quinta-feira, 29 de novembro de 2012

SOB A LUZ DE VELAS


Fique tranquilo: sempre se pode provar o contrário.

Millôr

VERSOS DEFINITIVOS

É o fundo do poço, é o fim do caminho
No rosto o desgosto, é um pouco sozinho
É um estrepe, é um prego, é uma ponta, é um ponto
É um pingo pingando, é uma conta, é um conto

Jobim

É DISCO QUE EU GOSTO


CANTINHO DA SALA

Wassily Kandinsky

GRANDE CREDIBILIDADE

Em economia, é fácil explicar o passado. Mais fácil ainda é predizer o futuro. Difícil é entender o presente. 

Joelmir Beting

Todos nós, em algum momento desta vida, principalmente quando da publicação de "pacotes", quase sempre aloprados, por parte do governo, já esperamos para ouvir os comentários do Joelmir Beting.
E os levamos em consideração. Acreditávamos.
A nossa fé nos leva à certeza de tempos excepcionais no paraiso, onde esperamos que Joelmir esteja. Não irá acontecer nunca, mas se através de sonhos, alguma notícia chegar de lá, que seja através do Beting. A análise vai ser precisa e não ranzinza.

ER

HOMEM DE VALOR

Lamentavelmente não temos o costume de reconhecer o trabalho e a dedicação de alguns dos itajubenses que prestaram relevantes serviços públicos.
Falamos do irrepreensível cidadão, Ivan Pereira Junior, que hoje completa 71 anos.
Foi Vereador atuante numa das Câmaras mais combativas e lúcidas que tivemos na terrinha.
Poucos se lembram, quando heroicamente aceitou a duríssima missão de dirigir a Secretaria Municipal de Finanças no inicio da primeira gestão do Prefeito Chico.
Caminhavam juntos naqueles tempos de harmonia, o PMDB (seu partido), o PT e o PDT, do Dr. Gilberto Botelho.
Finanças municipais esfareladas. Salários dos funcionários públicos com três meses de atraso. Dívidas e descrédito.
Praticamente deixando de lado o seu tradicional escritório de contabilidade, batalhou dia e noite pelo saneamento das contas públicas.
Lutou incansavelmente até o momento que julgou necessário.
Irretocável desempenho. Independente de cores partidárias, ninguém pode negar que o Ivanzinho Pereira cumpriu com o seu dever de cidadão.
Honra a Boa Vista e a todos nós.

ER 
 
(Publicado no dia 29/11/2012 - Continua valendo e muito)      

ENQUANTO ISSO...

Janeiro/2013 - Penitenciária de Tremembé/SP (cela para dois)

- Ô Zé, você pegou quantos anos de cana ?
 
- Ô João Paulo ! Deu em todos os jornais. 10 anos e 10 meses.
 
- Zé, eu peguei 9 anos e quatro meses. Como vou sair antes de você, vou ficar com a cama mais próxima da porta
 
- Éh... Faz sentido.
 
ER

ASSESSORIA INTERNACIONAL