sábado, 17 de setembro de 2011

MUDANDO A MARÉ

PRIMEIRAS VAIAS SÃO OUVIDAS

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu ontem em defesa do seu pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, ministro Fernando Haddad (Educação), que foi vaiado em cerimônia no ABC paulista.

Foi a segunda vez nesta semana que Haddad foi hostilizado em evento público. Na quarta-feira, ele foi recebido com vaias em um evento na USP. Lula, que também foi alvo ontem das vaias de estudantes ligados ao PSOL e ao PSTU, participou ao lado de Haddad de comemoração dos cinco anos da Universidade Federal do ABC, em Santo André.

O ex-presidente chegou a perder a paciência com os estudantes. "Gritar é bom, mas ter responsabilidade é muito melhor", afirmou Lula, em cima de um palco em uma tenda no câmpus, onde havia para uma plateia de cerca de 500 pessoas.

Os estudantes protestavam pelo investimento de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) em educação. "Haddad, eu não me engano, 7% é proposta de tucano", gritavam para o ministro, que respondeu: "Infelizmente, a direita conservadora conta com o apoio da esquerda conservadora para evitar o progresso do nosso País".

Lula discursou minutos depois de Haddad e defendeu o ministro, nomeado por ele para a pasta da Educação em 2006. "Eu duvido que na história deste País um ministro da Educação tenha se dedicado 10% do que esse rapaz se dedicou", disse.

Estadão




SUPERDOSE NO SÁBADO



O mais famoso strip tease da história do cinema ocorreu em 1946 (o zelador ainda não tinha nascido). Foi feito pela Rita Hayworth no filme "Gilda". Segundo os críticos, uma das coisas mais agressivamente, poderosamente belas que o cinema já mostrou.
Curiosidade: A famosa foto de Rita no vestido negro sensualíssimo (criado por Jean Louis, o Versacci da época), segurando o cigarro acesso com a mão direita , um dos maiores ícones do cinema americano, capa do site sobre o glamour do cigarro nos filmes, capa de uma edição brasileira do Dicionário de Filmes de Georges Sadoul, é na verdade uma foto posada para a publicidade do filme. A imagem não está de fato no filme.
Já quando ela canta a mesma música na famosa cena do cassino cheio, usando o tal vestido negro de Jean Louis, fazendo o que é tido, com toda razão, como o striptease mais sensual do cinema (e olha que ela tira a luva direita, apenas), a voz que ouve é da cantora Anita Ellis.

Mágico !

ER

SURTARAM OU TERIAM BEBIDO ?

Ainda não foram capturados e internados quatro vereadores da cidade de Pompéu (na região central do Estado) que demonstraram evidentes distúrbios de comportamento. 
Aparentemente descontrolados eles apresentaram projeto de lei que prevê a redução dos próprios salários dos atuais R$ 4.000 para R$ 700 ( a média dos vencimentos dos servidores públicos da cidade). Querem também aumentar o número de 9 para 10 vereadores. 
Segundo um dos autores da proposta, vereador Experidião Porto (PV), o projeto segue o que determina a legislação - que possibilita o aumento do número de vereadores nas cidades - mas mantém inalterada a verba destinada às câmaras. "Mesmo com o aumento do número de vereadores, a folha de pagamento terá uma redução drástica. Hoje, a folha de pagamento dos nove vereadores consome cerca de R$ 50.000 por mês. Com o projeto, os 11 vereadores passarão a consumir R$ 10.000 por mês, ou seja, um quinto do que se consome hoje", afirmou Experidião.
Quase certeza que serão acalmados pelos seus zelosos companheiros de Câmara e a perda de controle momentânea será controlada.
De qualquer modo, alguns exorcistas da região foram contratados e estão de prontidão para uma intervenção mais drástica, caso se faça necessário.
O aspecto surpreendente da questão, foi o apoio integral da população para com o tresloucado gesto dos edis.
A crise será controlada.

Enquanto isso na terrinha, tudo avança tranquilo sem nenhuma ameaça similar.

ER





ESQUEÇAM O QUE PROMETI !

Exemplo prático da metamorfose (tão falada nos últimos dias) que atinge os políticos e principalmente os petistas no poder.

Afirmou a então candidata Dilma Rousseff no dia 26/09/2010 em plena campanha:
"Eu quero acabar com o analfabetismo e quero medidas práticas e concretas e não pura e simplesmente que a gente discurse contra ele. Quero de fato, tenho compromisso de acabar com ele." 

Com quase 14 milhões de brasileiros sem saber ler nem escrever um bilhete simples, a presidente Dilma Rousseff e seus assessores, devem ter chegado a conclusão que mantê-los nessa triste condição seria estrategicamente melhor, uma vez que deixou de lado o compromisso assumido de erradicar o analfabetismo no País.

O objetivo não aparece no Brasil Maior, o plano plurianual com as metas detalhadas do governo até 2015, recentemente enviado pelo governo ao Congresso.

Onze meses após a presidente ter assumido o compromisso em um debate na televisão, a erradicação do analfabetismo saiu de cena. Em seu lugar, o governo se compromete agora a "reduzir a taxa de analfabetismo, especialmente entre as mulheres, a população do campo e afrodescendentes".

O ministro da Educação, Fernando Haddad, diz que o compromisso do governo, fixado no Plano Nacional de Educação (PNE), é erradicar o analfabetismo até 2020.  Ao jornal "O Estado de São Paulo", ele alegou que não se lembrava de ter ouvido Dilma assumir compromisso com o fim do problema, que ainda atinge quase 10% da população de jovens e adultos no País.

Cobranças como esta é que levam o PT a sonhar com a volta da censura, mascarada com o sutil (como um elefante dançando valsa) nome de "regulamentação da mídia".

ER ( a partir do Estadão)













AGORA, SOB NOVA DIREÇÃO

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE


Groucho Marx e Alice Cooper







ADEUS PLAZA DE TOROS

O pintor Miquel Barceló produziu o histórico cartaz da corrida de touros do dia 25 de setembro em Barcelona.
Se o tempo ou os tribunais não impedirem, será a última corrida que acontece em uma praça de touros na Catalunha.
A obra do pintor será fixada em locais públicos de Barcelona porém não estará à venda. (é costume na Espanha, exemplares dos cartazes das corridas serem vendidos após o seu encerramento - o zelador adquiriu um deles certa vez na Plaza de Toros de Madrid)
Os seis touros da criação El Pilar serão enfrentados por Juan Mora, José Tomás e pelo catalão Serafín Marín.
O cartaz que começará a ser fixado amanhã pelas paredes da cidade, fazem parte das festas patronais de La Merce(sábado e domingo).
Se no domingo a grande expectativa é para com José Tomás, uma vez que ele tem tido grandes atuações em Barcelona, no sábado as atenções estarão reservadas para El Juli, Manzanares e Morante de la Puebla.
Barcelona tem sido uma das praças preferidas do toureiro madrilenho. Em 2008 José Tomás saiu carregado nos ombros pelos expectadores por haver poupado da morte o quinto touro da tarde e que levava o nome de Idílico.
O toureiro doou seu cachê a uma sociedade de benemerência que ajuda a ex-toureiros em dificuldades econômicas.

El País

PRESIDÊNCIA