quinta-feira, 15 de novembro de 2012

ALTO NÍVEL


CANTINHO DA SALA

 
A carioca Beatriz Milhazes voltou a ser a pintora brasileira viva com a obra mais cara vendida em leilão. Seu quadro Meu Limão (2000) foi vendido pela casa Sotheby's, em Nova York, por US$ 2,098 milhões (R$ 4,338 milhões).
Até então, a obra mais cara vendida (fevereiro/2011) tinha sido "Parede com Incisões à La Fontana II", da também carioca, Adriana Varejão, arrematada por US$ 1,7 milhão. 
 
ER

SOB A LUZ DE VELAS


As crianças acham tudo em nada, os homens não acham nada em tudo.

Giacomo Leopardi

RAY - BAN

Marilyn

SEM NOÇÃO OU COM DESPREZO

 
O que espanta na marcha resoluta do PT rumo à autoflagelação não é a frieza com que ignora os sinais do STF. O que assusta é a indiferença com que deixa a própria história para cair na vida. Não bastasse a defesa incondicional dos petistas condenados no mensalão, o partido decidiu acomodar no posto de líder de sua bancada na Câmara o deputado José Guimarães (PT-CE).
Guimarães ( irmão do Genoino), teve um seu assessor no aeroporto de Congonhas, quando tentava embarcar de São Paulo para Fortaleza com US$ 100 mil acondicionados na cueca. Dinheiro proveniente de corrupção no Banco do Nordeste, conforme informou a Polícia Federal.

Deu no Josias

VERSOS DEFINITIVOS

Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa ficar no tamanho da paz
E tenha somente a certeza
Dos limites do corpo e nada mais


Sá, Rodrix & Guarabyra

DE REPENTE, NÃO MAIS QUE DE REPENTE

 
Concordo com a declaração do Ministro da Justiça, o petista José Eduardo Dutra, que afirmou preferir morrer do que cumprir pena em uma prisão brasileira.
Concordo com a opinião do, aparentemente petista, Ministro Tóffolli, que as penas aplicadas no processo do mensalão estão sendo extremamente rigorosas.
Lamento ambos terem abertos os olhos tão somente após a condenação dos seus companheiros.
Anteriormente ao triste episódio do mensalão tudo deveria estar correndo bem.
Aliás, dez anos no poder passaram rápido e nada foi feito, ou melhor, muito foi feito. 
Sempre é tempo.
 
ER