segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

SOB A LUZ DE VELAS


"A coragem significa um forte desejo de viver, sob a forma de disposição para morrer."

Gilbert Chesterton 

SARGENTO GARCIA NÃO VAI PRENDER O ZORRO

Em decisão liminar hoje, o ministro do STF Marco Aurélio Mello suspendeu o poder "originário" de investigação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) contra magistrados, determinando que o órgão só pode atuar após as corregedorias locais.
A liminar concedida pelo ministro deve ser levada a plenário na primeira sessão do ano que vem, no início de fevereiro, para que seus colegas avaliem o tema. Até lá, no entanto, as funções da corregedoria do CNJ estarão esvaziadas.
Ficarão prejudicadas aquelas investigações que tiveram início diretamente no conselho, antes que tenham sido analisadas nas corregedorias dos tribunais onde os juízes investigados atuam.

Blog : Como afirmou a Ministra Eliana Calmon: Fiscalização no Tribunal de Justiça de SP ?

- "Quando o sargento Garcia conseguir prender o Zorro".

ER

ACREDITEM: NENHUM DO PT

Deu no Estadão:

Todos os políticos que ocupam cargos eletivos em Lavras, no sul de Minas, foram denunciados à Justiça pelo Ministério Público Estadual (MPE) por desvio de verbas públicas. Segundo a ação, a prefeita Jussara Menicucci de Oliveira (PSDB), o vice, Cassimiro da Silva (PR), e os dez vereadores da cidade deram prejuízo de mais de R$ 500 mil ao município com viagens particulares e até compra de bebidas alcoólicas.
De acordo com o MP, o maior rombo, de R$ 488,7 mil, foi causado pelos vereadores Evandro Castanheira Lacerda (PSB), Anderson Marques (PV), Júlio Donizete de Melo (PCdoB), Helena Maria Nogueira (PRB), Edson Alves de Abreu (PPS), Daniel Costa (PSDB), Ennio Mendes de Siqueira (PMDB), Hélio Haddad (PSDB), Marcos Cherem (PSL) e Sebastião dos Santos Vieira (PTC).
Segundo a ação, vereadores chegaram a gastar R$ 20 mil com abastecimento de veículos. "Um cálculo rápido demonstra que, em média, eles percorriam 3 mil quilômetros todos os meses", afirma o MPE. De acordo com o órgão, os vereadores editavam atos normativos para o pagamento da verba indenizatória e, sem licitação, parlamentares tinham "poder de adquirir produtos livremente" e "angariar a simpatia dos fornecedores", inclusive de parentes.
Já o Executivo, segundo a ação, foi responsável por aproximadamente R$ 30 mil em pagamentos de viagens irregulares, além da "compra de bebidas alcoólicas e de refeições em restaurantes para terceiros em Brasília, Belo Horizonte, São Paulo e Pouso Alegre.

Estadão

É DISCO QUE EU GOSTO



E por falar em francês...

Mireille Mathieu.

ER 

SOFRER PELO BOTAFOGO

Para o João Heleno, Roni, Gatinho, Fabiano, Zé Maria, Marreco, Sylvio Riera, Binha, Cesário e todos os outros 6 botafoguenses da terrinha:
(do imortal Nelson Rodrigues)

Todos os torcedores de futebol se parecem entre si como soldadinhos de chumbo.
Têm o mesmo comportamento e xingam, com a mesma exuberância e os mesmos nomes feios, o juiz, os bandeirinhas, os adversários e os jogadores do próprio time.
Há porém, um torcedor, entre tantos, entre todos, que não se parece com ninguém e que apresenta uma forte, crespa e irressistível personalidade. Ponham uma barba postiça num torcedor do Botafogo, dêem-lhe óculos escuros, raspem-lhe as impressões digitais e, ainda assim, ele será inconfundível. Por quê ?
Pelo seguinte: - há, no alvinegro, a emanação específica de um pessimismo imortal. Pergunto eu: - por que vamos ao campo de futebol ? Porque esperamos a vitória.
Esse otimismo é o impulso interior que nos leva a comprar ingresso e vibrar os noventa minutos. E, no campo,o otimismo continua a crepitar furiosamente.
Mas o torcedor do Botafogo é diferente: - ele compra o seu ingresso como quem adquire o direito, que lhe é sagrado e inalienável, de sofrer. Eis a verdade: - ele não vai a campo ver futebol. O futebol é um detalhe secundário e, mesmo desprezível. Ele quer, acima de tudo, desgrenhar-se, esganiçar-se e rugir contra o técnico e contra os jogadores.
No dia que retirarem do torcedor alvinegro o inefável direito de sofrer e, sobretudo,o direito ainda mais inefável de descompor o seu técnico, ele ficará inconsolável, como um ser que perde, subitamente, a sua função e o seu destino.
Tudo na vida é uma questão de hábito. E o cidadão que padece todos os dias, acaba-se afeiçoando ao próprio martírio ou mais do que isso: - o martírio torna-se insubstituível como um vício funesto.
É o caso da torcida alvinegra sofre e já não pode viver de outra forma.

