terça-feira, 24 de julho de 2012

JABUTICABA

Recobrando os sentidos na enfermaria da Santa Casa e dando de cara com o olhar preocupado da mãe, Rogério balbuciou:

- Mãe, prometo para a Senhora que nunca mais em minha vida, voltarei a comer jabuticabas.

A velha Senhora sorriu feliz.

Era um bom rapaz. Amoroso, estudioso e outros osos mais.
O único defeito, se é que podia ser tomado como tal, era a perigosa aproximação com a cachacinha. Davam-se muito bem (ele e a branquinha).
Com certeza tinha puxado um pouco pelo querido Tio Olavo. Um pau dágua conhecido por toda São Lourenço.

Naquele sábado abusou. Passou pelo Bar das Flores ali pelas dez da manhã. Um torresminho, um chouriço, uma lasquinha de dobradinha, linguiça pura de carne de porco, tirinha de giló a milanesa e tudo isso entrecortado por generosas doses daquela que matou o padre.

Pelas duas da tarde mandou passar a régua na conta. Afinal, sábado é dia de almoçar com a mãe.

Bendita larica. Ao passar pelo quintal da casa encarou a bela jabuticabeira carregada.
Dez metros de altura e as mais docinhas, ficavam sempre lá no alto pegando direto o sol.
Meio piaco foi escalando, escalando...
De repente escureceu tudo.

Repetiu vagarosamente:
- Mãezinha, juro que nunca mais comerei jabuticaba.

ER 

CANTINHO DA SALA

Henri Matisse

SOB A LUZ DE VELAS

É impossível que o homem de coração duro se interesse pelo bem público. Como pode amar milhares de pessoas aquele que não amou uma só?

Alexander Pope

PALAVRA FEIA

Segundo os dicionários :

BANIDO
Aquele que foi expatriado por sentença, exilado, desterrado, posto para fora, expulso, colocado a distância, proibido de fazer parte ou frequentar a sociedade, eliminado, suprimido, abolido.
A prrimeira vez que ouvi a palavra "banido", foi ainda menino. Alguém me contou que Adão e Eva haviam sido banidos do paraiso. Gravei.
Já na adolescência, num filme de farwest, assistido logicamente no cine Paratodos, lembro-me de um guerreiro sioux, (o motivo me foge) banido de sua tribo. Gravei.
No dia 5 de setembro de 1969, a junta militar que dirigia o país editou o Ato Institucional Treze - AI - 13, que estabelecia o banimento do território nacional de pessoas perigosas para a segurança do país.
Aos brasileiros banidos o governo não fornecia passaportes. Com isso, pretendia transformá-los em apátridas.  Seus filhos, nascidos no exterior, porém, não podiam ser registrados nas embaixadas brasileiras e não recebiam a cidadania brasileira. Muitos foram banidos. Gravei.
Agora leio no Facebook sobre o banimento de pessoas. Por razões, quase sempre desconhecidas, participantes da Rede são banidos temporariamente ou mesmo definitivamente. Muitos nem sabem quais as razões. Gravei.
Definitivamente, não gosto de ler, de ouvir e nem de escrever essa palavra.

Em tempo: Com este pensamento, poderei ser um dos próximos.

ER

ASSUNTO DO DIA

Aí está um empreendimento que sairá rapidinho em Itajubá.
 
A Prefeitura já teria oferecido ao Governo do Estado, os prédios das escolas rurais (desativadas), da Anhumas, Serra dos Toledos e Peroba, para transformá-las em um centro regional (atentem: regional) de menores em conflito com a lei.
 
Tão somente como referência, segundo os entendidos, embora com com métodos mais modernos, seria como uma Febem.
 
Também teria sido colocado a disposição da Secretaria Estadual de Defesa Social, um terreno situado na região do presídio.
 
Na certa irão preferir um prédio já pronto.
 
Substituição de escolas por centro de recuperação de menores em conflito.
Mais uma vez, Itajubá na dianteira.
 
Empreendimento que se faz necessário, mas que poucas cidades  o querem na sua área. Alguém teria que ir para o sacrifício. Então, que sejamos nós.
 
Logicamente, dentro do espírito democrático reinante, os moradores foram consultados e se manifestaram positivamente. Pressumo que a população dos bairros da Anhumas, Serra dos Toledos e Peroba. Devem estar a soltar fogos e a comemorar.
 
Porém, caso algum morador dos bairros mencionados tiver algum questionamento, terá uma boa oportunidade para travar um diálogo com os candidatos a prefeito e vereador, que com certeza os estarão visitando nas próximas semanas.
 
Ao nosso ver, já que essa "conquista" do município é irreversivel, incomodaria menos se fosse escolhida para instalação do Centro, as proximidades da penitenciaria. situada no ex- Distrito Industrial II.
 
Ah ! seria para oitenta menores.
 
ER
 

VEM PRA CAIXA VOCÊ TAMBÉM !

O PSDB pediu que a Procuradoria-Geral Eleitoral investigue o patrocínio de empresas públicas a sites e blogs acusados de apoiar o PT. Os advogados da direção nacional tucana afirmam que as páginas na internet são usadas como "centrais de coação e difamação de instituições democráticas" e como "instrumento ilegal de propaganda eleitoral".
O pedido de investigação foi entregue nesta segunda-feira, 23, três dias depois que o candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo acusou o PT de financiar "blogs sujos" e uma "tropa nazista" na web para atacar adversários.
Os tucanos acusam especificamente os blogs Conversa Afiada, do jornalista Paulo Henrique Amorim, e o site do jornalista Luis Nassif, de fazerem propaganda para candidatos apoiados pelo PT e defender os réus do escândalo do mensalão. Segundo o PSDB, as duas páginas recebem recursos da Caixa Econômica Federal, em forma de patrocínio.

Deu no Estadão

PRECISANDO DE ÓCULOS