segunda-feira, 28 de novembro de 2011

SOB A LUZ DE VELAS

Todos os homens se dividem, como em todos os tempos, como também ainda atualmente, em escravos e livres; pois quem não tiver para si dois terços do seu dia é um escravo, seja ele, de resto, o que quiser: político, comerciante, funcionário, erudito.

Friedrich Nietzsche

COFRE ABARROTADO

Na próxima quinta-feira, o município de Itajubá, através do prefeito Jorge Mouallem, irá assinar, junto com o Governador do Estado, o contrato do Programa Novo Somma do BDMG no valor de 5 milhões de reais. O projeto que é destinado à obras de infraestrutura urbana e saneamento básico, foi aprovado pela Câmara Municipal tempos atrás.
É normal o municipio buscar dinheiro no BDMG para investimento. Do mesmo modo que aprovaram, caberá aos senhores vereadores a fiscalização da correta aplicação dos recursos. Mas empréstimos liberados em ano eleitoral desequilibra.
O que não convém é o posicionamento puro e simples contra a vinda dos recursos. Todos fizeram isso no passado.
O Deputado Dalmo (PSDB) deve ter dado uma boa força.
Vá lá entender esses partidos.

ER      

SIMPLICIDADE



Ouvido na plataforma de embarque da estação rodoviária, no Morro Chic.

- Cumpadre, estou vindo lá do Fórum e na volta passei pela Alameda da Esperança. Cortei volta, apesar da subidinha brava.

- Ainda não conheço.

- Pois é, na descida, na esquina, já aqui do lado do Morro Chic, creio que conheci a sede da tal "transparência" que todos falam. Uma casa antiga cercada só de vidros. Ficou bonito.

- Uai ! Será ? Faz sentido.

ER

COM A MÃO NA MASSA

Quem entende de massas são os italianos. No ar mais uma atração na terrinha. Na próxima quinta-feira, dia primeiro de dezembro, começa a funcionar a Pizzaria Massas Meazzini na Boa Vista. Não servirão tão somente a Pizza assada no forno de lenha, mais também as outras massas especialidadeS da casa.
Acompanhando tudo, o ar e luar da Boa Vista.
Só não vai quem já morreu.

ER 

IMPRENSA NA GAIOLA

Do Amarildo - Imprensa na gaiola é tudo com o que sonham o PT e o Zé Dirceu. Felizmente, a Dilma não.

ER 

AMIGO É PRÁ ESSAS COISAS

Caro Edson,

Finalmente hoje , 28 de Novembro de 2011, o "contador de visitas" do "Viver é Perigoso"  ultrapassa os 150.000 (cento ecincoenta mil) fiéis e/ou curiosos leitores do mesmo. Meus Parabéns !
É um número expressivo que retrata a qualidade do mesmo. Considerando-se a data de início do Blog ( 06/outubro/2009) como a data de início da contagem, teríamos uma média de 190 acessos/dia. Mas sei que a utilização do contador ocorreu um bom tempo depois e daí, podermos afirmar, que este número deve estar próximo dos 200 acessos//dia. Isto só, já é um motivo para que você não desanime e pense em jogar a toalha, ( sei que isto já ocorreu ), e mantenha firme e vivo o Viver é perigoso" Aprendamos a conviver com os ANÔNIMOS, pois eles são bastante importantes com suas críticas, na maioria das vezes até construtivas e não esqueça de que até grandes escritores se manifestavam através de PSEUDÔNIMOS, o que não deixa de ser uma forma de ANONIMATO.

Um abraço do amigo,

Roberto Lamoglia

Blog: Roberto, grato pela lembrança. Hoje todos podem verificar que mais que 400 acessos diários são feitos. Depois que os eventos passaram a serem contabilizados, aconteceram 6.683 postagens e publicados  8.332 comentários. Reconhecemos que tudo é feito "quando dá" e de forma amadora. Mas é sincero.

Abraço,

Edson 

MAIS OU MENOS

Comentário feito hoje por S

A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos. A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro. A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos... TUDO BEM! O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum... é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos. Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.
Deixo estas mensagens ai pra reflexão!
Eu também gostaria de ter ITAJUBÁ de volta.

