terça-feira, 17 de maio de 2011

SOB A LUZ DE VELAS

"Num país de fugitivos, aquele que anda na direção contrária parece estar fugindo."

T.S. Eliot

GRANDE POUSO ALEGRE


Deu no Estaminas

O governador Antonio Anastasia assinou, nesta terça-feira, protocolo de intenções para a instalação de uma unidade da empresa chinesa Xuzhou Construction Macchinery Group (XCMG), em Pouso Alegre, no Sul de Minas. O grupo vai investir R$ 334 milhões na instalação da primeira unidade fabril fora de seu país de origem. O empreendimento vai gerar 600 empregos diretos e cerca de cinco mil indiretos
A XCMG é a maior empresa da China no ramo de máquinas pesadas e vai produzir em Minas Gerais guindastes, escavadeiras hidráulicas e outros equipamentos voltados para a construção civil.
Antonio Anastasia destacou a parceria com o município de Pouso Alegre, que fez doação de terreno e redução de tributos para que a empresa se instalasse em Minas Gerais. A unidade da XCMG vai contribuir para que município e região iniciem um novo ciclo de desenvolvimento. As obras devem começar em agosto, com o início da produção previsto para 2012.
Além do governador Antonio Anastasia e do presidente da XCMG, Min Wang, também assinaram o protocolo de intenções o prefeito da cidade de Xuzhou, Zhang Jinghua, e o prefeito de Pouso Alegre, Agnaldo Perugini.
Os investimentos privados em Minas Gerais, anunciados nos quatro primeiros meses do ano, somam R$ 1,17 bilhão, distribuídos entre 40 projetos, segundo dados do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi). Esses projetos vão representar a criação de 8.270 empregos diretos.

Estaminas

FRASE ABOBRINHA DO DIA

Reverso da medalha: Não estaria na hora do caseiro quebrar o sigilo bancário do Palocci ?

José Tipica

PERGUNTAS E PERGUNTAS

O jornalismo é atividade humana que depende essencialmente da pergunta, não da resposta. O bom jornalismo se faz e se constrói com boas perguntas. O jornalismo de excelência se faz com excelentes perguntas.
A pergunta desafia, provoca, instiga, ilumina a inteligência, alimenta o pensamento. Ao longo de milênios, o homem evoluiu seguindo a linha tortuosa de suas dúvidas, das perguntas que produziam respostas, das respostas insatisfatórias que geravam novas questões, que provocavam mais incertezas, mais perguntas.
Perguntando, o homem saiu da caverna, cresceu, evoluiu e se definiu como ser pensante. O homem se agrupou em tribos, criou hábitos, estabeleceu regras de convívio, preservou a espécie, expandiu habilidades, depurou a fala, criou a escrita, disseminou experiências, inventou ferramentas, desenvolveu recursos, ganhou qualidade de vida, garantiu o alimento para o corpo e para o espírito. Um processo civilizatório irrefreável sempre escoltado por perguntas, outras perguntas, mais perguntas.

Luis Cláudio Cunha

TERRA DAS ILUSÕES PERDIDAS - I

Parece até título de filme antigo da Columbia ou da Metro. Mas não é. Calçamos a cara e voltamos ao tema "Aeroporto de Itajubá", lembrado hoje pelo Zé Rodolfo, em entrevista legal na Futura FM.
Não falaremos sobre as trapalhadas do passado que impediram a sua construção ao lado da Helibrás, já com obras licitadas e verba reservada. Esqueçam.

Falaremos do aeroporto que seria (ou será) localizado na Fazenda Rancho Grande. Perguntamos  não sabemos para quem ?

- O local estaria definitivamente definido ?

- Quem seria o atual proprietário da área ? Foram estipuladas as condições de compra e/ou desapropriação?

- Quem será o proprietário do empreendimento. O Estado ou o Município ?

- Projeto ? Aprovação ambiental ?

- Os recursos para tal obra estão no orçamento do Estado?

- Como será o acesso ? Rodovia asfaltada ? Será de responsabilidade do Município?

- Alguém teria ousado rascunhar um calendário de eventos, que culminasse com a construção da obra ?

