quarta-feira, 26 de outubro de 2011

MINISTRO DO BRASIL

Deu no Cláudio Humberto:

Considerado um dos ministros mais inúteis da Esplanada dos Ministérios, e por isso com data marcada para ser demitido, Carlos Lupi (Trabalho) provocou grande constrangimento a presidenta Dilma, nesta quarta-feira, durante solenidade no Palácio do Planalto, ao beijar-lhe a mão de maneira pouco elegante, porque um cavalheiro não se curva tanto, e exageradamente subserviente. O gesto deixou constrangida também a ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil), que assistiu a cena e conhece como poucos a ojeriza de Dilma pelo ainda ministro do Trabalho. Ojeriza que a presidenta expôs em sua face, num misto de asco e impaciência diante da curvatura espinhal do ministro bajulador.

Cláudio Humberto

Blog: Deverá o próximo a ser demitido pela Folha, Veja ou Estadão. A Dilma confirmará, lamentará e solicitará que o partido indique outro. Como sempre.

ER

CANTINHO DA SALA

"Pinto as coisas como as imagino e não como as vejo"

O espanhol Pablo Picasso completaria ontem, 130 anos. Pintor, escultor, desenhista, ceramista e gravador, Picasso foi um dos artistas mais influentes do século passado e um dos grandes gênios da história da arte. O espanhol introduziu novos conceitos revolucionários que originaram o cubismo.
O artista malaguenho, autor com mais obras em museus de todo o mundo, teve uma longa e produtiva trajetória com 1.876 quadros, 1.355 esculturas, 7.089 desenhos, 25.388 gravuras, 2.880 cerâmicas e 149 cadernos.

Web

FRASE ABOBRINHA DO DIA

Talvez a melhor opção dirigir o Ministério dos Esportes seja mesmo o Ricardo Teixeira. É da área em todos os sentidos.

José Tipica 

CARA E CORAGEM

Trecho de carta escrita a Alfred Douglas, em 20 de maio de 1895, antes do segundo julgamento de Oscar Wilde - que explica por que não fugiu da Inglaterra.

"Conclui que seria mais nobre e bonito ficar. Não quis ser chamado de covarde ou desertor: nome falso, disfarce, vida de refugiado, nada disso é para mim."

Oscar Wilde 

CASCO CARO

Foi-se o tempo em que cachaça era bebida dos menos abastados. A partir de hoje, os consumidores poderão adquirir uma garrafa da tradicional marca Velho Barreiro por R$ 212 mil. A novidade é chamada de Velho Barreiro Diamond e carrega o título de cachaça mais cara do mundo.
A edição é limitada em 60 garrafas e conquistar um novo nicho de mercado: a classe A. (e põe A nisso).
O preço é alto não por conta do líquido, mas pela garrafa. Além de ter o vidro importado de Paris, logo abaixo do gargalo há uma peça de prata, coberta de ouro e cravejada com 211 diamantes.
A cachaça fica cinco anos no processo de envelhecimento em alambiques de jequitibá rosa e, depois, em carvalho.
Também há a possibilidade de comprar a Velha Barreiro Diamond sem o adorno de joalheria. Neste caso, destinado ao varejo, o preço da garrafa é de R$ 120.
Dois empresários brasileiros já reservaram as suas.

Blog: Dessa só quero o casco.

ER




PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Bob Dylan e Allen Ginsberg




BAR DA MARIA - 25 ANOS DE LUTA E SUCESSO

Maria Auxiliadora Guimarães da Gama, simplesmente Maria, nasceu na Barra, distrito de Maria da Fé. Trabalhando em São Paulo com o marido João, veio para Itajubá onde abriu o então pequeno Bar da Maria. Eram dois cômodos. O bar funcionava na frente e no fundo, em um reservado morava a família. João continuou trabalhando em São Paulo, vindo para a terrinha nos finais de semana. O bar começou com o nome de "Bar e Mercearia Três Irmãs". Com o tempo passou para "Bar da Maria".
Começou com o caldinho de mocotó até acertar a mão no famoso e inconfundível caldinho de feijão.
Hoje o cardápio é variado, a cerveja é gelada, o tratamento cordialíssimo, os preços justos e acessíveis e a clientela de primeira.
Do mesmo modo que levamos o nosso João para conhecer o Vadinho, a Sorveteria do Sr. Edgar, O Xandi, o Bar do Coró e o Robson, estivemos na ultima quinta-feira no Bar da Maria. Como sempre lotado. Pasteis de milho, pimentão com carne moída e dobradinha ao molho.
Somos gratos a Maria, a sua família e aos seus colaboradores.
O João tomou antecipadamente o barco, poucos meses atrás.

ER   

DEMOCRACIA E CONSTITUIÇÃO

Enviado pelo Walter Bianchi

Eis aí um texto para nossa reflexão.
25 de outubro Dia da Democracia. É difícil precisar o número de democracia existentes no mundo, hoje, pois não há uma linha clara entre ditaduras e democracias. Muitos países afirmam que têm eleições livres, mas só o partido do governo vence; portanto, se são democracias de um só partido, são governos maquiados de democracias. O regime da soberania popular ativa e o respeito integral aos direitos humanos são os fundamentos da democracia - direitos humanos não só de origem liberal, como os direitos individuais e as liberdades individuais, mas também direitos econômicos e direitos sociais. Essa nova definição de democracia rompe com aquela visão tradicional que limita a democracia à existência de direitos e liberdades individuais, além de eleições periódicas. De acordo com o artigo 3o da nossa Constituição Federal, são objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:
 I) construir uma sociedade livre, justa e solidária;
 II) garantir o desenvolvimento nacional;
 III) erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais; IV) promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras outras formas de discriminação.
Na democracia direta, os cidadãos decidem diretamente cada assunto por votação. Na democracia representativa, conhecida como República, os cidadãos elegem representantes em intervalos regulares, os quais depois votam os assuntos em favor dos primeiros. A democracia direta se tornou cada vez mais difícil e, por pura necessidade, se aproxima mais da democracia representativa, quando o número de cidadãos cresce. Hoje, em muitas democracias, o direito de voto é garantido sem discriminação de raça, grupo ético, classe ou sexo; por isso, é facultativo. No entanto, o direito de voto ainda não é universal e, às vezes, é obrigatório, para que a democracia seja mantida. O direito de voto, normalmente, é negado a prisioneiros. Alguns países também negam esse direito aos condenados por crimes graves, mesmo depois de libertados.
O preâmbulo da Constituição Federal brasileira, de 1988, reflete o ideal democrático do povo brasileiro:
Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA.
Tudo muito bonito e sugestivo, mas...
 Recebido via e-mail.

Enviado pelo Walter Bianchi

PEDE QUE A TITIA DÁ