sexta-feira, 3 de junho de 2011

COINCIDÊNCIA DE 1 BILHÃO DE REAIS

Augusto Nunes - Veja

Depois de baixar em Brasília para piorar a crise protagonizada por Antonio Palocci, Lula resolveu aproveitar a vida no exterior. Na segunda-feira, fez uma palestra no Panamá para executivos da Odebrecht. Na terça, repetiu o numerito nas Bahamas para convidados do bilionário mexicano Carlos Slim. Na quarta, a bordo de um avião cedido por Slim, apareceu em Cuba para a escala de um dia e meio, com todas as despesas pagas pela Odebrecht. Vistoriou ao lado do ditador Raúl Castro as obras do porto de Mariel, construído pela Odebrecht ao preço de 200 milhões de dólares bancados pelo BNDES, e foi beijar a mão de Fidel escoltado por José Dirceu, Franklin Martins e Paulo Okamoto.
Na quinta, Lula levou a trinca para engrossar a plateia da palestra, paga pela Odebrecht, que faria na Venezuela. Foi recepcionado em Caracas por Emilio Odebrecht, presidente do Conselho Administrativo da construtora, e Marcelo Odebrecht, diretor-presidente. Não sobrou lugar para a imprensa no local do evento, reservado a empresários, investidores e diplomatas convidados pela Odebrecht.
Com mais de um ano de atraso, o presidentte Hugo Chávez ordenou, na véspera da chegada de Lula, o pagamento dos R$ 996 milhões que o governo venezuelano devia à Odebrecht, premiada com a construção do metrô de Caracas e da terceira ponte sobre o Rio Orinoco. Quase 1 bilhão de reais, parcialmente financiados pelo BNDES. Os diretores da Odebrecht garantem que foi só uma agradabilíssima coincidência. Em todo caso, no encontro com o amigo Chávez, Lula agradeceu a gentileza. Em seu nome e em nome da Odebrecht.

Augusto Nunes - Veja

Blog: As coisas estão muito repetitivas. Estamos pensando em transformar o "viver é perigoso" em um recanto para postagem de poesias, músicas suaves e textos filosóficos sobre o amanhã. Aceitamos sugestões.

ER

IRONIA FINA

Depois é o "Viver é Perigoso" que é pessimista, irônico, profeta do apocalípse, ranheta, ranzinza e por aí afora.
Ouvi hoje no noticiário da Jovem FM, o apresentador nos colocar todos no bolso, com uma tirada de mestre:
Disse ele ( mais ou menos assim): opções culturais para o final de semana:
Para quem não gosta dos sertanejos que se apresentarão na Exposição, teremos a peça " O Analista de Bagé" na Sala Albert Sabin, da Faculdade de Medicina.
Para quem gosta de cinema teremos:
No Centerplex de São Lourenço, está em cartaz o filme (não me lembro o nome) e no Cine Pouso Alegre, o filme (não atentei para o título).
Querem mais ?
Por curiosidade olhei na internet e observei que além das opções citadas pelo bom apresentador (posteriormente embatucou o Vereador Joel com interessantes questionamentos), temos salas com boas atrações em Caxambu, Cambuí, Machado, Varginha e Poços de Caldas, que esnoba com 2 cinemas, sendo um deles com 4 salas de exibição).
Não podemos ser totalmente pessimistas:
Pipoca já temos em frente ao banco ex- Real. O que é meio caminho andado.

ER  

ANONYMOUS - PAGADOR DE IMPOSTOS

Comentário do Pagador de Impostos

O que esperar de uma Prefeitura acéfala, desprovida de dominio, de destrezas, de sensiblidade, de conteúdo, de noção, de força politica, a não ser as benesses que o cargo e a máquina pública(coisa de momento) lhe oferece, de palavra, de equilibrio nas próprias pernas, de identidade. Secretários que já se foram, os atuais, os Vereadores, o povo(os que votaram nele) e nós que assistimos a isto também temos nossa parcela de culpa. Infelizmente. Esperar avanços ou conquistas neste cenário é quase impossível. As movimentações partidárias deveriam se ater a tão somente recuperar Itajubá, é de baixo para cima. A unidade destes grupos em prol da cidade e o crescimento em curto prazo é o que deve ser priorizado pelos lideres dos partidos itajubenses(temos possibilidades de trabalhar nas 2 esferas - Estadual e Federal - Paradoxo não é ?) que querem mudar algo nesta cidade e deixar para que a população e a história se encarreguem de excluir esta atual administração, só comparada a de um Prefeito que deixou a Prefeitura e a cidade quebrada, além de seus funcionários sem salários. Peço ajuda ao Zelador e quem quiser que liste avanços econômicos, estruturais e sociais nos Projetos das atuais Secretarias subordinadas ao Prefeito atual. Também vale para os "nobres edis" da Camara Municipal. Não vale festas e envio de dinheiro para entidades, hospitais, asfalto também não pois as ruas de itajubá não poderiam ser de bloquetes, moções, considerações e aplausos também não. Se me apresentarem algo convincente, retiro meu posicionamento critico e darei sossego ao Zelador e aos demais leitores e participantes. Ah !! Aos que pensarem que é fácil criticar, respondo que quem assume responsabilidades e cargos de destaque como estes e salários polpudos devem mesmo é trabalhar e aceitar as criticas que fazemos e no minimo realizar sua auto-critica, para o bem de Itajubá.

