sábado, 18 de fevereiro de 2012

SOB A LUZ DE VELAS

 
A esperança é um bom almoço mas um mau jantar.
 
Francis Bacon

MOÇA BONITA

SOB A LUZ DE VELAS

Um dia acordas e esfregas os olhos: já não sabes porque acordaste. O que o dia te traz, conheces tu com exatidão: a Primavera ou o Inverno, os cenários habituais, o tempo, a ordem da vida. Não pode acontecer nada de inesperado: não te surpreeende nem o imprevisto, nem o invulgar ou o horrível, porque conheces todas as probabilidades, tens tudo calculado, já não esperas nada, nem o bem, nem o mal... e isso é precisamente a velhice.

Sándor Márai

PEPINOS