segunda-feira, 25 de abril de 2011

VIAJANDO NA MAIONESE

Tudo bem, a inconfidência mineira aconteceu em Vila Rica, como todos aprendemos. Temos orgulho do movimento. Esse respeito e orgulho quase nos faz esquecer que o movimento, na prática, fracassou.
Os inconfidentes foram presos, alguns banidos e o Alferes condenado à morte. A própria independência foi declarada bem depois por D. Pedro I, aparentemente, sem considerar as sementes da liberdade lançadas em Minas Gerais.

Fico pensando se a conjuração mineira acontecesse aqui na terrinha, nos dias de hoje. Quem seriam os nossos inconfidentes ? e os traidores ?

Consegui juntar cinco personagens atuais com perfil de inconfidente. Não consegui vislumbrar ninguém para representar com perfeição o traidor Joaquim Silvério dos Reis. Aliás, apenas um cidadão chegaria próximo.

Acabamos esquecendo de um detalhe: O traidor, antes do covarde gesto, também foi um inconfidente.

Preocupante: Todos os meus 5 inconfidentes são passageiros do ônibus. 

Aviso do blog: Não publicaremos sugestões com  nomes de traidores.

ER  

SIGNIFICADO DA COR

Ouvido hoje no começo da rua nova:

- Ô cumpadre, que mal lhe pergunte, você sabe o significado das roupas brancas dos médicos ?

- Só sei  uma coisa cumpadre: Paz não é !

ER

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

CEGONHA DE VOLTA


Com toda a admiração e respeito que temos pelo Kaká e esposa. A pequena Isabella, que chegou ontem, nos fez lembrar da velha, simpática e fora de moda cegonha. Não sei se me faço compreender.

ER 

É DISCO QUE EU GOSTO



THE AIR THAT I BREATHE

De 1974. The Hollies. Bom para uma segunda-feira pós feriado prolongado e com declaração de imposto de renda para fazer.

ER

FRASE ABOBRINHA DO DIA


"Quando você se sente um perfeito idiota está começando a deixar de sê-lo."

Millor

DEIXANDO A ARENA

Disse o Coronel

"A situação do que restou do DEM é desesperadora. Durante o evento realizado em Comandatuba, Bahia, onde Jacques Wagner(PT-BA) vendeu a barba, políticos do partido tentavam convencer Geraldo Alckmin(PSDB-SP) e Antonio Anastasia(PSDB-MG) a promoverem uma agilização para a fusão entre os dois partidos. Queriam uma declaração para, com ela, impedirem a sangria generalizada nos quadros do partido. Não conseguiram. A governadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN) chegou a propor, então, que o partido fosse logo dissolvido e que cada um tivesse liberdade para conduzir o seu destino político. Na prática, a dissolução já ocorreu e somente alguns fantasmas ainda resistem."

Blog: A recomendação seria esta: "O último que sair apague a luz." O DEM começou a morrer faz muito tempo. Quando trocou o nome de PFL para DEM, já estava na UTI. O mensalão de Brasília acelerou o processo. Na terrinha, com forte influência do ex-vice presidente Aureliano Chaves, esteve sob controle do Sr. BPS. No término do seu mandato, os membros mais conhecidos pertencentes ao partido, saltaram fora. Quem ficou ? não se sabe. Por incrível que pareça, como disse ontem um poderoso político local, a sua posição como partido  de direita, tem tudo para ser ocupada pelo PT. 

ER

HOMO SAPIENS

O Livro dos Insultos - H.L. Mencken (Companhia da Letras - Tradução Ruy Castro)

