segunda-feira, 6 de junho de 2011

SOB A LUZ DE VELAS


A palavra foi dada ao homem para disfarçar o próprio pensamento.

Charles Talleyrand-Périgord

FRASE ABOBRINHA DO DIA


“Na primeira vez que falei com Dilma, ela me roubou o coração, foi em Caracas, ela era ministra de Minas e Energia”.

Hugo Chavez

Blog: Se a Dilma fosse realmente mineira, teria respondido: Vórrrta Siô ! 

ER

JANTARES INTELIGENTES

Do Luiz Felipe Pondé - Folha

Você foi a um jantar inteligente? Jantares inteligentes são frequentados por psicanalistas, artistas plásticos, músicos, atores, jornalistas, publicitários (com a condição de falar mal da publicidade), médicos (esses porque, como é sempre chique ser médico, não se dispensa médicos nunca), produtores, "videomakers", antropólogos, sociólogos, historiadores, filósofos.
Blog: Na terrinha, praticamente, não teríamos frequentadores, exceto, os médicos.

Administrador de empresa não pega bem (a menos que tenha um negócio sustentável). Engenheiros, coitados, só vão se forem casados com psicanalistas que traduzem pra eles esse mundo de gente inteligente. Advogados podem ir porque é sempre necessário um cínico inteligente em qualquer lugar. Pedagogas, só se casadas com esses advogados e por isso talvez consigam bancar amizades chiques assim.
Ricos são sempre bem-vindos apesar de gente inteligente fingir que não gosta de dinheiro. Pobre só se for na cozinha, mas são super bem tratados. Claro, tem que ter um amigo gay feliz.
Detalhe: é essencial achar todo mundo "ridículo" porque isso faz você se sentir mais inteligente, claro.
Quanto à religião, católica nem pensar. Evangélicos, um horror. Espírita? Coisa de classe média baixa. Budista, cai muito bem. Judaica? Uma mãe judia deixa qualquer um chique de matar de inveja. Judaísmo não é religião, é grife.
Mas o que me encanta mesmo são as "atitudes" que se deve ter para se frequentar jantares inteligentes assim. Claro, não se aceita qualquer um num jantar no qual papo cabeça é o antepasto.
Quer saber a lista de preconceitos que pessoas inteligentes têm? Qualquer um desses "gestos" abaixo você pode ter, que pega bem com comida vietnamita ou peruana.

1) A Igreja Católica é um horror e o papa Bento 16 é atrasadíssimo. Claro que não vale ter lido de fato nada do que ele escreveu;

2) Matar Osama bin Laden sem julgamento foi um ato de violência porque terroristas são pessoas boazinhas que querem negociar a paz em meio a criancinhas;

3) Ter ciúmes é coisa de gente mal resolvida;

4) Se algum dia um gay lhe cantar e você se sentir mal com isso, você precisa rever seus conceitos porque gente inteligente nunca tem mal-estar com coisas assim;

5) Se seu filho for mal na escola, minta. Se alguém descobrir, ponha a culpa na professora, que é mal preparada pra lidar com crianças como seus filhos, que se preocupam com as baleias já aos 11 anos e discutem a África no Twitter;

6) Caso leve seus filhos à Disney, não conte a ninguém, pelo amor de Deus!;

7) Acima de tudo, abomine os Estados Unidos, ache Obama ótimo e vá à Nova York porque Nova York "não são os Estados Unidos";

8) Não seja muito simpático com ninguém porque gente simpática é gente carente e gente assim procura "eye contact" em festas. Um conselho: olhe sempre para um ponto no horizonte. Assim, se alguém falar com você, ela é que é carente;

9) Ache uma situação para dizer que você conhece uma cidadezinha no sul da Itália e lá ficou hospedado na casa de uma amiga brasileira casada com um italiano que defende o direito dos imigrantes africanos e odeia Silvio Berlusconi;

10) O ideal seria se você tivesse passaporte italiano também;

11) Se alguém falar pra você que não dá para pagar direitos sociais e médicos para imigrantes ilegais na Europa, considere essa pessoa um "reacionário de direita", mesmo que você não aceite sustentar alguém que não seja você mesmo e sua família (no caso da família nem sempre, claro);

12) No conflito israelo-palestino, não tenha dúvida, seja contra Israel, mesmo que morra de medo de ir lá e não tenha lido uma linha sequer sobre a história do conflito;

13) Se você se sentir mal com a legalização do aborto, minta;

14) Deixe transparecer que só os outros transam pouco;

15) Seja ateu, mas blasé.

Luiz Felipe Pondé



CANTINHO DA SALA


Uma menina de quatro anos de idade se tornou a artista profissional mais jovem a assinar uma exposição na galeria Agora, em Nova York.
Aelita Andre é autora de nove quadros que, segundo os organizadores, já estão sendo vendidos a preços que alcançam US$ 9,9 mil.
Filha de pais artistas, a menina desenvolveu desde cedo a veia criativa. A diretora da galeria, Angela di Bello, diz que a artista é "consistente" e "desenvolveu um estilo próprio".
Aelita Andre tem nove quadros em exposição individual (Foto: Reuters)
"As pinturas dela têm equilíbrio", diz. "Acho que é expressionismo abstrato, mas também surrealista, pela forma como ela insere objetos nos seus trabalhados."
O pai da menina, Michael André, diz que a filha vê a arte de forma "inocente", sem a influência e a intimidação dos movimentos artísticos.
Para a menina, a motivação artística é que pintar a faz se sentir "especial".

