segunda-feira, 26 de setembro de 2011

SOB A LUZ DE VELAS


Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação.

Habacuque 3:17 e 18

MANUSCRITOS DO MAR MORTO NA INTERNET

Verso 4, capítulo 2 del rollo del 'Libro de Isaías'- ISRAEL MUSEUM, JERUSALEM
Os primos Jum'a e Mohammed ed-Dhib, dois pastores beduínos, tinham muito frio naquele Vale do deserto da Judeia naquele dia de 1947, quando decidiram fazer uma fogueira com parte dos pergaminhos que haviam encontrado em uma caverna.
O que não foi queimado (e que foi descoberto em outras 11 cavernas até 1956) constitui hoje um dos maiores tesouros da  arqueologia bíblica: Os Manuscritos do Mar Morto, que datam do século III ao século I a. C. são os manuscritos bíblicos mais antigos conhecidos. Cinco deles foram digitalizados pelo Google em colaboração com o Museu de Israel, e estão acessíveis.
O chamado Projeto digital dos Manuscritos do Mar Morto permite que os usuários consultem e explorem esses documentos com um nível de detalhe que até o momento não havia sido possível alcançar.
Constam de imagens de alta resolução, informações históricas e curtos vídeos explicativos sobre os textos e suas procedências.
Os Manuscritos do Mar Morto oferecem um panorama crítico da sociedade judia na terra de Israel durante o período do segundo Templo, da época do nascimento do cristianismo e do judaísmo rabínico. 
Os documentos digitalizados são:

- O  Manuscrito do Livro de Isaías, que forma parte do Livro de Isaías e que data aproximadamente de 125 a. C., sendo o único livro bíblico completo de antiguidade.

- O Manuscrito da Guerra data do final do I a. C. ao principio do século I da nossa era e descreve um enfrentamento entre os "Filhos da Luz" e os "Filhos da Escuridão", que durou quarenta e nove anos e terminou com a vitória dos "Filhos da Luz" e a restauração das práticas no Templo.
- O  Manuscrito do Templo, de princípios do século I de nosso era,  afirma que proporciona instruções detalhadas de Deus para a construção e funcionamento do Templo em Jerusalém. Escrito sobre pele de animal, o Manuscrito do Templo é o pergaminho mais delgado dos Manuscritos do Mar Morto encontrados.

- O Manuscrito das Normas da Comunidade lança luz sobre o modo de vida da Comunidade e trata de temas como a admissão de novos membros, as orações,os rituais de purificação e das doutrinas teológicas.

- O  Manuscrito do Comentário de Habacuc interpreta os primeiros capítulos do livro do profeta Habacuc, em um estilo original, que o converte em uma fonte chave do conhecimento da vida espiritual da comunidade de Qumrán e mostra a percepção que essa comunidade tinha de si mesma.

El País



DICA DE CINEMA

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

El Comandante Castro

SALVE-SE QUEM PUDER

O meros mortais não estão atentando para o fato, mas um "salve-se quem puder" anda acontecendo nos bastidores da política itajubense.
Na próxima semana, mais precisamente na sexta-feira, dia 7 todos os pretendentes aos cargos de prefeito, vice e vereadores (eleições 2012) têm que estar devidamente filiados em um partido legalizado.
Para prefeito e vice as coisas caminham tranquilas, o que não acontece com os heróicos candidatos ao nosso legislativo.
Puxadas de tapepe em alto nível. Quem pensa que está bem, está lascado. Quem está na bacia das almas, poderá ficar bem situado.
Muitos (e importantes) não sabem para onde correr. Se ficarem, o bicho pode comer e se correrem o bicho pode pegar.
É um tal de buscar padrinho forte como nunca se viu.
Os candidatos "a padrinho" mais procurados são os deputados.
Tanto faz. Pode ser estadual ou federal. O importante no momento é receber aquela forcinha, garantir a legenda e uma vaguinha para competir com chances em 2012.
Se as coisas não se acalmarem, até a própria câmara virará de cabeça para baixo.
Sobre o assunto, o povo consultado só quer distância (e muita distância).

ER

O TEMPO PASSA, O TEMPO VOA

CHARRETE BRASILEIRA

O Brasil é o 163º em um ranking da média da velocidade da internet publicado pela Pando Networks. A velocidade média da conexão no Brasil é de 105 KBps (quilobytes por segundo), o que o coloca atrás de países como Níger, Haiti, Etiópia, Angola, Paquistão e Papua-Nova Guiné.
A cidade de Itapema, em Santa Catarina, tem a segunda conexão média mais lenta entre todas as cidades do mundo avaliadas: 61 KBps. Algiers, na Argélia, é a cidade com conexão mais lenta no mundo (56 KBps).
A Coreia do Sul é o país com conexão média mais rápida: 2,2 MBps. A Romênia ficou em segundo lugar, com 1,9 MBps. Três outros países do leste europeu vêm na sequência: Bulgária (1,6 MBps), Lituânia (1,5 MBps) e Letônia (1,4 MBps).
A lista, no entanto, não é composta apenas por países. O 49º lugar, por exemplo, é denominado "Anonymous Proxy", e o 137º, "Satellite Provider" - referem-se, provavelmente, a conexões realizadas por meio de proxy e provedor via satélite cujo país de origem não pôde ser identificado.
A média mundial de velocidade de conexão à internet, de acordo com o estudo, é de 508 KBps. Nos Estados Unidos, a média é de 616 KBps. Na China, de 245 KBps.
O estudo se baseou em 27 milhões de downloads feitos a partir de 20 milhões de computadores no mundo.

O Tempo

PROMETEU E CUMPRIU

- Cumpadre, que fique claro, o prefeito quando candidato não disse que iria dar um jeito no trânsito da terrinha.
Ele prometeu contratar uma empresa especializada para estudar e apresentar solução para o problema. E isso foi feito.
A empresa estudou, elaborou e apresentou um minucioso relatório e recebeu os seus merecidos R$ 150 mil.

- Mas e daí ?

- Foi lido para a sociedade (o zelador estava presente) e guardado com muito cuidado em bem protegido armário de aço. O compromisso foi fazer o estudo. Foi cumprido. Esse negócio de colocar o trabalho em prática é pura invencionice. Na campanha do próximo ano, com certeza, assumirá o compromisso de aplicar pelo menos 50% do recomendado pelo relatório.

- Mas não será preciso atualizá-lo :

- Claro, em 2013 a mesma empresa, talvez outros R$ 150 mil, coloque tudo numa roupagem nova.

- Ah...bom.

ER 


 

FADO IN RIO