-  Pelo visto 2011 está perdido. E para 2012 ?

Qualquer um dos preparados alunos do Grupo Escolar Rafael Magalhães, sabe que depois de resolvidos todos os aspectos preliminares (mais ou menos 1 ano), levará mais 2 anos para a conclusão das obras (terraplanagem, chuvas, atrasos, etc). Se o tiro de largada for dado agora (para o alto, espero), a fita será cortada em 2015.

Alguém poderia informar o povo ?

ER

TRISTE INDIFERENÇA

Ouvindo os noticiários e programas de entrevistas nas rádios da cidade, nos últimos tempos, temos atentado para um fato que chega a ser triste. São apresentados, analisados, questionados e debatidos, os diversos problemas municipais, como saúde, educação, transporte, etc.
A administração é questionada, criticada e até em alguns momentos (raros) elogiada.
Indiferença total para com um dos poderes. Não se fala  em Câmara Municipal.
A indiferença é milhões de vezes pior do que críticas.
Entendemos que em termos nacionais, a classe política não demonstra a mínima disposição para corrigir o rumo da sua célere marcha, lamentavelmente, em direção ao precipício do descrédito.
Como conhecemos todos e estamos mais próximos, continuamos sonhando que na terrinha poderia ser diferente.

ER


PRISÃO PARA MENTIROSOS

Calma. Nada de pânico.
Deu no NYT

Para evitar fraudes em torneios de pesca, o Texas está votando lei que prevê até prisão para mentirosos. Contar histórias exageradas talvez seja uma questão de orgulho no Texas. Mas dentro em breve, o Estado americano promete enquadrar as famosas estórias de pescador nas garras da lei.
O projeto é do Senador republicano, Glenn Hegar. Estórias exageradas de pescadores contadas por turistas, que não participam de competições, provavelmente serão toleradas.

No Brasil...

ER

VERDADE

O governo, qualquer governo, faz mal à imprensa.
A imprensa, toda a imprensa, faz bem ao governo – principalmente quando critica.
Governo não precisa do 'sim' da imprensa. Governo evolui com o 'não' da imprensa.
A proximidade da imprensa com o governo abafa, distorce o jornalismo.
A distância entre governo e imprensa é conveniente para ambos, útil para a sociedade e saudável para a verdade.
Jornalismo é tudo aquilo de que o governo não gosta. Tudo aquilo de que o governo gosta é propaganda.

Luis Cláudio Cunha

SOBRE VIAGENS DE BARCO

"Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes dos homens.

( I Carta de Paulo aos Coríntios 15:19)

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

FRASE DO DIA

"As pessoas, com cada vez mais informação à disposição, estão cada vez menos informadas." 

 Lobão.

BALANÇO DA DITADURA NO BRASIL

Números assustadores: Luis Cláudio Cunha

" 500 mil cidadãos investigados pelos órgãos de segurança; 200 mil detidos por suspeita de subversão; 50 mil presos só entre março e agosto de 1964; 11 mil acusados nos inquéritos das Auditorias Militares, 5 mil deles condenados, 1.792 dos quais por 'crimes políticos' catalogados na Lei de Segurança Nacional; 10 mil torturados apenas na sede paulista do DOI-CODI; 6 mil apelações ao Superior Tribunal Militar (STM), que manteve as condenações em 2 mil casos; 10 mil brasileiros exilados; 4.862 mandatos cassados, com suspensão dos direitos políticos, de presidentes a governadores, de senadores a deputados federais e estaduais, de prefeitos a vereadores; 1.148 funcionários públicos aposentados ou demitidos; 1.312 militares reformados; 1.202 sindicatos sob intervenção; 245 estudantes expulsos das universidades pelo Decreto 477 que proíbe associação e manifestação; 128 brasileiros e 2 estrangeiros banidos; 4 condenados à morte (sentenças depois comutadas para prisão perpétua); 707 processos políticos instaurados na Justiça Militar; 49 juízes expurgados; 3 ministros do Supremo afastados; o Congresso Nacional fechado por três vezes; 7 Assembleias estaduais postas em recesso; censura prévia à imprensa e às artes; 400 mortos pela repressão; 144 deles desaparecidos até hoje."

