quarta-feira, 13 de abril de 2011

AINDA SOBRE MINAS - ESTÃO SE APROXIMANDO

Polícia Federal cumpre mandados de prisão, busca e apreensão em Prefeituras de cidades mineiras e no gabinente do primeiro secretario da da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Dilzon Melo, em Belo Horizonte. A suspeita é de fraude em licitações com escritórios de advocacia. De acordo com a assessoria da PF em Belo Horizonte, oito pessoas já foram presas no interior do Estado nesta quarta-feira (13). Dentre eles, advogados, procuradores de municípios, agentes públicos e assessores parlamentares, mas os nomes não foram informados.
Cerca de 50 policiais percorrem as Prefeituras de Alfenas, Boa Esperança, Campanha, Campos Gerais, Coqueiral, Nepomuceno e Três Pontas, no Sul de Minas; Carmo do Paranaíba, no Alto Paranaíba; Dores do Indaiá, no Centro-Oeste do Estado.
Em Belo Horizonte, policiais estiveram no gabinete do primeiro secretário, da Assembleia Legislativa, deputado Dilzon Melo para apreender documentos, segundo informou a assessoria da Polícia Federal. O parlamentar negou qualquer envolvimento na operação da Polícia Federal.
De acordo com investigação, o esquema criminoso contratava escritórios de advocacia para a prestação de consultoria jurídica a prefeituras municipais, através de licitações fraudadas, cujas modalidades principais e mais utilizadas eram a carta-convite e o pregão presencial. Ainda segundo a polícia, agentes públicos eram usados como interlocutores e se beneficiavam na distribuição de propinas.

Jornal da Web

Blog: O deputado Dilzon Melo é de Varginha e do PTB. Teve forte apoio do executivo local (pertencem ao mesmo partido).  

ER


FRASE DO DIA


A Dilma constata: Na China, pra vitória definitiva do comunismo, só estava faltando mesmo o capital.

Millor

TRISTE NOTICIÁRIO POLÍTICO DE MINAS

Deu no O Globo

Lembram-se do famoso deputado do castelo ? Sim, o ex-deputado federal Edmar Moreira do PR de Minas Gerais. Réu em processo por suspeita de apropriação indébita previdenciária e falsidade ideológica,, foi nomeado para a vice-diretoria da Minas Gerais Participações S.A (MGI), empresa da administração indireta vinculada à Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais.
Sem cargo desde o fim do ano passado, quando não conseguiu se eleger para um novo mandato, Moreira ganhou o cargo de presente na última semana, e ganhará um salário de R$ 11 mil.
Segundo a assessoria do governo de Minas, ele foi indicado para a função pelo Partido da República (PR), um dos 12 partidos sustentadores da candidatura de Antonio Anastasia (PSDB) ao governo.


Deu na Folha

Um vídeo de 1 minuto e 55 segundos colocou novamente em destaque o prefeito de Dom Cavati (MG), Jair Vieira (DEM). Durante evento na cidade no ano passado, Vieira afirmou ter comprado um diploma e ser analfabeto. Nos poucos segundos de fala, sobram erros de portugês. “Sou analfabeto, mas sei trabalhar”, diz.
As imagens foram postadas no YouTube em março de 2010, mas apenas recentemente ganharam exposição. Desde 2009, tramita no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais um processo de pedido de cassação do mandato do prefeito, acusado de ser analfabeto e usar diploma falso para comprovar a escolaridade no registro da candidatura, em 2008. A Justiça Eleitoral proíbe a eleição de analfabetos.
O pedido de cassação foi feito por Pedro Sobrinho, candidato derrotado nas eleições. O pleito acabou empatado em 2008, e Jair Vieira, mais velho que Sobrinho, venceu pelo critério de idade. O processo está em andamento e deve ser julgado nesse semestre.

ER

CONTA GOTAS

1 - Preocupação geral na cidade. Em entrevista ontem na Futura, o vereador Bala revelou que teve uma conversa com o prefeito que durou exatamente 3 horas. Segundo o Guiness Book, a última conversa, com essa duração, entre dois políticos (?), aconteceu com Fidel Castro e Hugo Chaves.

2 - Prefeito acompanhado do seu fiel vereador cumprindo via crucis (em viagem oficial, é claro) tentando conseguir, com o apoio de Ouro Fino, o controle do PSDB da terrinha. Seria cômico se não fosse trágico. 

3 - A nota número 2 deixa claro que o PT optará por ter candidato próprio nas próximas eleições municipais. O deputado Ulisses já está fazendo aquecimento nos vestiários.  Laudelino deverá tentar voltar para a Câmara Municipal, onde se realiza.  

