa a entender que assumiu compromissos impagáveis com os seus apoiadores.
Começou pela formação da equipe de governo. Pessoal, possivelmente qualificado, foi indicado por Belo Horizonte (ou Santa Rita), sem o mínimo de vivência com o dia a dia da terrinha. Terão que aprender a um alto custo.
Batalhão de assessores com experiência única na atuação como cabos eleitorais.
O capacitado Super Secretário foi uma operação de risco. Sua saída levantou um poeirão que ainda não se acentou. Afastamento total da Siemens.
A demissão do experiente, capaz e honrado, Dr. Gilberto Azevedo, trouxe insegurança.
Promessas, promessas, que jámais serão cumpridas, uma vez que dependem de outros.
Lei do silêncio. Aproximação com o Hospital de Itajubá e escorraçamento da Mahle da gestão da Santa Casa. Benefícios ?
Compromisso com alteração do Plano Diretor e liberação para o aterro da várzea do Ribeirão Piranguçu. Enfrentamento frontal com a própria Mahle, importantes órgãos ambientais e a centenária Unifei.
Total falta de jeito para levar adiante o projeto do aeroporto.
Incertezas com a Valônia e aumento do IPTU.
Aceitação do despejo do lixo de mais cidades vizinha no aterro sanitário municipal, diminuindo sensivelmente o seu tempo de utilização.
Desinformação sobre o projeto de internet grátis e sobre as inúmeras tentativas para licitar a coleta de lixo.
Encaminhamento da Lei Prof. Rui (martírio de animais em rodeios), com descabida atuação dos assessores diretos.
Perda de importantes secretários, como os Professores Leandra e Madson. 
Divisão total parcial entre os órgãos de comunicação com a promoção de privilégios.
Vivemos numa cidade dividida. O que é ruim.
Bom ? A formação da Guarda Civil. Tentativas de organização no trânsito. Providências para melhorar o escoamento do Ribeirão Anhumas. Levar avante os projetos de construção da ponte da Boa Vista e construção de creches, conseguidos e iniciados pelo Dr. Jorge.
Negociação  para troca do prédio da Cabelte por um Centro de Eventos. 
Mas ainda temos tempo, muito embora 2014 deverá ser um ano de muitos compromissos eleitorais, que facilitarão alguma coisa e dificultarão outras tantas.
Como política é momento e o momento não é bom, o Vice Prefeito Christian candidato eventual a Deputado, terá uma árdua luta pela frente.
Ainda tenho confiança em dias melhores.

ER







 
  
 
 
 
 
  

AH Ah Ah !


domingo, 22 de dezembro de 2013

TERRA DE OPORTUNIDADES

Quase nada do que acontece espontaneamente na cidade. 
 
Ainda no tempo do Super Secretário Adilson Primo, o Deputado Bilaquinho, ocupando a Secretaria de Desenvolvimento Regional e Política Urbana conseguiu no Ministério das Cidades, 650 mil para darem uma ajeitada no aterro sanitário da terrinha.

Em contrapartida, Santa Rita, Cachoeira de Minas, Brasópolis e Marmelópolis despejarão seu lixo aqui. Foi informado que as cidades beneficiadas pagarão R$ 36,00 por tonelada enviada. 


Os seus moradores devem ter ficado felizes com a providência tomada pelo Deputado da região. O povo de Itajubá, como sempre, praticamente desconheceu o assunto.

Lembrem-se que a Copasa é ligada diretamente a Secretaria mencionada.

No dia 31/10/2013, no Post "Chegaremos Lá", comentamos a aprovação pela Câmara Municipal de Varginha, do projeto de lei que daria à Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) o direito de administrar o aterro controlado e o aterro sanitário do município por 26 anos.
Varginha, que produz 100 toneladas por dia, deveria pagar à Copasa pelo serviço à companhia R$ 69 por tonelada.
 
Deu hoje no site da Rádio Jovem FM, que o Prefeito Rodrigo Riera declarou em outra rádio  estar defendendo o recebimento de mais lixo de outras cidade.

Visaria alcançar 120 toneladas diárias para viabilizar a implantação de uma usina elétrica, para aproveitamento do gás metano gerado pelo lixo e geração de energia elétrica que seria fornecida pela Cemig. 

O negócio poderia render para o município em torno de R$ 100 mil /mês.

Em tempo, segundo informado, o aterro sanitário da terrinha recebe de 70 a 80 toneladas/dia.
 
Preparem-se para conhecer os próximos capítulos.
 
Blog: Se a cidade produzisse lixo suficiente para viabilizar um usina elétrica com aproveitamento do gás metano, ainda daria para discutir. Importar lixo para atingir uma tonelagem apropriada, é o fim da picada.
 
Sinceramente, não sei até onde iremos.
 
