terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

SOB A LUZ DE VELAS



Xô mesmice !

Anônimo

AINDA SOBRE PRIVATIZAÇÕES

O mundo está mudando com rapidez extraordinária. Penso que antes de entrar em crise, o que é cíclico e inevitável, o nosso país ainda vai subir muito.

Não sei se presenciarei isso. Mas mudanças bruscas ocorrerão.

Sempre fui de opinião (alguém já ouviu isso) que as empresas prestadoras de serviços têm que nos pagar pela exploração dos mesmos.

Considero justo que a CEMIG, COPASA, e outras, compensem o município pela exploração dos serviços nas terrinha. São empresas que geram lucros e investem em outros setores. Hoje, o blog reproduziu a noticia,  que uma controlada da Cemig (Light), é acionista de uma fábrica chinesa de motos e bicicletas elétricas, no Rio de Janeiro.

No mínimo, trata-se de um absurdo a prefeitura (nós), pagarmos pela iluminação pública.

Claro que investiram. Mas estamos lhes proporcionando um gordo e fiel mercado.

Um dia isso vai mudar e não tem nada de comunismo ou socialismo desvairado no pensamento. Isso é concientização.

Entidades como a "Casa da Criança", Hospitais Públicos, Asilo, Apae, pagarem contas de água,luz e esgoto é um despropósito. Para evitar eventuais desperdícios, que se estabeleçam quotas de consumo. 

ER

A FONTE ESTÁ SECANDO

Ouvido hoje na Feira Livre da Boa Vista, na Av. Dr. Rosemburgo Romano (ex- sambódromo)

- Ô cumpadre mais uma entidade, no caso, o Sindicato Rural, se sentiu desemparado e sem a prefeitura para bancar, não irá realizar este ano o "bailão sertanejo universitário". Não é ruindade do prefeito. A lei proíbe em ano eleitoral.

- Uai, então não teremos Frici e nem o desfile de natal, bancados também pelo poder público ?

- Só se os empresários cairem na real e resolverem eles mesmo bancar os eventos.

- Sim, mas o desfile de natal será depois das eleições.

- Bom, pela experiência eu digo: Se o homem ganhar, o tal desfile será uma festa. Se o homem perder, acho que não vai ter nada não.

ER

O FUTURO DO PT

Da Lúcia Hippolito - Email do João Heleno

O PT nasceu de cesariana, há 29 anos. O pai foi o movimento sindical, e a mãe, a Igreja Católica, através das Comunidades Eclesiais de Base.
Os orgulhosos padrinhos foram, primeiro, o general Golbery do Couto e Silva, que viu dar certo seu projeto de dividir a oposicão brasileira.
Da árvore frondosa do MDB nasceram o PMDB, o PDT, o PTB e o PT… Foi um dos únicos projetos bem-sucedidos do desastrado estrategista que foi o general Golbery.
Outros orgulhosos padrinhos foram os intelectuais, basicamente paulistas e cariocas, felizes de poder participar do crescimento de um partido puro, nascido na mais nobre das classes sociais, segundo eles: o proletariado.
O PT cresceu como criança mimada, manhosa, voluntariosa e birrenta. Não gostava do capitalismo, preferia o socialismo. Era revolucionário. Dizia que não queria chegar ao poder, mas denunciar os erros das elites brasileiras.
O PT lançava e elegia candidatos, mas não “dançava conforme a música”. Não fazia acordos, não participava de coalizões, não gostava de alianças. Era uma gente pura, ética, que não se misturava com picaretas.
O PT entrou na juventude como muitos outros jovens: mimado, chato e brigando com o mundo adulto.
Mas nos estados, o partido começava a ganhar prefeituras e governos, fruto de alianças, conversas e conchavos. E assim os petistas passaram a se relacionar com empresários, empreiteiros, banqueiros.
Tudo muito chique, conforme o figurino.
E em 2002 o PT ingressou finalmente na maioridade. Ganhou a presidencia da República. Para isso, teve que se livrar de antigos companheiros, amizades problemáticas. Teve que abrir mão de convicções, amigos de fé, irmãos camaradas.
A primeira desilusão se deu entre intelectuais. Gente da mais alta estirpe, como Francisco de Oliveira, Leandro Konder e Carlos Nelson Coutinho se afastou do partido, seguida de um grupo liderado por Plinio de Arruda Sampaio Junior.
Em seguida, foi a vez da esquerda. A expulsão de Heloisa Helena em 2004 levou junto Luciana Genro e Chico Alencar, entre outros, que fundaram o PSOL.
Os militantes ligados a Igreja Católica também começaram a se afastar, primeiro aqueles ligados ao deputado Chico Alencar, em seguida Frei Betto.
E agora, bem mais recentemente, o senador Flavio Arns, de fortíssimas ligações familiares com a Igreja Católica.
Os ambientalistas, por sua vez, começam a se retirar a partir do desligamento da senadora Marina Silva do partido.
Afinal, quem do grupo fundador ficará no PT? Os sindicalistas.
Por isso é que se diz que o PT está cada vez mais parecido com o velho PTB de antes de 64.
Controlado pelos pelegos, todos aboletados nos ministérios, nas diretorias e nos conselhos das estatais, sempre nas proximidades do presidente da República.
Recebendo polpudos salários, mantendo relações delicadas com o empresariado. Cavando beneficios para os seus.
Aliando-se ao coronelismo mais arcaico, o novo PT não vai desaparecer, porque está fortemente enraizado na administração pública dos estados e municípios. Além do governo federal, naturalmente.
É o triunfo da pelegada.
Por Lucia Hippolito
O Globo.com

