sexta-feira, 30 de novembro de 2012

CPI DA ROSEMARY


SOB A LUZ DE VELAS

Das mil vezes por dia em que você diz "muito obrigado", apenas uma ou duas você está realmente agradecido.

Millôr

BERT KAEMPFERT


 
Foi o músico do Cine Presidente. Isto é, nos momentos (trinta minutos) que antecediam as sessões (durante a semana iniciava às 20:15 horas e nos domingos, 16:15, 19:00 e 21:00 horas), o LP do Bert Kaempfert girava dos dois lados. E era bom.
Saquinho de pipoca comprado na esquina do Pé de Porco e um drops na Bombonière do cinema, que era careira prá dedéu (ou tinhamos pouco dinheiro?).
Entrar e sentar antes da sessão começar era um programa imperdível.
Quem estava namorando quem ?
O que ? Já com o braço por sobre os ombros da namorada ? Já deve estar noivo.
E a ex-namorada entrando "de bonde" com o seu novo namorado ? Era o fim do mundo. Primeiros sentimentos de vingança.
Trinta minutos inesquecíveis para muita gente sob o som do Bert Kaempfert.
Talvez seja o motivo daquele ar de felicidade que resplende no olhar dos itajubenses da época, quando empacam num elevador sonoro de São Paulo.
Tocam o mesmo disco, lógico que desta vez em CD.
O maestro alemão foi testemunha de diversos primeiros "contatos imediatos de terceiro grau" (segurar nas mãos) de muitos "entas" da terrinha.
ER

VERSOS DEFINITIVOS

Minha dor é perceber
Que apesar de termos
Feito tudo o que fizemos
Ainda somos os mesmos
E vivemos
Ainda somos os mesmos
E vivemos
Como os nossos pais...

Belchior

HOMENAGEM


Dos 25 condenados no processo do mensalão, exatamente 13 vão cumprir pena na prisão. Pode parecer uma homenagem.

ER

APUNHALADO


PRÁ PENSAR

Seja como você é. De maneira que possa ver quem és. Quem és e como és. Deixa por um momento o que deves fazer e descubra o que realmente fazes. Arrisque um pouco, se puderes. Sinta seus próprios sentimentos. Diga suas próprias palavras. Pense seus próprios pensamentos. Seja seu próprio ser. Descubra. Deixe que o plano pra você surja de dentro de você.

Fritz Perls