segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

VENTOS DE GUERRA - 9

As igrejas não recomendam voto em um candidato.
Mas podem alertar o crente a não votar num candidato que defende posições diferentes daquelas em que acredita. Todos os candidatos a candidatos ao cargo de prefeito, bem como os candidato(a)s a candidatos a vice, na terrinha, são católicos.
Pelo menos três deles são participantes ativos das cerimônias. Se seguem a doutrina cristã no dia a dia, é outra história.
Uns têm que pedir mais perdão que outros.
Nunca soube de algum pastor na terrinha desaconselhar voto porque o candidato era católico. Do contrário fui testemunha:
Na ocasião procurei o vigário que, pessoalmente, confirmou a sua preocupação.
Não se convenceu da ausência de perigo, mas deixou de lado a pregação pública sobre o tema.
Eleição para vereador é diferente. Uma comunidade tem plenas condições de, devidamente mobilizada, eleger e até reeleger um representante. 
Temos diversos casos atualmente.
Assistiremos ginásticas olímpicas de candidatos respondendo sobre temas polêmicos. Posições são secundárias. Só não podem escapar são os votos.

ER

MOUSTACHE


Falando em dança... Um Lugar de nome “Moustache” Localizada na Rua Dr. Pereira Cabral, próxima a Praça Dr. Teodomiro Santiago ficava a Moustache. Para a época era a mais moderna e atraente das discotecas. Aconchegante, acolhedora e sofisticada, recebia seus freqüentadores de forma inebriante. O perfume que exalava do ambiente era o Lancaster e o Rastro indicando haver no local, mais homens que mulheres. Apesar de ser cara estava sempre cheia. Mulher não pagava para entrar. O charme do local era a música frenética e envolvente. Lembro-me como se fosse hoje... Pata, Pata.....É a música que me reporta aos anos 70 e me trás muitas saudades das discotecas. Ao adentrar o local pela primeira vez o rítmo da música já contagiou-me. Miriam Makeba, uma cantora sul-africana também conhecida como "Mama África" e grande ativista pelos direitos humanos, cantava sua mais famosa canção, Pata, Pata. Era impossível não dançar...Era impossível não sonhar...Era impossível resistir ao charme dos belos e atraentes rapazes da Moustache. Quanta saudade!..

Bah

Blog: Bah, me lembro do local . Nunca fui. Um pouco porque tinha muito homem para o meu gosto e ... porque era caro.
Local bem frequentado e marcou época.

Zelador 

MOMENTOS DE DECISÃO

Absolutamente. Somos totalmente contrários a proibição e liberação do uso de sacolas plásticas. Muito pelo contrário. Onde já se viu isso ? privar o povo do seu direito de ir e vir com a sacolinhas. Nossa decisão é irreversível, da mesma forma que nos portamos quando da proibição de propaganda sonora nas ruas. Fomos firmes e conseguimos fazer valer o que não era válido.
Onde estamos ?
De forma alguma podemos privar o direito do trabalhador. Proibir é proibir. Liberar é liberar. Que fique bem claro. Deveremos manter a nossa característicar maior, que é decidir sempre e rápido.
Prometemos a decisão para este ano e só não será tomada se não der para ser tomada.
Doa a quem doer.
Estamos numa nação livre e a liberação, digo, a proibição, é definitiva.
Punições duras estão previstas para aqueles que não embalar o som nas sacolinhas. O mais sagrado prevaleceu, ou seja, uma atuação firme e corajosa.
Portanto, ficam liberadamente proibidas as benditas embalagens plásticas, desde que não contenham resíduos de álcool ou gasolina.
Aliás, com álcool pode.
Leis são leis e  foram feitas para serem feitas.
Que fique bem claro e todos os orgãos de imprensa, digo todos, tanto os nossos quanto os deles, sejam informados:
Que a partir desta data, torna-se retroativa a partir do próximo dia primeiro, a proibição da liberalização das embalagens com eco.
Com  a utilização de eco só alto-falantes das motos e bicicletas sonoras.

Temos dito.

Entendeu ? Nem eu.

