terça-feira, 24 de abril de 2012

O DIFÍCIL HÁBITO DA LEITURA

Desde menino pequeno na Boa Vista, tive paixão por livros. Toda a leitura, desde o Almanaque Biotônico Fontoura, bulas de remédio e principalmente os exemplares velhos da Seleção Readers Digest, colecionados pelo meu Tio Geraldo Riera. 
Não tinha outra alternativa para matar a curiosidade e desenvolver sonhos, além das sessões do Cine Paratodos.
Segui pela vida lendo.
Pensando bem, as milhares de alternativas colocadas hoje a disposição das crianças, jovens e ate mesmo adultos, deixaram os livros em condições desvantajosas em termos de concorrência.
Para muitos (a maioria) tornou-se difícil ler. Vencer as primeiras dez páginas é uma dificuldade quase intransponível.
Pior: Quando o livro é encostado após a longa travessia dessas primeiras dez páginas, a experiência mostra que é mais fácil começar a ler outro do que retomar a leitura.
E o novo,logicamente, também será encarado por mais umas dez páginas.
Existem pessoas com centenas de livros ajeitados em bonitas estantes, com centenas de dez primeiras páginas lidas.
Tenho alguns poucos para os quais estou sempre olhando meio cabreiro. Não consegui ultrapassar as primeiras dez páginas.
Um dia, de pirraça, acertarei essas contas.

ER

DE FECHAR O COMÉRCIO

Ouvido hoje no final da tarde na fila do Alvoradão

- Ô cumpadre, antigamente, na Boa Vista, quando passava pela calçada uma moça muita bonita, respeitosamente o pessoal comentava: "Essa é de fechar o comércio ! "

- Éh... Tô lembrado.

- Hoje em alguns lugarejos do interior o pessoal diz: "Esse prefeito é de fechar o comércio !"

- Não tinha atentado para isso, mas faz sentido.

ER

SOB A LUZ DE VELAS



Se o Curíntia foi desclassificado, por que o Barcelona não pode ?

Frentista

FIM DO MUNDO