sexta-feira, 18 de novembro de 2011

SOB A LUZ DE VELAS


"É relativamente fácil suportar a injustiça. O mais difícil é suportar a justiça."

H.L.Mencken

MÉDICOS TÊM SENTIMENTOS ?

Claro que sim. Mas são muito práticos e objetivos. Nós, os chamados Burros Sentimentais do IEI e da EFEI, vibramos com o sucesso da nossa Escola e resmungamos com as dificuldades por ela atravessadas. Temos ciúme e orgulho e não os escondemos.
E os médicos da nossa FMI ao tomarem conhecimento pela imprensa da sonora nota 2 na avaliação do MEC ?
Dois dos ex-alunos que estão próximos de mim, manifestaram tristeza e preocupação de forma bem discreta.
E os que estão vivendo o dia a dia na terrinha ?
Com a palavra o nosso guru para assuntos médicos, Dr. Aldo, em estranho silêncio sobre o assunto, até o momento.

ER  

FACEBOOK JURÁSSICO

Alguns usam o termo constatação. prefiro utilizar a expressão "descobrimento posterior". Já registrei no blog que não consigo me interessar pelo facebook. Insisto e não consigo. Falta alguma coisa e sobram outras tantas, como por exemplo, assuntos pessoais de cada um.
Voltando ao "descobrimento posterior": Tive um colega de turma, grande amigo até hoje, morador ali das bandas de Volta Redonda. Há exatamente 40 anos atrás ele cobria as paredes da "república" onde morava, de  mensagens precursoras do facebook. Atravessávamos a cinzenta era das réguas de cálculo.
Como dizem hoje, curti muito as suas singelas mensagens postadas, quero dizer, coladas.
Seguem algumas delas:

Amor sem beijo é como macarrão sem queijo.

Amor sem ciúme é flor sem perfume.

Você é responsável por aquilo que cativas.

Brasil: Ame-o ou Deixe-o

Sou, mas quem não é.

E vai por aí afora. Fariam sucesso hoje no facebook.

ER 

MOÇA BONITA


Ana Hickmann


MAS TUDO PASSA...


Há muito tempo não ouço uma canção nova que verdadeiramente  me encante.
 Não fiquei enjoado, sofisticado, exigente e creio, que chato. Como afirmou Caetano Veloso lá pelos idos de 1980 (lembrado pelo Nelson Motta): Todas as músicas já foram feitas. Daqui para frente acontecerão tão somente variações sobre o tema.
O mesmo se passa com os livros. Penso que tudo já foi escrito. Da mesma forma que na música, temos encontrado variações nas disposições das frases e palavras.
O que fazer então ?
Ficar atento para o quase impossível surgimento de uma bela novidade e ouvir as antigas e maravilhosas canções ou reler as jóias já escritas.
Músicas e livros bons não envelhecem. Milagrosamente nos dão condições de perceber novas nuances a cada vez que estamos diante deles.
As livrarias e loja de discos não fecharão por isso. Provavelmente deixarão de existir, ou mudarão de ramo, pela invasão digital.
Tudo passa..., como diria o filósofo Nelson Ned.

ER 

INSPEÇÃO VEICULAR

Meus avós não tiveram a oportuidade de ter qualquer modelo de automóvel e nem bicletas. Creio mesmo que nunca souberam dirigir. O conforto e a novidade chegaram para a primeira geração brasileira. Meu pai e tios.
Ficou como marca da família colocar apelido nos carros. Sempre eram mencionados pelo nome. 
Inesquecíveis a "Giripoca" do Tio Mário, o "Bigode", fordinho 29 do Tio Luís, O Al Capone, chevrolet preto 1900  e nada, do meu Pai (posteriormente o Jayme meu primo também teve um Al Capone). Famoso o "Hélio Garcia" do Tio Chaves (bebia muita gasolina), o "Belo Antonio", Simca do meu Pai e outros que fogem da memória.
Comparando com carro, afirmou o médico, ontem, após analisar os exames: Se você fosse um carro, seria difícil de vender. Está muito rodado. Não seria considerado razoavelmente numa troca. Reformar ? ficaria caro e faltam peças no mercado. Para colecionador, ainda é relativamente novo e não tem história.
O que fazer ?
Será melhor ir tocando com cuidado, suportar o barulho da lataria, fazê-lo pegar no tranco e não programar trajetos longos. Evite congestionamentos: O motor poderá ferver
Vantagem: Pode deixar estacionado nas ruas com os vidros abertos. Ninguém se interessará em levar.
Trate-o bem, deixe-o limpinho, arrumadinho. As pessoas mais sentimentais ainda irão olhá-lo com carinho.
É a vida.

ER     

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE


Kate Moss - 1993 por Albert Watson.





VAZAMENTOS

EXCEPCIONAL E PREOCUPANTE

O IGC (Índice Geral de Cursos) é um indicador utilizado pelo MEC com pontuação variável de 1 a 5, expresso em conceitos. Ele é o resultado da média ponderada do CPC (Conceito Preliminar de Curso), que avalia os cursos de graduação e obedece um ciclo de três anos, em combinação com o Enade, que mede o desempenho dos alunos.
Excepcional a nossa Unifei.
Preocupante a nossa Medicina.
Nosso reconhecimento ao brilhante desempenho dos professores, funcionários e alunos da nossa Escola de Engenharia.
Professor Renato Nunes, o grande responsável.

ER