sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

SOB A LUZ DE VELAS

Pessoa corajosa não é a que jamais tem medo. Não quero no meu barco nenhum homem que não tenha medo de baleia.

Capitão Starbuck - Navio Pequod - Moby Dick

De Herman Melville

SEM DISCUSSÃO !

Do Múcio Rezende.

ER

INDENIZAÇÃO

Em 2010, o jornalista Paulo Henrique Amorim publicou um texto no seu blog, onde dizia que Heraldo Pereira (Jornal Nacional) fazia bico na Globo e era um “negro de alma branca”. Além disso, Amorim questionava a ética do colega e chegou a dizer que Heraldo trabalhava para Gilmar Mendes, então presidente do STF.
Pois bem, a Justiça condenou Amorim a pagar uma indenização de R$ 30 mil ao jornalista Heraldo Pereira, da TV Globo. O valor será dividido em seis parcelas de R$ 5 mil, que começam a ser pagas no dia 15 de março.
O valor será repassado para uma instituição de caridade indicada por Heraldo Pereira Pereira.
E ainda tem mais:  A Justiça determinou que Paulo Henrique Amorim publique uma nota de retratação nos jornais “Correio Braziliense” e “Folha de S. Paulo”, e no seu blog, nota de retratação, afirmando que o jornalista da Globo não é e nunca foi submisso a quaisquer autoridade, não faz bico na Globo e a expressão "negro de alma branca" foi dita num momento de infelicidade, sem conotação racista. 

Blog: É impressionante o desgaste alcançado pelo Sr. Paulo Henrique Amorim, nos últimos tempos, em todos os níveis, inclusive politico.
 
ER

MAIS OU MENOS ASSIM

Enquanto isso, na terrinha:

Os taxis não poderão mais utilizar sacolinhas de plásticos e os supermercados terão que instalar taximetros, ou melhor, que fique bem claro, as sacolinhas não poderão tomar taxis e nem os supermercados passar de pai para filho. Nova licitação será feita para se determinar os pontos onde as sacolinhas serão estabelecidas. Desta forma, os taxis quando forem aos supermercados, deixarão as sacolinhas nos respectivos pontos. E mais, dentro de cada sacolinha, de uso contínuo, que fique bem claro, poderão ser acondicionados apenas e tão somente, motoristas devidamente habilitados.
Os passageiros, ou melhor, os clientes ou fregueses, poderão ser responsabilizados.
Que tudo entre em vigor, ainda considerando o horário de verão, no próximo dia 30.

Cumpra-se !  

ER

ESTÃO CHEGANDO



ÁGUAS DE MARÇO
É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um caco de vidro, é a vida, é o sol
É a noite, é a morte, é o laço, é o anzol


É pereba do campo, é o nó da madeira
Caingá, candeia, é o Matita Pereira
É madeira de vento, tombo da ribanceira
É o mistério profundo, é o queira ou não queira


É o vento ventando, é o fim da ladeira

É a viga, é o vão, festa da cumueira
É a chuva chovendo, é conversa ribeira
Das águas de março, é o fim da canseira


É o pé, é o chão, é a marcha estradeira
Passarinho na mão, pedra de atiradeira
É uma ave no céu, é uma ave no chão
É um regato, é uma fonte, é um pedaço de pão


É o fundo do poço, é o fim do caminho
No rosto o desgosto, é um pouco sozinho
É um estrepe, é um prego, é uma ponta, é um ponto
É um pingo pingando, é uma conta, é um conto


É um peixe, é um gesto, é uma prata brilhando
É a luz da manhã, é o tijolo chegando
É a lenha, é o dia, é o fim da picada
É a garrafa de cana, o estilhaço na estrada

É o projeto da casa, é o corpo na cama
É o carro enguiçado, é a lama, é a lama
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã
É um resto de mato, na luz da manhã


São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração


É uma cobra, é um pau, é João, é José
É um espinho na mão, é um corte no pé


São as águas de março fechando o verão,
É a promessa de vida no teu coração


É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã
É um belo horizonte, é uma febre terçã


São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração
Pau, pedra, fim, caminho
Resto, toco, pouco, sozinho
Caco, vidro, vida, sol, noite, morte, laço, anzol


São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração.

Tom

CARTA SIMPLESMENTE

Dearborn, 16 de junho de 1903

Prezados Senhores,

Fabricarei um carro a motor para grandes multidões... Terá um preço tão baixo que qualquer indivíduo que ganhe um salário satisfatório poderá ter um e aproveitar com sua família as bençãos das horas de prazer nos grandes espaços abertos de Deus...Quando eu tiver terminado, todos poderão adquirir um e cada um terá o seu. O cavalo terá desaparecido de nossas estradas, o automóvel terá se estabelecido e nós geraremos um grande número de empregos com bons salários.

Henry Ford 

CANTINHO DO CINEMA

Post Mahbet1

Esses Amores

Um filme de Claude Lelouch Fascinante! Emocionante! Mágico! Simplesmente maravilhoso que me levou às lágrimas. Ilva (Audrey Dana) é filha de uma atriz pornô do cinema mudo. Na Paris ocupada pelos alemães na 2ª Guerra, em uma época ainda bastante conservadora e cheia de pudores e preconceitos, ela é uma mulher apaixonada, intensa e muito à frente de seu tempo. A história nos fala dos amores impulsivos e incontroláveis de Ilva em diferentes épocas e lugares – um jovem honesto e um tanto ingênuo, um soldado alemão, dois soldados (um branco e um negro) entre os quais ela não pode se decidir, e um pianista. Durante a libertação da França, em 1944, ela está sendo julgada num tribunal e aos poucos vamos entender o por quê. Imperdível...

Mahbet1

VENTOS DE GUERRA - 21

Pequena parcela dos que passam os olhos pelo "viver é perigoso", por desconhecimento ou mesmo má vontade, não diferenciam um blog amador, que busca ser independente e opinativo e dentro do possível, ser interativo, de um site de notícias, emissora de rádio e jornal.
Nós, blogueiro e comentaristas tratamos do que aconteceu em qualquer lugar, sobre qualquer assunto, considerando nossas experiências, expectativas e o momento.
Diferente do posicionamento daqueles que têm a obrigação de informar.
Presumo que estaremos correndo o risco de não termos nenhum órgão de comunicação local, totalmente independente e isento de posição política, na abordagem dos dos importantes eventos que estarão sendo decididos proximamente na terrinha.
Faça a sua análise.
Vivenciaremos, julgamentos diversos, ações, eleições e desenterramento de defuntos.
Entendemos, que teremos eleições disputadíssimas, tanto  na municipal, para prefeito e vereadores, quanto na (interna) da UNIFEI para escolha do novo Reitor.
Poderá sim, ocorrer influência da primeira na segunda. Já aconteceu em passado distante.
E isso é ruim.
Tratamos de novidades ?
Absolutamente. Sempre foi assim, mas nunca com tantas possibilidades de acirramento de ânimos.
A poeira (ou fumaça) a ser erguida, poderá provocar o embaçamento de visão, levando-nos a abraçar imagens distorcidas e não reais.
Como todos podem observar, os comentários já suplantaram os textos do blog.
São mais mais procurados, mais lidos e não coincidem, muitas vezes, com a visão do zelador.
Imagino que muitos dos comentários publicados, embora abalizados, ainda não foram suficientemente persuasivos para mudar e direcionar o pensamento de ninguém. Não seria o objetivo.
Mas que têm nos obrigado a refletir... Sem dúvida.

É a vida.

ER 

MOÇA BONITA

IMAGEM DO ELEITOR