(Deu na BBC)



BRASIL SEM MISÉRIA

Gazeta do Povo

PURA CANA

Dados interessantes:

Cada tonelada de cana rende cerca de 120 kg de açúcar.

Cada tonelada de cana rende 85 litros de etanol.

De cada tonelada de cana processada, sobram 250 kg de bagaço.

O bagaço é levado em esteiras para caldeiras de alta pressão. O vapor gerado pela queima movimenta turbinas. As usinas produzem mais energia que o necessário para o seu próprio consumo e vendem o excedente para o sistema elétrico nacional.

Do total de 400 usinas de cana-de-açúcar existentes no Brasil, 15% exportam a eletricidade excedente para o sistema elétrico nacional.

(Fonte: União da Indústria de Cana-de-Açúcar)

AINDA SOBRE O AÉCIO

De um Amigo Itajubense,

Parece piada, mas é sério. Ao mesmo tempo em que tenta blindar Antonio Palocci de todas as formas e evitar que haja uma investigação sobre o enriquecimento ilícito do chefe da Casa Civil, o PT (com apoio do PMDB mineiro) ingressa na Procuradoria-Geral da República com pedido para que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) seja investigado por supostas sonegação fiscal e ocultação de patrimônio.
A representação é de um primarismo constrangedor. Ao invés de utilizar dados concretos para embasar a denúncia, o PT simplesmente anexou cópias da declaração de bens de Aécio, documentos sobre empresas de sua família e reproduções de multas de trânsito. Acusa o senador tucano de ter “hábitos caros e pouco comuns à maioria esmagadora da população”. Alega que Aécio leva uma vida “nababesca”, frequenta restaurantes de primeira linha, festas com celebridades e viaja em jatinhos, o que seria “incompatível com seus rendimentos”
O mais curioso é que, segundo o deputado Rogério Correia, líder do bloco PT-PMDB-PCdoB na Assembléia mineira, o caso é “mais grave” que o de Palocci, pois Aécio Neves “era governador quando enriqueceu.
O PT não sabe, mas está dando um tiro pé. A acusação não vai dar em nada e vai abrir a oportunidade de Aécio mostrar que é muito diferente de Palocci, porque já nasceu rico, filho do deputado federal Aécio Cunha, um dos maiores fazendeiros da região de Teófilo Otoni. Sua mãe, Inês Maria Neves de Faria, é filha de Tancredo Neves, que também era rico, mas dizia que político tinha de parecer pobre, por isso se comportava tão discretamente.
Depois que se separou de Aécio Cunha, Inês Maria se casou com o empresário mineiro Gilberto Faria, dono do Banco Real. Faria morreu em 2008, deixando a viúva ainda mais rica. Inclusive o jatinho que serve a Aécio é de propriedade da mãe, que o herdou. O prefixo do avião leva as letras GAF, que são as iniciais do antigo dono: Gilberto de Andrade Faria.
Se Palocci tivesse conhecido Tancredo, Palocci jamais compraria o apartamento de R$ 6,6 milhões, que tem aquecimento até no piso. Teria ficado na moita, enchendo as burras de dinheiro às custas dos outros burros, os contribuintes brasileiros, que no final sempre pagam as contas desonestas dos políticos.

Amigo Itajubense

DIA DO ELOGIO

Ditatorialmente, fica estabelecido que hoje, dia 6 de junho, será comemorado o dia itajubense do elogio. Nenhum comentário, exceto aqueles encaminhando alguma forma de elogio, será publicado no "viver é perigoso". (os normais serão publicados amanhã).
Não existirá censura, podendo serem elogiados inclusives políticos, jornalistas, blogueiros, professores e médicos.
Liberou geral.
Não venham com elogios exagerador.
O Caçador do Impossível está autorizado a encaminhar elogios aos seus amigos petistas. 

Zelador

ATENÇÃO ANONYMOUS !

Do Hélio Schwartsman - Folha

Partes do cérebro sentem prazer quando recebemos elogios, mesmo se forem falsos

A cada instante nasce um otário - e nós já somamos quase 7 bilhões de pacóvios. Apesar da propaganda dos moralistas, mentir é um bom negócio e é por isso que golpes prosperam mundo afora.

O problema, como mostra o psicólogo especializado em mentiras Robert Feldman, é que o golpista já começa o jogo com enorme vantagem.

Nossos cérebros trazem uma série de vieses que operam em favor de esquemas como o da premiação. O mais simples é o viés de verdade.

