sexta-feira, 11 de maio de 2012

CARTAS QUE RECEBI

15/12/2011
Zezinho, querido!!! Adorei receber seu post! Estou indo para Itajubá entre Natal e Ano Novo e seria muito bom te encontrar... Vamos ver se dá certo! Espero que esteja tudo ótimo por aí com todos vocês!
Abraço forte e grande beijo,
chris.
11/5/2012
Chris, querida. Por razões não explicáveis, o nosso encontro não aconteceu. Pensando bem, talvez naquele momento, a conversa ansiosamente por mim esperada não fluisse legal.
Desde de já, fica planejado outro. Para qualquer dia, qualquer hora e com certeza num lugar maravilhoso.
Desta vez, dependo para o agendamento, de ordem superior.
Também para você um abraço forte e um grande beijo,
zezinho

ER


SOB A LUZ DE VELAS

...Empacotem a lua e façam o sol desmanchar;
Esvaziem o oceano e varram as florestas;
Pois nada no momento pode algum bem causar.
W.H. Auden

JUNTO ÀS ESTRELAS


CHRISTIANE RIERA

Não vai estranhar a nova morada. Sempre conviveu com estrelas. Aliás, é uma delas.

Tomou o barco hoje em São Paulo, com muitíssima antecendência, a Chris Riera, do Luzimar, da Gilda, do João e nossa.
Dramaturgista com Mestrado e Doutorado em Dramaturgia e Crítica Dramática pela Yale University/Yale School of Drama.
Formada em Letras, também é Mestre em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo (USP), onde conclui sua tese sobre Nelson Rodrigues, sob orientação do Prof. Roberto Ventura. Pós-Doutorado  no Departamento de Cinema da ECA/USP com um projeto de pesquisa em dramaturgia para o cinema sob a supervisão da Profa. Dra. Esther Hamburger.
Nos Estador Unidos, foi crítica colaboradora do jornal The Village Voice, em 2001. Neste mesmo ano, foi freelancer como consultora em dramaturgia avaliando textos teatrais para o The New York Theater Workshop.
Nesta época, já havia trabalhado por três anos como conlsutora para o Yale Repertoy Theater e estagiado no The Flea Theater, em TriBeCa.
Sua experiência em montagens como dramaturgista inclui "O Misantropo", dirigida por Lisa Channer; "Tango Palace", dirigida por Miranda Hoffann; "O Doente Imaginário", dirigida por Mark Rucker; "Macbeth", dirigida por David Kennedy; e "Crumbs from the Table of Joy", dirigida por Seret Scott.
De volta ao Brasil, trabalhou por quatro anos como consultora de roteiros para a produtora de cinema Gullane Filmes, desenvolvendo projetos de longa-metragem com os diretores Cao Hamburger, Laís Bodansky, Heitor Dhalia e Carlos Cortez.
Ainda nesta produtora, coordenou os oito primeiros episódios da série "Alice" para HBO, sob a direção de Karim Aïnouz e Sérgio Machado. Nessa época, também traduziu e produziu, ao lado de Maria Luísa Mendonça, o espetáculo "Essa Nossa Juventude", do dramaturgo americano Kenneth Lonergan, que obteve duas indicações para o prêmio Shell.
Depois de trabalhar como consultora de dramaturgia no roteiro do longa "O Jardineiro Fiel", dirigido por Fernando Meirelles, é convidada para coordenar o departamento de desenvolvimento de projetos da produtora O2 Filmes num acordo de co-produção com a Focus Featrues/Universal Studios. Exerce esta função por três anos, até agosto de 2009, e teve a oportunidade de avaliar centenas de roteiros e coordenar a dramaturgia de vários longas-metragens.
Ainda na O2 Filmes, desenvolve os episódios para segunda temporada de "Os Filhos do Carnaval", com a roteirista Elena Soarez e o diretor Cao Hamburger, e também para a segunda temporada de "Antônia", série em co-produção com a TV Globo, sob a coordenação de Jorge Furtado.
Ainda para O2, coordena o desenvolvimento da série em co-produção com a HBO “Destino SP”, atualmente em produção com direção de Fabinho Mendonça e Alex Gabassi.
Colabora criticamente com inúmeros profissionais brasileiros.Colaborou no roteiro de  “Xingu”, dirigido por Cao Hamburger.
Como crítica, escreve artigos para a revista Theater e Bravo! Em maio de 2000, recebe o prêmio Truman Capote por "excelência em escrita crítica" outorgado pela Yale University.
Foi crítica de teatro do jornal “Folha de S. Paulo” em 2010 e 2011.

Para os amigos e familiares na terrinha, sempre foi a doce Chris.

ER

COMISSÃO DA VERDADE

 A presidente Dilma Rousseff escolheu os sete integrantes da Comissão da Verdade. São eles:
José Carlos Dias, ex-ministro da Justiça,
Gilson Dipp, ministro Superior Tribunal de Justiça,
Rosa Maria Cardoso da Costa, ex-advogada da presidente Dilma,
Cláudio Fonteles, diplomata e ex-secretário de Direitos Humanos do Ministério da Justiça
Paulo Sérgio Pinheiro
Maria Rita Kehl,psicanalista
José Paulo Cavalcanti Filho, advogado e jurista.
A posse está marcada para o dia 16 de maio..
A Comissão da Verdade gerou uma grande polêmica desde quando foi anunciada por causa de questionamentos da área militar. Em todas as manifestações os militares da reserva, principalmente do Exército, afirmar que a comissão será revanchista e tentará reescrever a história à sua maneira. Mas o governo rebate esta tese e insiste que a comissão será de Estado e agirá com imparcialidade..  
Entre os objetivos da comissão estão "esclarecer os fatos e as circunstâncias dos casos de graves violações de direitos humanos" entre 1946 e 1988 e "promover o esclarecimento circunstanciado dos casos de torturas, mortes, desaparecimentos forçados, ocultação de cadáveres e sua autoria, ainda que ocorridos no exterior". A partir da sua instalação, a comissão terá um prazo de dois anos para conclui os trabalhos. Não está estabelecido como será o rito de funcionamento da comissão. Cada integrante da comissão receberá um salário mensal de R$ 11.179,36.
A lei prevê que a comissão requisite documentos de órgãos públicos, convoque para entrevistas "pessoas que possam guardar qualquer relação com os fatos e circunstâncias examinados", promova audiências públicas e peça proteção para indivíduos que eventualmente se encontrem "em situação de ameaça" por conta da colaboração com a comissão.
A legislação ainda estabelece que as atividades não terão "caráter jurisdicional ou persecutório" e que "é dever dos servidores públicos e dos militares colaborar" com a comissão. A legislação ainda estabelece que as atividades não terão "caráter jurisdicional ou persecutório" e que "é dever dos servidores públicos e dos militares colaborar" com a comissão. Está prevista ainda que a comissão poder firmar parcerias com instituições de ensino superior e organismos internacionais.

Blog: O país tem o direito de conhecer o que se passou realmente nos anos de chumbo. aparentemente a sociedade está madura para isso. Fatos terriveis aconteceram de ambas as partes envolvida. A Lei da Anistria foi geral e irrestrita. Tem-se que ter muito cuidado e responsabildade que não sejam provacadas agressões que sangrem cicatrizes já saradas.

ER

AGUARDEM ! MENSALÃO

NOTICIA QUE GOSTARIA DE LER - 4


Médicos recomendam o consumo, à vontade, de bacon e leite condensado, desde que em separado.

Clarin da Boa Vista