ER  

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO

Email do Ivan Mattar

Um grupo de amigos de 50 anos de idade discutia para escolher o restaurante onde iriam jantar.
Finalmente decidiram-se pelo RestauranteTROPICAL porque as garçonetes eram gostosas e usavam mini-saias e blusas muito decotadas.
Dez anos mais tarde, aos 60 anos, o grupo reuniu-se novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante.
*Decidiram-se pelo Restaurante TROPICAL porque a comida era muito boa e havia uma excelente carta de vinhos.
Dez anos mais tarde, aos 70 anos, o grupo reuniu-se novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante.
*Decidiram-se pelo Restaurante TROPICAL porque lá havia uma rampa para cadeiras de rodas e até um pequeno elevador...
Dez anos mais tarde, aos 80 anos, o grupo reuniu-se novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante.
*Finalmente decidiram-se pelo Restaurante TROPICAL !!!! Todos acharam que era uma grande idéia porque nunca tinham ido lá antes.

Email do Ivan Mattar (o moço de São Gonçalo do Sapucai) 

ER





FRASE ABOBRINHA DO DIA

Grande homem. De repente subiu na vida. Estourou na praça. Conquistou a mídia. É tido e havido. Ímpar. Impoluto. Mas eu o conheço muito bem. Pode ser o maior homem do planeta. Mas como síndico deste edifício é uma merda.

Millôr

A COISA VAI FICAR FEIA

Segundo informações recebidas, o site do jornal "Itajubá Notícias" encontra-se, provavelmente, sob ataque de especialistas aborrecidos.
Deverá acontecer com certa frequência nesse ano eleitoral.
Incomodou ?
Fica de castigo ali sentadinho por uns tempos.
Se apagarem a luz do "viver é perigoso", podem crer que o zelador foi posto para descansar no banquinho (antigamente era ajoelhar no milho).
Enquanto isso, a orquestra do Titanic ou Costa Concordia , continua a tocar ligeiras valsas, independente de bancos de areia, pedras submersas e prováveis icebergs.
O povo dança. Uns buscam coletes.

ER

É DISCO QUE EU GOSTO



BLACK IS BLACK

Los Bravos. Banda espanhola formada em 1965 em Madrid. O vocalista Mike Kogel era alemão. A música "Black is Black" lançada em 1966 alcançou as paradas de sucesso em toda a Europa e nos EUA. Vendeu mais de um milhão de discos.
Era um "saco" quando era tocada nos bailes do Diretório Acadêmico. Primeiro porque os conjuntos não conseguiam tocá-la direito. Segundo, porque os metidos a dançarinos, saim rebolando pelo salão esbarrando em todo o mundo que estava ali no "rosto colado". O blog vai dar o nome dos assanhadinhos da época. Quase todos acabaram por estudar medicina (ou economia).

Em tempo: postada a pedido.

ER

MOÇA BONITA


Elisha Cuthbert


TUCANO TRATADO A SALGADINHOS

Deu no "O Tempo"

O presidente da Câmara de Vereadores de Belo Horizonte, Léo Burguês (PSDB), tem justificado o gasto de parte da verba indenizatória - destinada a cobrir custos com o mandato - com notas fiscais emitidas pela minimercearia e bufê de sua madrasta. Desde agosto de 2009 - quando a Casa começou a divulgar os gastos dos parlamentares -, o tucano declarou ter comprado quase R$ 62 mil em lanches e refeições da empresa Trevo Salgados Congelados Ltda. A Trevo funciona no mesmo endereço da minimercearia Casa da Serra e do bufê Berenice Guimarães e é o nome de registro das lojas. Berenice, proprietária dos dois estabelecimentos em casas vizinhas na rua do Ouro, no bairro da Serra, é mulher do pai do vereador.
Do total do valor pago em mais de dois anos pelo gabinete de Léo Burguês para a empresa de sua madrasta, R$ 45 mil foram computados na rubrica "lanche", o que dá uma média mensal de gastos de R$ 1.500. O valor seria suficiente para 3.000 coxinhas por mês. Na Casa da Serra, o cento desse salgado custa R$ 50, enquanto a média do preço no mercado é R$ 30.

O Tempo



NÃO AFUNDAM