Email do João Heleno

Blog: Fotografia no capricho.
ER

ACABOU A HORA DO RECREIO - 2

Deu no "viver é perigoso" no dia 04/01/2012

1º de janeiro – domingo

Data a partir da qual fica proibida a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte da Administração Pública, exceto nos casos de calamidade pública, de estado de emergência ou de programas sociais autorizados em lei e já em execução orçamentária no exercício anterior, casos em que o Ministério Público Eleitoral poderá promover o acompanhamento de sua execução financeira e administrativa (Lei nº 9.504/97, art.73, §10).
Data a partir da qual ficam vedados os programas sociais executados por entidade nominalmente vinculada a candidato ou por esse mantida, ainda que autorizados em lei ou em execução orçamentária no exercício anterior (Lei nº 9.504/97, art. 73, § 11).

RESOLUÇÃO Nº 23.341
Ministro Arnaldo Versiani
Tribunal Superior Eleitoral

Blog: Inclusive ingressos para shows, etc, imagino eu.

ER

Hoje 7/2 - Segundo o "Itajubá Notícias" a Prefeitura foi orientada juridicamente para cair fora do "patrocínio da festa da exposição agropecuária". Com certeza os "sertanejos universitários" irão estagiar em outras praças.
Já valeu.

ER 

MARCANDO EM CIMA

CRIANDO O SEU MERCADO

Essa você não sabia; A Cemig (através da sua controlada Light) é sócia da, instalada em Sapucaia, no Rio de Janeiro, CR Zongshen Fabricadora de Veículos SA, que fabricará de bicicletas elétricas, scooters e motos elétricas. A empresa é detentora da marca Kasinski.
A inauguração da empresa ocorrerá em março. Foi investido até hoje R$ 20 milhões. O projeto total da CRZ E-Power é para R$ 120 milhões, ao longo de três a cinco anos, e atingir a capacidade para 10 mil unidades/mês.
A Light responderá pela logística dos pontos de recarga das baterias. A assessoria da empresa informou ontem que, o ponto de partida deverá ser a instalação de pontos junto às revendas e "locais de grande aglomeração" como shoppings, estações do metrô e terminais rodoviários.

ER

SEMPRE DEVERIA SER ASSIM

Brasil endurece


Blog: Reciprocidade. Palavra chave. Com os americanos e haitianos e outros, deveria sempre ser assim. Sempre nos trataram com dureza lá fora. Não reclamei, poie tratava-se das terras deles. Questão de educação e sensibilidade. Faltou-lhes ? problemas deles.
Sempre exigimos, com a educação, que nos é própria, que exigèncias identicas fossem feitas aos nossos visitantes.
Como dizia David Nasser: "Não existe amizade entre nações. Existe interesse comercial"
Custou.
"Finalmente caiu a ficha do governo brasileiro, após anos de humilhação e maus-tratos de compatriotas nos aeroportos da Espanha. A partir de abril, os espanhóis deverão exibir à Polícia Federal o que exigem dos brasileiros para entrar na União Europeia: passagem de ida e volta marcadas, mínimo de R$ 170 por dia, hotel reservado ou carta de apresentação de quem vai hospedá-lo aqui, registrada em cartório. "

ER

Finalmente caiu a ficha do governo brasileiro, após anos de humilhação e maus-tratos de compatriotas nos aeroportos da Espanha. A partir de abril, os espanhóis deverão exibir à Polícia Federal o que exigem dos brasileiros para entrar na União Europeia: passagem de ida e volta marcadas, mínimo de R$ 170 por dia, hotel reservado ou carta de apresentação de quem vai hospedá-lo aqui, registrada em cartório.

É DISCO QUE EU GOSTO



ONE MORE KISS, DEAR

Vangelis - Blade Runner

ER

MOÇA BONITA

Parabéns menina. Você tem sido a vida toda, de uma importância incalculável para todos nós. Tenho certeza absoluta que todos que a conhecem pensam assim.
Um beijo, Moça Bonita.

ER

AINDA EXISTE ESPERANÇA


Enquanto houver um louco, um poeta e um amante haverá sonho, amor e fantasia.
E enquanto houver sonho, amor e fantasia, haverá esperança.

Shakespeare
 
Post do Roberto Lamoglia