sábado, 31 de dezembro de 2011

QUE DEUS O ACOMPANHE !

É a recomendação que sempre gostei de receber. Antigamente era mais usada. Parece que incompreensivelmente caiu de moda. Não existe prova de amor maior.
De coração desejo para todos que acompanham o "viver é perigoso", e quando me refiro a todos, significa todos mesmos. Com sinceridade:
Que Deus os acompanhem no ano que se inicia. E nos próximos também.
Pela primeira vez em sua curta existência o blog proporcionará uma trégua de alguns dias para vocês.

Zelador

EMOÇÕES



ER

MOÇA BONITA

Simplesmente Sonia

FELIZ ANO NOVO



Não há mais champanhe
E os fogos acabaram
Aqui estamos, eu e você
Sentindo-nos perdidos e tristes
Esse é o fim da festa
E a manhã parece tão cinzenta
Tão diferente de ontem
Agora é o momento de dizermos
Feliz ano novo
Feliz ano novo
Desejo que nós tenhamos uma visão de agora e sempre
De um mundo onde cada vizinho é um amigo
Feliz ano novo
Feliz ano novo
Desejo que nós tenhamos nossas esperanças nossas vontades de tentar
Se nós não fizermos o que podemos assim como descansar e morrer
Você e eu
Às vezes eu vejo
Quão bravo chega o mundo novo
E eu vejo como se prospera
Nas cinzas de nossas vidas
Oh sim, o homem é um tolo
E ele acha que tudo ficará bem
Arrastando seus pés de barro
Nunca sabendo que está no caminho errado
E continua indo do mesmo jeito
Feliz ano novo
Feliz ano novo
Desejo que nós tenhamos uma visão de agora e sempre
De um mundo onde cada vizinho é um amigo
Feliz ano novo
Feliz ano novo
Desejo que nós tenhamos nossas esperanças nossas vontades de tentar
Se nós não fizermos o que podemos assim como descansar e morrer
Você e eu
Me parece agora
Que os sonhos que eu tinha antes
Todos estão mortos, nada mais
Do que confete no chão
É o fim de uma década
Nos próximos dez anos
Quem pode dizer o que acharemos
Quais mentiras esperam no fim da linha
Feliz ano novoFeliz ano novo
Desejo que nós tenhamos uma visão de agora e sempre
De um mundo onde cada vizinho é um amigo
Feliz ano novoFeliz ano novo
Desejo que nós tenhamos nossas esperanças nossas vontades de tentar
Se nós não fizermos o que podemos assim como descansar e morrer
Você e eu

ABBA

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

John Kennedy - Yousuf Karsh

BLOGS "CHAPA BRANCA"

São muitos os blogs chamados corretamente de "chapa branca". Estão a serviço do poder constituido e muito mais do partido governista. É fácil identificá-los. Atentem para a publicidade paga com propaganda de estatais.
Querem mais:
Leiam nota do blog Implicante:

"Subcomissão sobre financiamento de mídia alternativa é instalada – Objetivo é sugerir financiamento de mídias como blogs e rádios comunitárias – A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática instalou hoje subcomissão especial para analisar formas de financiamento de mídia alternativa.”
Comentário:
O que exatamenete é mídia alternativa? Grandes emissoras, jornais, revistas e portais, ok, não são. Mas quem entraria para essa turma beneficiada? Exatamente os blogs que puxam o saco do governo. O que a deputada do PC do B (risos) chama de “mídia alternativa” é a boa e velha “chapa branca”, agora diluída em veículos com meia dúzia de leitores. Os “grandes nomes” dessa rapaziada, claro, já ganham seu quinhão, alguns deles de origem pública, mediante contratos nem sempre licitados.
Talvez os pequenos tenham percebido que fazem papel de trouxa – já que trabalham gratuitamente no mesmo serviço para o qual alguns “companheiros” cobram caro e ganham bem – e agora levem seus tostões. Claro, não vão levar, isso não vai passar e, diante do fato de que não receberão o NOSSO dinheiro para defender o governo, reclamarão do CONSERVADORISMO e da CONCENTRAÇÃO das comunicações etc.
É uma choradeira chata, mas preferivel diante da opção de dar grana pública.

Implicante

QUEM PODE JULGAR O JUIZ ?

Escreveu o Nelson Motta

Quando se fala desse assunto deve-se pesar muito bem cada palavra. Basta algum juiz de qualquer lugar achar que há algo de errado, ofensivo ou calunioso nelas, e você pode ser processado. E pior, o processo vai ser julgado por um colega do ofendido. Com raras exceções, jornalistas processados por supostas ofensas a juízes são sempre condenados por seus pares.
Sim, a maioria absoluta dos juízes é de homens e mulheres de bem, mas eu deveria consultar meu advogado antes de dizer isto: o corporativismo do Judiciário no Brasil desequilibra um dos pilares que sustentam o Estado democrático de direito. Basta ver os salários, privilégios e imunidades.
A brava ministra faxineira-chefe Eliana Calmon está sob fogo cerrado da corporação por defender os poderes constitucionais do Conselho Nacional de Justiça e chamar alguns juízes de “bandidos de toga”. Embora não exista melhor definição para Lalau e outros togados que aviltam a classe.
Como um sindicato de juízes, a Ajufe está indignada porque a ministra Eliana é contra os dois meses de férias que a categoria tem por ano, quando o resto dos brasileiros tem só um (menos os parlamentares, que têm quatro). Se os juízes ficam muito estressados e precisam de dois meses “para descansar a mente, ler e estudar”, de quantos meses deveriam ser as férias dos médicos? E das enfermeiras? E aí quem cuidaria das doenças dos juízes?
“Será que a ministra diz isso para agradar a imprensa, falada e escrita? Para agradar o povão?”, questiona a Ajufe. Como não é candidata a nada, as posições da ministra têm o apoio da imprensa e do público porque são éticas, republicanas e democráticas. Porque o povão, e a elite, julgam que são justas.
Meu avô foi ministro do Supremo Tribunal Federal, nomeado pelo presidente JK em 1958, julgou durante 15 anos, viveu e morreu modestamente, entre pilhas de processos. Suas únicas regalias eram o apartamento funcional em Brasília e o carro oficial. Não sei se foi melhor ou pior juiz por isto, mas sempre foi para mim um exemplo da austeridade e da autoridade que se espera dos que decidem vidas e destinos.

Nelson Motta

UM OLHO NO PEIXE E OUTRO NO GATO

Ouvido ontem no Mercado Municipal:

- Ô cumpadre tá aí um assunto que anda incomodando meio mundo na terrinha... 
- Desembucha homem !
- Está dando constantemente na televisão a quantidade de chuva quem tem baixado por esses últimos dias. Parece que em Minas já tem mais de 45 cidades em estado de emergência, calamidade, essas coisas.
- E daí ? Cada um com as suas dificuldades. Nós estamos sequinhos.
- Éh... isso é o que me preocupa. Uma hora isso chega.
-Vira essa boca prá lá cara !

ER

ENTRADA ESPECIAL