4 - Sem dúvida nenhuma, Rodrigo Marques é o melhor entrevistador político da cidade. Consegue tirar do entrevistado o que os ouvintes querem saber. Políticos fogem do seu programa como diabo da cruz. Em sua última entrevista de 30 minutos, o entrevistado entrou em contradição dez vezes e assumiu compromissos impossíveis (serão cobrados) outras tantas. Ouçam diariamente, às 11h no http://www.futurafm.com.br/ (com reprise às 23h).

5 - O ruim, caso se configure o quadro político acima, é que a cidade irá "lamber imbira" por um ano e meio. O PT não promoverá oba-oba para o Prefeito. O PSDB, que está se armando para ter seu candidato próprio (exigência da cúpula da partido), também não deixará os cofres estaduais abertos para a atual administração. Ajuda do PMDB, aliado do governo federal? Jamais. Tem gente sondando o PSD do Kassab.

ER

TOMOU O BARCO


Tomou o barco ontem em São Paulo, aos 55 anos, o humorista e radialista Sérginho Leite. Quem  da   nossa    geração não deu boas risadas acompanhando-o no Show de Rádio da Joven Pan.
Serginho ficou conhecido por fazer imitações de personalidade no rádio.
O sucesso no meio fez o trabalho migrar para o teatro, formato para o qual adaptou seus programas. Apresentou-se nos palcos do Tuca e Zaccaro, entre outros.
As imitações também ganharam a televisão. No programa "A Praça É Nossa" (SBT), ele imitou nomes como Pelé, Maguila, Paulinho da Viola e Clementina de Jesus. Também trabalhou no programa "Domingão do Faustão", da Globo, na Record e na Cultura.
No meio publicitário, ficou famoso por criar jingles e dublar campanhas. Era a voz do Tigre Tony dos Sucrilhos Kellog's, do boneco Bond Boca, garoto-propaganda do Cepacol, e do elefante Jotalhão, do molho de tomate Cica.
Ouvir o Serginho sempre fez muito bem.

ER



SOLTO, JUIZ ROCHA MATTOS FALA

Deu no 247 e ainda vai proporcionar muito "pano prá manga":

...A PF de Lula era a PF dos interesses de Lula. O desabafo é do ex-juiz federal João Carlos da Rocha Mattos, 62 anos de idade. Rocha Mattos saiu da cadeia há menos de 20 dias. Cumpriu sete anos e cinco meses de prisão. Foi o único réu preso no caso do assassinato do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel – tudo porque, diz ele, tinha posse de fitas comprometedoras, cujo conteúdo a PF de Lula “editou e apagou”. Rocha Mattos mandou destruir tais fitas, como juiz, por serem ilegais. Mesmo assim, ele sustenta que a PF, quando o prendeu na Operação Anaconda, em outubro de 2003, invadiu sua casa perguntando se havia cópias das fitas. 
“Por incrível que pareça, a PF passou a ser muito mais dependente do PT a partir do governo Lula do que ela era dependente dos governos militares nos anos de chumbo. A Polícia Federal jamais foi uma polícia republicana. Ela é uma polícia do governo, ela é comandada pelo presidente da República e pelo ministro da Justiça. O grande chefe da Polícia Federal foi o ministro da Justiça Marcio Thomaz Bastos, embora haja um executivo como diretor da Polícia Federal”...

247



PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

CALMA, NÃO É AQUI !

Governo de Minas firma parceria para criação de polo aeronáutico no Triângulo

O vice-governador Alberto Pinto Coelho e o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, assinaram, na última sexta-feira em São José dos Campos (SP), por determinação do governador Antonio Anastasia, protocolo de intenções com o Instituto de Estudos Avançados (IEAv) para iniciar estudos de viabilidade da instalação de um polo aeronáutico no Triângulo Mineiro.
Além do instituto, órgão do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), assinaram o protocolo a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) – regional Vale do Paranaíba, a Prefeitura Municipal de Tupaciguara e a empresa AXIS Aerospace.
Durante a solenidade, Alberto Pinto Coelho, ao lado do diretor do IEAv, Marco Antonio Sala Minucci, afirmou que a parceria entre o Governo de Minas e o instituto abrirá um novo momento na área tecnológica para o Estado. O vice-governador destacou que o Governo do Estado será indutor do desenvolvimento, sobretudo, quando há participação de diversas instituições da sociedade e de empresas interessadas em inovação.

(base - psdb)

Blog: É muito pólo para coisas parecidas.

ER

AGORA PELO DESARMAMENTO