Luis Cláudio Cunha

ATENTOS A TUDO E A NADA

INFOXICATION

Lembre-se quando o mundo era (ligeiramente) mais silenciosos. Só existiam alguns canais de TV. Cartas cuidadosamente escritas à mão levavam dias ou semanas para chegar aos destinatários. O Jornal contava o que tinha acontecido ontem. E encontrávamos os amigos de vez em quando ao redor da mesa de um bar.
Agora, no entanto, vivemos no meio de uma avalanche.
A aceleração da tecnologia fez com que as informações sejam lançadas sem piedade e em todas as direções. O contato com os outros torna-se constante e instantâneo graças ao telefone celular, e-mail e redes sociais.
Nós viámos o mundo através da janela. Agora milhares de janelas simultâneas colocam o mundo em nosso computador.
Esta nova forma de existência, tem suas vantagens, é claro, mas também desvantagens. Stress, ansiedade pela informação, confusão, superficialidade, ou falta de atenção, são algumas delas.
"Infoxication" chama-lhe o físico Alfons Cornell, fundador da consultoria sobre as novas tendências. Um neologismo que combina as informações e intoxicação. Ocorre quando a informação recebida é muito maior do que somos capazes de processar, com consequências negativas.
Você ainda não terminou digerir algo e já está envolvido em uma outra coisa. Diz Cornell: "o fluxo constante de informação leva você a não tratar todas as informações com profundidade". 
As Informações saltam de um lugar para outro, como pulgas em um cobertor.
Na Espanha enviam-se 563.000 mil e-mails por dia, sendo que cada espanhol recebe 23 emails diariamente. Sem mencionar o que desliza através de redes sociais como Facebook e Twitter.
De acordo com a Associação para Pesquisa de Comunicação de Massa (AIMC), 37% dos espanhóis estão conectado entre 10 e 30 horas por semana. 9% a mais de sessenta horas. E tudo isso deixa a mente cansada.
O psicólogo David Lewis desenvolveu o conceito de Síndrome de Fadiga da Informação, no seu relatório "Morrendo de informação?", preparado para a Reuters. Ela ocorre em pessoas que têm de lidar com toneladas de informações em livros, jornais, fax, e-mails, etc, e, de acordo com Lewis, provoca paralisia da capacidade analítica, ansiedade e dúvida, e leva a más decisões e conclusões erradas.
A superficialidade é uma das possíveis consequências do tumulto atual. A capacidade de se concentrar na leitura de textos longos está diminuindo. A causa: atividades multitarefa, como estar atento tanto para a web, twitter, telefone, skype, facebook ...
A Internet estimula-nos a olhar para o curto e rápido e nos afasta da possibilidade de concentrar em uma coisa.
É a multitarefa, instigada pelo uso da Internet, que nos impede de pensamentos que exigem reflexão e contemplação, que não só nos desumaniza um pouco, mas uniformiza todos nós. 
"Devemos escolher boas fontes de informação.
Boas informações, desinfoxica.

El País





COMER PODE SER PERIGOSO

Dica da Rack e Liv que andam por aquelas bandas:

Astrid y Gaston

Nos critérios originalidade e criatividade a cozinha peruana é imbatível. Ingredientes “exóticos”, contrastes de texturas e combinações ousadas transformam uma simples refeição na capital peruana, em um verdadeiro acontecimento.
O restaurante Astrid y Gastón, que segue a linha da nova cozinha andina, cujo norte é mesclar alta gastronomia com ingredientes tradicionais. A fama do restaurante já ultrapassou as fronteiras peruanas, chegando a mais sete países: Chile, Colômbia, Equador, Venezuela, Espanha, México e Argentina.
A fama é mais do que justa! O serviço foi impecável e as comidas sensacionais, surpreendentes e inusitadas. 
Em Lima, o restaurante fica no bairro de Miraflores, a uma curta caminhada de menos de 100m do hotel Casa Andina Private Collection. A rua é super tranquila e a casa onde funciona o restaurante é bem discreta, quase nos passou despercebida…
Dê uma conferida no menu degustação.
(texto nós no mundo) 

O ERRADO É CERTO