ER

 
 


É DISCO QUE EU GOSTO


SUCESSÃO DE EQUÍVOCOS


sábado, 21 de dezembro de 2013

SOB A LUZ DE VELAS



Se tens que lidar com água, consulta primeiro a experiência, depois a razão".
Leonardo da Vinci.

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

 O assassino Mark David Chapman pede autógrafo a John Lennon horas antes de abatê-lo a tiros - Foto de Paul Goresh 

SÓ PODE


É DISCO QUE EU GOSTO


sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

SOB A LUZ DE VELAS

 
Não há inocentes. Apenas diferentes graus de responsabilidade.

Lisbeth Salander

SÓ BLUES


COLOCANDO OS PINGOS NOS IS

Alguns comentários publicados no blog  demonstraram um certo desconhecimento sobre o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Sapucaí. Segue, em resumo, o Decreto 39911/1998 que instituiu o importante Comitê, que bons serviços tem prestado a nossa região. 
DECRETO 39911/1998
Data: 22/09/1998
Origem: EXECUTIVO

Institui o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Sapucaí e dá outras providências. O Governador do Estado de Minas Gerais, no uso de atribuição que lhe confere o artigo 90, inciso VII, da Constituição do Estado, e tendo em vista o disposto na Lei nº 11.504, de 20 de junho de 1994.
D E C R E T A :

Art. 1º - Fica instituído o Comitê da Bacia Hidrográfica do Sapucaí, com a finalidade de promover, no âmbito da gestão de recursos hídricos, a viabilização técnica e econômico- financeira de programas de investimento e consolidação de políticas de estruturação urbana e regional, visando ao desenvolvimento sustentado da Bacia no Estado de Minas Gerais.........

Art. 2º - o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Sapucaí, órgão deliberativo e com competência normativa, terá, no âmbito de sua área de atuação, as seguintes atribuições:..........

Art. 3º - O Comitê será composto por:

I - 14 (quatorze) representantes do poder público, de forma paritária entre o Estado e os Municípios que integram a Bacia Hidrográfica;
II - 14 representantes de usuários e de entidades da sociedade civil ligadas aos recursos hídricos, com sede e comprovada atuação na Bacia Hidrográfica, de forma paritária com o poder público

Art. 4º - A aprovação das indicações de entidades, bem como dos nomes dos respectivos representantes, titulares e suplentes, para a composição do Comitê, será efetivada por meio de ato do Governador do Estado........

Art. 11 - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, aos 22 de setembro de 1998.

Eduardo Azeredo - Governador do Estado
 
ER

MOÇA BONITA

Misti

CANTINHO DA SALA

 
Jeffrey Gonano, de 25 anos, disse que estava procurando uma pintura para pendurar em sua parede quando leu um artigo sobre a obra sendo rifada pela Sotheby's, em Paris. 'Homme au Gibus (Homem com Chapéu de Ópera) tinha sido comprada por uma instituição de caridade que trabalha para salvar a antiga cidade libanesa de Tiro.
A entidade emitiu 50 mil bilhetes a 100 euros cada, esperando levantar US$ 5 milhões .
O bilhete premiado de Gonano foi escolhido por um sistema de computador na quarta-feira.
"Eu estava olhando para a obra e pensei que poderia muito bem tentar", disse Gonano, gerente de projetos em uma empresa de extintores de incêndio na Pensilvânia.
Apesar do valor de sua nova aquisição, ele diz que não pretende vender a obra, pelo menos por enquanto.
Organizadores disseram que compradores de todo o mundo tomaram parte no sorteio, com um grande número nos Estados Unidos.
A pintura, de 1914, tinha sido comprada de uma galeria de Nova York pela entidade de caridade Associação Internacional para Salvar Tiro com a ajuda de um empréstimo bancário de grande porte.
A associação informou ter pago um pouco menos do que US$ 1 milhão estimados pelos especialistas da Sotheby's.
O neto de Picasso, Olivier Picasso, estava entre os que promoveram a venda dos bilhetes.
Ele disse que seu avô teria aprovado a iniciativa.
"Meu avô foi um dos pioneiros em tudo, em sua vida amorosa, em sua obra, por isso hoje eu tenho certeza que ele teria ajudado a causa", disse ele .
 
BBC

CAÇAS SUECOS


quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

PIBINHO

 
Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, Poços de Caldas (dados de 2011) tem o maior PIB - Produto Interno Bruto do Sul de Minas, com R$ 4,142 milhões. Varginha aparece em segundo lugar com R$ 4,036 milhões.
Pouso Alegre vem em terceiro com R$3,408 milhões, seguida de Itajubá, com R$1,718 milhões.
Aparecem na quinta e sexta posição, respectivamente, Passos (1,594 milhões) e Lavras (1,580 milhões).

Blog: Está ruim mas já está bom.

ER