 Ass: Pagador de impostos

ESQUECERAM DE MIM ?

Não gostaria mais de falar no sucesso dos outros. Mas sinto obrigação de não me iludir apenas com shows sertanejos.

Deu na Web

Até 2014 deverão ser construídas 800 praças em todo o país. As obras são do governo federal e fazem parte da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Uberlândia e Patos de Minas serão contempladas.
As praças deverão ter:

- biblioteca;
- quadras esportivas;
- telecentros;
- pista de caminhada;
- equipamentos de ginástica
- anfiteatro..

Patos de Minas  irá eceber uma praça com três mil metros quadrados, com dois edifícios multiuso, quadra de esportes coberta, anfiteatro e biblioteca.

Araguari e Uberaba também vão receber uma praça de três mil metros quadrados. Em Uberlândia, a Prefeitura informou que aguarda mais detalhes do governo federal sobre o projeto.

Blog: Fico sentindo que os patos de minas, somos nós.  

ER





FRASE DO DIA

“O dever profissional e ético de todo jornalista é revelar segredos, sobretudo quando isso serve para desmascarar os excessos do poder”

Juan Luis Cebrián, diretor de ‘El País’ (Citado por Sandro Vaia - Jornalista)

LÁ ERA MAIS ORGANIZADO


Conhecida por vários nomes - mas nunca por Máfia - entre seus membros, é de origem antiga na Sicília. Nos Estados Unidos, organizou-se de forma empresarial moderna após o fim da Guerra Castellamarese, em 1931. Nessa ocasião, foi reestruturada numa fraternidade nacional com cerca de 5 mil homens, divididos entre 24 organizações separadas ("famílias"), localizadas nas principais cidades de todas as regiões dos estados Unidos. Em Nova York, onde viviam cerca de 2 mil dos 5 mil membros, havia cinco "famílias", cada uma liderada por um chefe, ou don
Dos 24 chefes, nove se revezavam como membros da comissão, incumbida de manter a paz entre as "famílias". Em 1960 o quadro dos nove membros era o seguinte:

Joseph Bonano - Nova York
Joseph Profaci - Nova York
Vito Genovese - Nova York
Thomas Lucchese - Nova York
Carlo Gambino - Nova York
Stefano Magaddino - Buffalo
Angelo Bruno - Filadélfia
Sam Giancana - Chicago
Joseph Zerilli - Detroit

A Máfia não representa todo o crime organizado nos Estados Unidos. Na verdade ela é apenas uma parte do crime organizado. Existem cerca de 5 mil mafiosos divididos em 24 famílias, mas os investigadores acreditam na existência de mais de 100.000 gângsters ligados ao crime organizado.

Gay Talese - Honra Teu Pai (Companhia Das Letras)

PERIGO DA BANANEIRA

No grande quintal da casa da Dona Florinda (avó do Tião Riera) existiam muitas bananeiras. Quando moleques na Boa Vista, brincávamos sempre por lá, com a severa recomendação dos mais velhos sobre o perigo de pegar "nódia"  de bananeira na roupa. Manchava o tecido de maneira definitiva.
A famosa "nódia" vem a ser a conhecida nódoa. Um liquído viscoso que escorre daquela planta.
Podiam ferver a  roupa na água quente, lavar com Q´boa, sabão de cinza e o escambau à quatro. Não saia nem a pau.
Tinhamos que carregar a manchinha na camisa até o definitivo fim (da camisa).
Palocci poderá até escapar da acusação de enriquecimento rápido, conseguido por vias não convencionais, mas carregará para sempre no traje político a "nódia" de bananeira.
Não sai mais.

ER

TODOS PREOCUPADOS COM ENCHENTES

Deu na EPTV,

Já Pouso Alegre, também preocupada com as enchentes...

As obras para a construção do dique 2, que tem o objetivo de prevenir as enchentes que atingem Pouso Alegre, já começaram. Todos os anos a cidade sofre no período de chuvas, principalmente o bairro São Geraldo. A construção deste dique é apenas parte do que será necessário para resolver o problema. Outros quatro diques serão necessários para resolver de vez o problema das enchentes.
A nova obra está orçada em R$10 milhões. Os recursos vieram do Governo Federal através do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). A previsão é que a primeira etapa do serviço seja concluída em oito meses.
Técnicos da Unifei (Universidade Federal de Itajubá) fizeram um estudo para avaliar a construção dos diques em Pouso Alegre. O projeto recebeu o nome de “Sistema de Contenção de Enchentes em Pouso Alegre” e prevê a construção de quatro diques e finalização e reestruturação do Dique 1, que foi iniciado em 1995, mas não foi concluído. De acordo com o estudo, com a construção dos diques 90% dos moradores estarão protegidos.

