quarta-feira, 11 de julho de 2012

ESTRANHANDO


Com certeza devido as férias.
Nesta semana, o trânsito em São Paulo está fluindo melhor que o da terrinha, no último final de semana.
Pelo menos o que vai prá lá continua indo prá lá. O que vem prá cá continua vindo prá cá. Sem surpresas e sem experiências.

ER

MOMENTOS MÁGICOS



Se conseguir sorrir...

ER

ACREDITE SE QUISER

Ouvido ontem no Elídio, no Mercadão de São Paulo:

- Ô cumpadre, não é que tem coisa que só acontece comigo !

- Desembucha homem !

- Ontem, de passagem, alí pelas 14:00 horas, sentei-me no Elídio para comer um sanduiche de calabresa com vinagrete, como você sabe, é da minha preferência. Mercadão Municipal lotado de turistas e o restaurante idem.

- Até ai nenhuma novidade.

- Não é que sentaram na mesa ao lado, quatro (três mulheres e um homem), com bonés vermelhos do MST ? Tipos padrão. Robustos e queimados de sol. Bem vestidos.

- É muito azar. Você levantou e foi embora ?

- Não. Por curiosidade dei uma de abelhudo e coloquei sentido na conversa do quarteto.

- Era sobre o "mensalão", segundo eles afirmaram mais de uma vez, "tentativa nojenta de golpe para derrubar o Lula". Estavam em São Paulo para reunião sobre o assunto.

- MST´s com bonés e tudo no Bar do Elídio ?

- Pois é, mas o mais interessante foi que pediram chopp e mostraram união no pedido: "Bacalhau à Zé do Pipo " para quatro.

- Éh...

ER 

NOTÍCIA QUE GOSTARIA DE LER

"O príncipe" - Maquiavel (1510) - Quando estiveres caindo no esquecimento, altere os sentidos permitidos para circulação, nas vielas, das carruagens, cavaleiros e pedestres. Hão de lembrá-lo.

Clarin da Boa Vista

MOÇA BONITA

Julie

SITUAÇÃO DIFÍCIL


Espanha, economicamente, quase de joelhos.

Deu no 247 

Campeões de tudo no futebol, os espanhois encontraram na “fúria” – apelido que dão à sua seleção – um motivo de orgulho. Algo absolutamente necessários nos dias atuais, em que o país enfrenta sua maior crise econômica.
Nesta terça-feira, foram divulgadas as condições do resgate de 30 bilhões de euros (cerca de R$ 75 bilhões), impostas pelo Banco Central Europeu, ao país governado pelo primeiro-ministro conservador Mariano Rajoy.
Ao todo, são 32 exigências, que incluem pontos como: (1) independência do banco central espanhol, (2) reforma trabalhista, flexibilizando direitos e reduzindo o custo do trabalho no país, (3) reforma tributária, elevando impostos para que o país consiga honrar seus compromissos, (4) redução consistente do déficit público, (5) aumento da capitalização dos bancos espanhois e (6) auditoria permanente nas finanças das instituições financeiras do país.
Sem alternativa, Mariano Rajoy aceitou as condições impostas, sobretudo, por Angela Merkel. Mas todas essas medidas devem ampliar a recessão no país, incentivando novas marchas de indignados. Há mais de um ano, movimentos como o M-15 lotam as praças de Madri e outras cidades espanholas, em protesto contra a recessão econômica.
Cada vez mais, a Espanha se parece a um país sul-americano da década de 80 ou 90.

247

NO BRASIL



A cantora Norah Jones confirmou ontem, que fará três shows no Brasil durante sua passagem pela América do Sul em dezembro.
Norah também afirou que em todas as suas apresentações pelo continente ela terá a companhia do compositor Jesse Harris, com quem já trabalhou algumas vezes durante a carreira (ele é compositor de Don't Know Why, primeiro hit da cantora).
Depois de lançar o elogiado álbum Little Broken Hearts no início deste ano, Norah Jones se apresentará:
- dia 13 no Teatro Araújo Vianna, em Porto Alegre
- dia 15 na Via Funchal, em São Paulo
- dia 16 no Vivo Rio, no Rio de Janeiro.
Estes serão os últimos shows da turnê da cantora na América do Sul – ela passará antes por Colômbia, Peru, Chile, Uruguai e Argentina.
Na última vez que esteve no Brasil, em 2010, ela lotou o Parque da Independência, em São Paulo, em show gratuito do disco The Fall.
Na visita ao País, ela também passou pelo Rio de Janeiro, Porto Alegre e Curitiba.

Estado

PODER E CONTRAVENÇÃO