"...A capacidade para discernir a verdade essencial, de fato, é tão rara nos homens quanto comum entre corvos, sapos ou sardinhas. O homem capaz desse discernimento é de uma qualidade mais do que extraordinária - mesmo, talvez, que seja profundamente mórbido. Demonstre uma nova verdade lastreada em qualquer plausibilidade natural para uma multidão, e nem uma pessoa em 10 mil suspeitará de sua existência, e nem uma em 100 mil irá adotá-la sem feroz resistência. Todas as verdades duradouras que se impuseram ao mundo no decorrer da História foram mais combatidas do que a varíola, e todo indivíduo que as recebeu bem e lutou por elas foi, absolutamente sem exceção, denunciado e punido como um inimigo da espécie. Talvez o "absolutamente sem exceção" seja um exagero. Eu substituiria por "cinco ou seis exceções" Deixo a resposta a cargo de vocês; eu próprio não conheço nenhuma.
Mas, se a verdade é sempre mal recebida, o erro é recebido de braços abertos. Qualquer homem que invente uma nova imbecilidade recebe salvas de palmas e torna-se o dono da verdade; para as grandes massas, ele é o beau ideal  da humanidade. Dê um giro pelos últimos mil anos da História e você descobrirá que 90% dos ídolos populares do mundo - não me refiro aos heróis de pequenas seitas, mas a ídolos mundialmente populares - não passaram de mascates baratos de nonsense. Tem sido assim em política, religião e em qualquer outro departamento do pensamento humano. Mesmo tal mascate já enfrentou alguma oposição, uma vez ou outra, de críticos que o denunciaram como charlatão e o refutaram assim que ele abriu a boca. Mas, ao lado de cada um deles, havia a titânica força da credulidade humana, e isso bastava para destruir seus inimigos e estabelecer sua imortalidade."

H.L.Mencken

ELES DISSERAM...

Cláudio Lottemberg, 50 anos, médico oftalmologista e há dez anos à frente do Hospital Albert Einstein, com 9 mil colaboradores, respondendo ao Estadão:

- O Brasil forma bons médicos ?

- Sim, mas precisa de programas de treinamento diferenciados. Enquanto não criarmos mecânicas remuneratórias, que mobilizem pessoas para outros locais, elas não colocarão suas capacidades em função da sociedade. Quanto a gestão, falta muito. Ensinamos muita medicina e fazemos pouco treinamento em economia de saúde. Geramos desperdício. É um equívoco.

Lottemberg

SAINDO DO BURACO

Post do Walter Bianchi

Na vida real, o crescimento muitas vezes é associado com dor. Geralmente nosso aprendizado e crescimento na vida não vêm das fases boas, mas sim dos tempos difíceis. Durante o período bom ficamos felizes e não queremos que nada mude. É durante a época difícil, quando estamos sofrendo com a situação, que aprendemos como mudar as coisas – como tornar o mundo melhor do que é. Quando a vida nos lança desafios, temos uma opção. Podemos sentir pena de nós mesmos, chorar e reclamar: "Por que eu?" Ou podemos parar e dizer a nós mesmos: "O que posso fazer, devido às novas circunstâncias que surgiram?" Certa vez foi perguntado a um velho mestre muito sábio: "Onde você arruma todo este bom senso?" Ele respondeu: "O bom senso vem com a má experiência." E relatou-me a seguinte história, que teve um profundo efeito sobre mim. Um dia, um burro caiu num buraco. O animal gritou e chorou durante horas, enquanto seu dono tentava pensar em algo a fazer. Finalmente, o fazendeiro resolveu que, como o animal era velho, e o buraco precisa ser coberto de qualquer maneira, ele simplesmente enterraria o burro velho ali. Pegou uma pá e começou a encher o buraco. O burro continuava a chorar, mas depois ficou em silêncio, Após uma hora de trabalhar furiosamente com a pá, o fazendeiro fez uma pausa para descansar. Para sua surpresa, viu que o velho burro saltava para fora do buraco e saía trotando! A princípio, quando o burro percebeu o que estava acontecendo, chorou ainda mais sentidamente. Mas então o esperto animal bolou um plano. A cada pá de terra que batia no seu lombo, ele a sacudia para o chão e pisava em cima da pilha crescente de terra. Finalmente, o monte ficou alto o suficiente para que ele pudesse sair do buraco. A vida é como terra que a pá joga em cima de você. O truque para sair do buraco é sacudi-la e pisar em cima. Podemos sair dos buracos mais fundos, não ficando parados e jamais desistindo. Apenas sacuda a terra e pise em cima. Tente, funciona!

Enviado pelo Walter Bianchi para o Viver.

ER

ESQUECERAM DE NÓS - 1