S (comentarista do viver...)

É DISCO QUE EU GOSTO



EU VOLTEI

ER

SÓ QUERO ITAJUBÁ DE VOLTA

Foto Aldogon


Não quero mais passar o reveillon em Paris.
Só quero Itajubá de volta.
Não quero mais a minha cobertura em Ubatuba e a mansão da Vila Maria.
Só quero Itajuba de volta.
Não me interessam a Avenida Atlântica e muito menos a Paulista.
Só quero Itajubá de volta.
Não me interessam músicas e poemas rebeldes ou doces.
Só quero Itajubá de volta.
Não me interessam Copa do Mundo e Olimpíadas.
Só quero Itajubá de volta.
Não quero mais shows de rock e muito menos ídolos sertanejos.
Só quero Itajubá de volta.
Não me interessam políticos importantes, daqui, dalí e de acolá.
Só quero Itajubá de volta.
Não me interessam as notas, se dois ou cinco.
Só quero  Itajubá de volta.
Não me interessa se a câmara  não funciona e o alcaide não entende.
Só quero  Itajubá de volta
Não me interessam empreendimentos de sonhos.
Só quero Itajubá de volta.
Não me interessam novas taxas e desapropriações.
Só quero Itajubá de volta.
Não me interessam partidos, coligações ou agrupamentos.
Só quero Itajubá de volta.
Não me interessam pt, psdb, pmdb, ptb, ou qualquer que seja.
Só quero Itajubá de volta.
Não quero saber de ruas iluminadas, papai noel gordo e bandas desafinadas.
Só quero Itajubá de volta.
Não me interessam muros altos, asfalto e contra-mão.
Só quero Itajubá de volta.
Não me importam estrangeiros, alienígenas ou qualquer que sejam.
Só quero Itajubá de volta.
Não me importa se o preço é alto
Só quero Itajubá de volta
Não me importa se quero sozinho.
Só quero Itajubá de volta.
Só quero Itajubá de volta.
Só quero Itajubá de volta.

José Tipica

CARTAS QUE NÃO RECEBI

Belo Horizonte, 27 de novembro de 2011

Prezado Senhor,

Confirmamos o recebimento de toda a documentação.
Sobre o assunto, registramos o nosso regozijo pelo movimento unificado e sólido dessa comunidade.
Durante alguns anos observamos com tristeza a desunião política que imperou nessa outrora progressiva localidade.
Felizmente, isso é passado.
O documento firmado por todas as entidades, lideranças empresariais, religiosas, políticas e algumas não identificadas, mostra claramente que, após tantos percalços, voltou a prevalecer o equilíbrio e o bom senso.
Brilhante movimento de união e solidariedade.
Concordamos inteiramente com a indicação ora feita pelas forças vivas desse pólo desenvolvimentista.
Recomendamos que sigam em frente.
Tão somente registramos, que foge da nossa alçada a oficialização e nomeação do responsável por esse importante cargo, o que nos leva a lamentar.
Não caberá publicação pelo Diário Oficial.
Independentemente, apoiamos a indicação do capacitado profissional para o cargo. 
Segundo a nossa assessoria especial, o cargo em questão seria de inteira responsabilidade dos moradores do mencionado bairro, que mesmo sem vínculo empregatício, poderão acertar com o indicado por essa Frente Ampla, um sistema de gratificações avulsas e não documentadas.
Somos testemunhas da força resultante da união de todos.
Ficará gravado em nossos registros, o eco da retumbante e  uníssona voz desse laborioso povo, em torno de um nome consensual para o cargo de guarda-noturno.
A União faz a força.

Abraços,

Superintendência de Assuntos Aleatórios do Estado.

MOÇA BONITA


Super Romy


PHOTOGRAPHIA NA PAREDE


Mdig



JORNAL DE ESQUERDA

PORCO X GAMBÁ

Difícil escolha no próximo domingo. Vai dar bacalhau.