Blog: Quanto às obras na cabeceira do Sapucaí, como as barragens da Copasa,... entrarão para a série: "Terra das Ilusões Perdidas".

ER 

YES, TEREMOS MURO !

Lembram-se bem das ultimas enchentes que pegaram de surpresa o bairro do BPS e o centro da cidade ? Itajubá escapou de uma boa. Outras cidades mineiras não tiveram tanta sorte e prejuízos enormes aconteceram.
Os governos federal e estadual prometeram ajuda para cobrir os prejuízos e com o atraso de sempre, os recursos estão sendo liberados. Para Minas Gerais serão distribuídos R$ 70 milhões.
Para a terrinha pingou R$ 500 mil.
Com essa ajuda a Prefeitura está anunciando a construção de um muro de proteção no BPS, às margens do ribeirão José Pereira, lá pelas bandas do Centro Admnistrativo.
Foi o que acharam para usar o dinheiro.
Sempre julguei que o gargalo das cheias do BPS fosse o estreitamento sob a rua Américo de Oliveira.
Convenhamos: Muro verão. Obras subterrâneas não. 
Ligeiro, o Deputado Ulisses deverá se apresentar como o " pai da matéria". Está no papel dele.
Curiosidade:
Não me lembro de ter ouvido falar do projeto desse muro anteriormente.
Ah!, para Santa Rita do Sapucai, que sofreu mais, pingará R$ 3.000.000,00. O Bilaquinho também deve ter se movimentado,
Logo deveremos ter a inauguração do muro.

ER




NADA A TEMER

Ouvido ontem no Bar do Coró:

- Ô cumpadre, e se a Dilma adoecer ?

- Camarada: não há nada a Temer !

- Falô.

ER

RECOMENDAÇÕES SOBRE ESCREVER

O Jornalista Paulo Nogueira selecionou alguns tópicos do livro "A arte de escrever", do Schoppenhauser, lançado no Brasil pela LPM. Interessante atentar para as recomendações.

1) Usar muitas palavras para comunicar poucos pensamentos é o sinal incondundível da mediocridade. O homem inteligente resume, ao contrário, muitos pensamentos em poucas palavras.

2) Um bom cozinheiro pode dar gosto até a uma sola de sapato. Da mesma forma, um bom escritor pode tornar interessante o assunto mais árido.

3) Existem três classes de autores. Primeiro, aqueles que escrevem sem pensar. Escrevem a partir da memória, de reminiscências, ou diretamente a partir de livros alheios. Essa classe é a mais numerosa. Em segundo lugar, há os que pensam para escrever. Eles pensam justamente para escrever. São numerosos. Em terceiro lugar, há os que pensaram antes de se pôr a escrever. Escrevem exatamente porque pensaram. Estes são raros.

4) Não há nenhum erro maior do que imaginar que a última palavra usada é a melhor, que algo escrito mais recentemente constitui um aprimoramento do que foi escrito antes, que toda mudança é um progresso.

5) Não há nada mais fácil do que escrever de maneira que ninguém entenda. Em compensação, nada é tão difícil quanto expressar pensamentos significativos de modo que todos os compreendam.

6) Palavras ordinárias podem ser usadas para dizer coisas extraordinárias.

7) A mente trivial é reconhecida pelo seu estilo afetado.

8) Como alguém que de tanto cavalgar desaprende de andar, alguns eruditos de tanto ler livros se tornam burros.

Paulo Nogueira - Jornalista

NÃO SERÁ POR FALTA DE OPÇÃO

Creio que no Partido da Mulher Brasileira, homens não poderão entrar, ou melhor, filiarem-se. Só votar, deverá ser permitido.
Estou me simpatizando com o Partido Novo. Quem sabe ?
 
Deu na WebMinas:
 
Oito novos partidos políticos, em formação no Brasil, estão coletando assinaturas de eleitores para viabilizar seu registro perante o TRE-MG.
 
Partido da Mulher Brasileira
Partido Pátria Livre
Partido Cristão
Partido da Transformação Social
Partido do Meio Ambiente
Partido Novo
Partido Ecológico Nacional
Partido Social Democrático
 
As agremiações já informaram ao TRE-MG a comissão provisória ou as pessoas autorizadas para apresentarem as listas ou formulários de assinaturas e solicitação de apoiamento perante os cartórios. De acordo com o art.4 da Lei nº 9.504, só poderá participar do próximo pleito o partido que, até o dia 7 de outubro, esteja registrado no TSE.
 
ER

QUEM NÂO DEVE...