Nelson Rodrigues 

MOÇA BONITA

Christina Jaecklein


AMIGO SECRETO

Ouvido ontem na Feira do Ceasa na Avenida.

- Ô cumpadre esse negócio de "amigo secreto" foi inventado na terrinha. Aqui tem que ser praticado o ano todo. Tem que ser secreto, se não um ou outro fica com raiva.

-Éh... faz sentido.

ER

PAPAI NOEL? NUNCA MAIS

Se perguntarem para o nosso João se ele gostaria de receber presente do Papai Noel, ele responde na sinceridade dos seus três anos: Eu quero presente, mas do papai noel, não.
Confesso que rompi  a amizade com o Velho Noel em 1953, por aí.
O rompimento da admiração aconteceu defronte a Bicicletária dos Prazeres, de propriedade do grande empresário, Sr. José Rosa.
Ficava na Boa Vista, é claro. Mas precisamente na Rua Miguel, quase em frente a Escola de Música e Datilografia da Dona Ruth (tudo há ver: quem bate máquina, toca piano).
Um Papai Noe falsamente gordo (aparecia um pedaço do travesseiro na lateral da barriga), com a barba de algodão descolando e usando um coturno do exército, saiu no tapa com a mulher, ou namorada,ou sogra, sobre algo envolvendo dinheiro.
O pau quebrou feio na calçada. Nunca imaginei aqueles palavrões saindo da boca do "bom velhilho".
Era PQP, FDP  e sugestões para tomar num sei o que, não sei onde ?
Assisti tudo de longe.
Depois de uns 30 minutos e a providencial ajuda do Cabo Tiãozinho, as coisas voltaram ao normal.
O velhinho sentou no trono e com um sorriso maroto, voltou a pousar para fotos (caixote Kodak) com as crianças mais corajosas empurradas pelos pais.
Reparei: a barba foi recolada de ponta cabeça.
Nunca mais.
Presentes sim. Papai Noel Tchau.
Estou com o João e não abro.

ER   

TELEFONEMAS NÃO RECEBIDOS

- Ok! Ok! Ok! Combinado!

-Estaremos mandando três metalúrgicas, 2 auto-peças, 5 eletrônicas e 1 de sandálias e tênis e outra de confecções. No total são doze. Calculamos que iremos precisar de 2.000 pessoas e uma área de 1 milhão de metros quadrados com toda a infra-estrutura.
Ah! de quebra, para atender o nosso núcleo básico, instalaremos dois restaurantes especializados, sendo um tipo delivery, duas pastelarias e uma lavanderia.  Sim, está confirmado.  Vê se encaixa tudo dentro no Parque.

Garato e um abaraço.

Chin 

FRASE DO DIA

A revolução é um espetáculo de paixão. Não conquistamos o povo apelando à razão, mas desenvolvendo a esperança, a confiança e a fraternidade.

Mao Tse-tung

EM OUTROS TEMPOS


Gov.Eduardo, Delgado



FAZENDO ESCOLA

"Se a indústria quiser vir para Piracicaba, tudo bem. Mas agora não tem benefício, não tem terreno. Só com a Hyundai vamos precisar de dez anos para assimilar tudo o que veio para cá, diz José Antonio de Godoy, secretário de governo da cidade."
A Hyundai está investindo US$ 600 milhões para fabricar 150.000 veículos por ano. Irão contratar 2.000 funcionários. 700 coreanos já chegaram para trabalhar na empresa e em outras 9 industrias de auto-peças. Calcula-se que 150 deles, fixarão residência em definitivo na cidade paulista.
A prefeitura desapropriou uma área rural de 1,84 milhão de metros quadrados, investindo R$ 5,5 milhões na desapropriação.
Piracicaba está recusando novas indústrias e orienta-as a buscar abrigo nas cidades vizinhas.

Blog: Que nem nóis.

ER

PIADA DE SALÃO