sábado, 22 de outubro de 2011

SOB A LUZ DE VELAS



Nunca afie o seu bumerangue.

Mdig





 
 

ACOMPANHANDO DE LONGE

O lobista Nilton Antônio Monteiro foi preso quinta feira, em Belo Horizonte, acusado de fraudar documentos e assinaturas para tentar extorquir diversos políticos. Monteiro é apontado como um dos autores da chamada lista de Furnas, documento que relacionava 156 políticos de 12 partidos que teriam recebido recursos da empresa para a campanha eleitoral de 2002.
A Polícia Civil mineira também executou mandato de busca e apreensão em sua casa, onde apreendeu diversos documentos que seriam usados nas extorsões e dois computadores.
De acordo com a polícia, ele montava documentos de confissão de dívidas, com as assinaturas das vítimas, para cobrar os valores judicialmente. "Ele forjava os documentos, as assinaturas e depois entrava com processo para que a Justiça legalizasse a extorsão", afirmou o chefe do Departamento Estadual de Operações Especiais (Deoesp) da Polícia Civil mineira, delegado Márcio Simões Nabak.
A maioria dos processos era referente a dívidas milionárias que ele cobrava por "consultoria" prestada aos políticos e empresários.
Outros documentos semelhantes foram usados para cobrar "dívidas" de alvos como o secretário de Estado de Governo de Minas, Danilo de Castro, no valor de R$ 17,8 milhões; o ex-ministro e atual presidente do diretório mineiro do PSB, Walfrido dos Mares Guia, (R$ 50 mil); o ex-governador e atual deputado federal Eduardo Azeredo, (R$ 650 mil); o ex-secretário de Governo de Minas, Cláudio Mourão, (R$ 1,1 milhão), tesoureiro de campanha de Azeredo; o ex-deputado federal e proprietário do jornal O Tempo Vittorio Medioli (R$ 195 milhões), além de veículos de comunicação e empresários.
De acordo com Nabak, todas as vítimas negaram conhecer Monteiro e afirmaram que nunca tiveram qualquer tipo de negócio com o lobista - apesar dele ter trabalhado em campanhas eleitorais do PSDB mineiro. Segundo o delegado, os documentos de confissão de dívidas foram fraudados possivelmente com a ajuda ou conivência de cartórios de Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Espírito Santo.
Mas o imbróglio envolvendo Nilton Monteiro é ainda maior. Ele é testemunha do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, acusado de ser o operador do chamado mensalão.

Estadão

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Adolf Hitler


PÂNICO NA ESPLANADA

NEM EU


A arte das artes, realização irretocável, objeto perfeito em sua forma, cor, textura e utilidade - o ovo. A galinha é a maior artista de todos os tempos. E, generosa, como não se não lhe  custasse o menor esforço, oferece o resultado de sua arte todo o dia, a um preço vil. Fosse eu galinha, não poria um ovo por menos de 10 mil dólares.

Millôr

NA PRATICA A TEORIA É OUTRA

O PCdoB guia-se pela teoria científica de Marx, Engels e Lênin, e desenvolvida por outros revolucionários." Isso já diz tudo sobre esse regime que não funcionou e nem vai funcionar nunca. Teoria-científica onde o fator de maior peso é o ser humano está fadada a ficar só na teoria. E como tal ( teoria ) é realmente uma maravilha. Até intelectuais como Chico Buarque, Oscar Niemeyr defendem a ideia-teoria. Mas, a prática ( dividir o que eles merecidamente conquistaram ) nem pensar . Se fosse a melhor coisa do mundo a Rússia, os países do leste europeu e a nossa maravilhosa Cuba estariam numa situação melhor. Querer defender o comunismo, socialismo etc acusando o capitalismo também não me parece ser sensato. Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. O capitalismo nos moldes que temos hoje no mundo também não é a solução para todos os problemas, pelo contrário traz consigo muitos outros. Mas, é esse sistema que nos proporciona esse papo virtual. O que seria de nós se o regime comunista tivesse vencido ? Quando estive na Rússia fiz aquela pergunta que eu penso ser a dúvida de todas as pessoas do ocidente : O que é melhor ? O regime soviético ou esse da glanost ( transparência )- perestroika ( reconstrução ? Resposta : hoje eles têm que lutar muito mais para sobreviver, mas existem muito mais oportunidades. Quem tiver vontade de trabalhar e lutar consegue muito mais do que um apto. de 60 m2 para se abrigar do frio, 4 kgs. de batata e outros de pão por semana. Perderam sim com a educação e com a saúde. As grandes universidades soviéticas não mais existem. Hospitais Públicos são iguais os nossos. Os planos de saúde já dominam por lá também. Enfim, o melhor regime ou partido não está somente nas palavras que o define.
No regime capitalista-tupiniquim-militar eu saí de Itajubá com uma mão na frente e a outra na testa procurando um emprego, logo que me formei. Trabalhei muitos anos numa multinacional " imperialista " onde lutei ( era para isso que eu recebia ) e tive todas as oportunidades para crescer. Cheguei no limite que é aquele que vc.postou outro dia - sobre os homens de negócio. Aí já não é mais somente o conhecimento que tem valor e peso. Mas, isso é só um detalhe. Esse assunto vai longe. Podemos continuá-lo tomando um vinho aí, porque com certeza vai horas...

Humberto.