segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

É A VIDA...



Esta É a Vida
Essa é a vida, é o que todos dizem
Você está bem em abril , baleado em maio
Mas eu sei que mudarei esse tom
Quando eu voltar ao topo, voltar ao topo em junho
Eu disse, essa é a vida, e é tão engraçada quanto possa parecer
Algumas pessoas têm seus incentivos no meio de um sonho
Mas eu não deixo, deixo que me faça mal
Porque esse velho e belo mundo continua a girar
Eu já fui um boneco, um indigente, um pirata, um poeta, um peão e um rei
Eu já estive acima, abaixo, sobre e fora, e uma coisa eu sei
Toda vez que eu me acho, achatado sobre minha cara
Eu me recolho meus pedaços e volto a corrida
Essa é a vida, Eu te digo, eu não posso negar
Eu pensei em desistir, mas meu coração simplesmente não aceita
E se eu não pensasse que valesse só uma tentativa
Eu pularia direto em um pássaro eu então voaria
Eu já fui um boneco, um indigente, um pirata, um poeta, um um peão e um rei
Eu já estive acima, abaixo, sobre e fora, E eu sei uma coisa
Toda vez que eu me acho, achatado sobre minha cara
Eu me recolho meus pedaços e volto a corrida
Essa é a vida , Essa é a vida e eu não posso negar
Muitas vezes eu pensei em cortar tudo , Mas meu coração não aceita
Mas se não houver nada de bom que venha neste julho
Eu vou me rolar como uma grande bola e morrer
 
Frank


 

RECOLHIMENTO NO ANO NOVO