sexta-feira, 4 de novembro de 2011

SOB A LUZ DE VELAS


Um traidor é um homem que deixou o nosso partido para filiar-se a outro. Um convertido é um homem que deixa o outro partido para filiar-se ao nosso.

Clemenceau

CANTINHO DA SALA

"Vamos passar fome, mas não sei fazer outra coisa. Vou pintar até morrer."

Esta decisão, Manabu Mabe comunicou à sua mulher, Ioshino, logo após a realização de sua primeira individual, na cidade de Lins, Estado de São Paulo, em 1951.
Manabu Mabe nasceu em Kumakoto Ken (Japão)  em 1924. Veio com sua família para o Brasil em 1934, com dez anos de idade.
Acompanhando o pai, a mãe e de mais sete irmãos, fixaram-se todos na cidade de Lins, como colonos, trabalhando na lavoura do café.
Assim que pode, a família mudou-se para o Jabaquara, na cidade  de São Paulo, onde arrumou emprego em uma lavanderia e tinturaria. No meio a seus afazeres habituais, também tingia também gravatas, que levava para casa, pintava, e depois vendia a lojas da cidade.
Tomou o barco em São Paulo em 1997.

(Dados do pitoresco)


ER

É DISCO QUE EU GOSTO



ALL OF ME  (TUDO DE MIM)

Tudo de mim, porque você não pega tudo de mim
Você não vê que eu não sou bom sem você
Pegue meus braços, eu quero perdê-los
Pegue meus lábios, eu nunca vou usá-los
O seu adeus me deixou com lágrimas nos olhos
Como eu posso continuar, querida, sem você?
Você levou a parte que uma vez foi meu coração
Então porque não, porque não pegar tudo de mim
O seu adeus me deixou com lágrimas nos olhos
Como eu posso continuar, querida, sem você?
E agora que você tomou essa parte
Que costumava ser o meu coração
Tudo de mim, porque não dar tudo de mim?
Você não pode ver que eu sou uma bagunça sem você?
Você levou a parte que uma vez foi meu coração
Então porque não pegar tudo de mim?

"All of  Me" é de 1931. Foi composta por Gerald Marcas e Seymour Simons, tendo sido gravada por todos os grandes cantores do mundo. Com Billie Holiday é imbatível.
Billie (todos sabem) morreu de overdose de drogas em 1959. É considerada a maior cantora de jazz de todos os tempos.
Vida difícil.
Seu pai tinha quinze anos e a mãe apenas treze. O pai, o músico Clarence Holiday abandonou a família quando Billie ainda era bebê. Foi criada em Baltimore. Foi violentada aos dez anos por um vizinho. Foi internada em uma casa para correção de meninas. Aos doze, trabalhava lavando o chão de prostíbulos. Aos quatorze anos, já em Nova York, caiu na prostituição.
Expressa todo o seu sentimento na música.

ER

CÓDIGO DE CONDUTA

Ainda hoje, sobretudo na montanhosa região norte da Albânia, o código de conduta Kanun de Lek Dukagjini ainda é seguido. É transmitido oralmente há mais de 500 anos. Compõe-se de doze livros que regulamentavam a vida albanesa - da família e trabalho às questões de honra.
Assassinatos por vingança ainda são comuns.
O código estabelece três casos nos quais uma família tem o direito a se vingar: se um parente for assassinado, se a mulher de alguém for violentada ou se um amigo for assassinado na casa de alguém. A lei da vingança e aplica a todos os varões da família do homicida, mesmo que ainda usem fraldas.
As vinganças não podem ser realizadas no interior da casa do homicida. Segundo o Kanun, "a casado albanês pertence a Deus e ao hóspede.
Moral da história: Calcula-se que mais de 140 famílias trazem os seus homens dentro de casa. Se sairem, morrem.
Para aliviar a barra, existe também a figura do "mediador de sangue" (bajraktari). São especialistas, normalmente idosos, que se esforçam para induzir a família de um assassinado  a se reconciliar com a do assassino. Dá trabalho mas é possível.
Para que a reconciliação seja válida, é preciso realizar o "banquete de sangue", na casa do chefe de família do assassino, com a participação de mediadores, parentes e amigos.
O ritual exige que bajraktari pique o dedo médio dos dois chefes de família, lance um punhado de açúcar sobre as gotas de sangue e veja que os dois envolvidos bebam o sangue um do outro.
É um acontecimento raro, muito embora, conste do artigo 122 do Kanun, que conceder trégua é um dever digno dos homens fortes.
Em tempo, a Albânia não está situada no fim do mundo. Está pertinho da Itália e da Grécia. 

(Dados FSP)

ER

MOÇA BONITA

CHAPÉU NA MARTA

RODA VIVA

Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu...


A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega o destino prá lá ...


Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...


A gente vai contra a corrente
Até não poder resistir
Na volta do barco é que sente
O quanto deixou de cumprir


Faz tempo que a gente cultiva
A mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a roseira prá lá...


Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...


A roda da saia mulata
Não quer mais rodar não senhor
Não posso fazer serenata
A roda de samba acabou...


A gente toma a iniciativa
Viola na rua a cantar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a viola prá lá...


Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...


O samba, a viola, a roseira
Que um dia a fogueira queimou
Foi tudo ilusão passageira
Que a brisa primeira levou...

No peito a saudade cativa
Faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a saudade prá lá ...


Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...


Chico Buarque

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE


Fred Astaire, Gene Kelly e Judy Garland





ENQUANTO ISSO NA GRÉCIA...