O padrão é aceitar como verdadeiras todas as declarações que nos chegam à cachola. Na maioria das vezes, elas são mesmo (ou a linguagem não teria se desenvolvido), e o custo de duvidar de tudo seria demasiado alto.

Outro mecanismo valioso para vigaristas é o autoengano. Ele faz com que o cérebro, para pacificar contradições, reelabore a questão.

Quando venço no pôquer, convenço-me de que sou um jogador exímio; quando perco, tive azar. Construímos uma autoimagem positiva.

No fundo, todo mundo quer acreditar nos falsos cumprimentos que recebe.

Na verdade, partes mais primitivas do cérebro acreditam, e isso produz reações químicas que geram prazer. Até o mais desafinado se sente bem se elogiado por seu hipócrita professor de música.

Se o sujeito é um pouquinho mais vaidoso, como às vezes é o caso de médicos, envolvê-lo no jogo por um elogio é tão fácil como roubar doce de criança. Ainda que os centros do cérebro acionem o sinal de alarme, este será abafado pela lisonja.

Acrescente um cenário convincente e elasticidade nas fronteiras semânticas entre "comprar um prêmio" e "adquirir convites para o jantar" e o jogo está ganho.

Frequentemente, somos cúmplices voluntários da mentira que nos contam.

Hélio Schwartsman



ANONYMOUS

Vira e mexe a presença dos Anônimos comentaristas é questionada. Com toda e absoluta certeza por aqueles que de certa forma se sentiram desconfortáveis com algum comentário.
Contamos nos dedos os comentaristas que normalmente se identificam. O próprio zelador, Dr. Aldo, Bah, Humberto, Walter Bianchi, Alaor, Roberto Lamoglia, Renato Nunes, Celinha (quando participava), corajosamente o Rafael, João Heleno, Júnior, Virgílio e outros que me escapam no momento. Em compensação, temos mais de 50 anônimos participando do dia a dia.
Alguns, diga-se de passagem, com comentários brilhantes.
É óbvio que o mais criticado sempre é o coitado do zelador, que no início ficava "puto da vida" e queria por que queria, tirar satisfações com o comentarista anônimo.
Hoje nem tanto. Foram calçadas as famosas sandálias da humildade e aperfeiçoada a capacidade de absorção de golpes.
Numa cidade do porte da nossa, com quase todos se conhecendo fica difícil e incômodo apresentar um posicionamento contrário a alguém ou a uma entidade ou organização onde esteja presente um parente ou um amigo.
O itajubense, como todos os brasileiros, é um homem cordial e, com todo o respeito, até um pouco covardinho. Por educação e até mesmo acanhamento, prefere não manifestar a sua opinião clara sobre determinados assuntos.
Para os magoados, um conselho: Não será devido a não publicação, que pensamentos contrários deixarão de existir.
Mas que seria gostoso (e chato) ouvir e ler somente elógios, não tenham dúvidas.
Às vezes o zelador deixa escapar algum comentário mais ácido e aí erra. Talvez o seu lombo já cascudo e indolor, não sinta o mesmo incômodo que um cristão novo.
Agora, para votar e repetir besteira em cima de besteira, o anonimato está garantido e preservado por lei.
Vamos pensar.

ER 

MUITO PRÓPRIO PARA O MOMENTO E SEMPRE



IMPOSSIBLE DREAM (Com Andy Williams)

O Sonho Impossível


Sonhar o sonho impossível
Combater o inimigo imbatível
Suportar uma dor insuportável
Ir aonde os corajosos não se atrevem ir


Corrigir o erro incorrigível
Ser muito melhor do que se é
Tentar com os braços exaustos
Alcançar a estrela inalcançável


Esta é minha busca, seguir aquela estrela
Não importa quão sem esperança
Não importa quão distante
Lutar pelos direitos
Sem perguntar ou descansar
Estar disposto a marchar para o inferno
Por uma causa divina


Sei que somente sendo sincero
Nesta gloriosa busca
Que meu coração ficará em paz e calmo
Quando eu me deitar no descanso final


E o mundo seria melhor por isto
Que um homem desprezado e coberto de cicatrizes
Ainda luta com o que resta de sua coragem
Para alcançar a estrela inalcançável
 
The Impossible Dream - (Joe Darion/Mitch Leigh) - é uma canção que foi composta em 1965 e fez parte do musical da Broadway Man of La Mancha, baseado em Dom Quixote de Miguel Cervantes.
 
ER

DIFERENÇA ENTRE CALOTE E REESTRUTURAÇÃO

Erlich - El País

FRASE DO DIA

A reforma política já chegou. Lula criou o bipresidencialismo, dois presidentes em lugar de um só.

João Ubaldo Ribeiro

RECADO PARA O MENINO QUE ESTÁ LONGE

E aí meu ? Já chegaram ?

Meu filho, ouça bem o seu pai:
se sair à rua, leve o guarda-chuva, mas não leve dinheiro.
Se levar, não entre em lugar nenhum.
Se entrar, não faça despesas.
Se fizer, não puxe a carteira.
Se puxar, não pague.
Se pagar, pague somente a sua.

(Do Fernando Sabino)

ER