segunda-feira, 11 de abril de 2011

ELES CONTINUAM CHEGANDO

No seu primeiro dia de visita à China, a presidente Dilma se reuniu com Ren Zhengfei, CEO da Huawei, quando foi anunciado o investimento de US$ 350 milhões, destinado à construção de um centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Campinas (SP).
Líder no mercado de banda larga fixa e móvel, a Huawei, que atua no país desde 1999, também anunciou a doação de equipamentos de computação de última geração para universidades brasileiras, no valor de US$ 50 milhões, em um período de dez anos. Atualmente, a empresa detém 70% do mercado nacional de modems USB de acesso 3G, com mais de um milhão de terminais vendidos desde a implantação do sistema no País.
O investimento de US$ 350 milhões anunciado pela Huawei inclui bolsas de estudo e contratação de pesquisadores. A previsão da empresa é gerar mil empregos diretos com a construção do centro de Pesquisa e Desenvolvimento.
O faturamento divulgado pela Huawei no Brasil, em 2008, chegou a US$ 1 bilhão. A companhia mantém um centro de treinamento em Campinas, além de escritórios instalados em São Paulo, Rio e Brasília.
A presidente também vai se encontrar com executivos da Foxconn e visitar a unidade da ZTE na cidade de Xian, na sexta-feira.
A expectativa do governo é de que a ZTE, produtora de equipamentos de telecomunicações, invista US$ 200 milhões na instalação de uma fábrica em Hortolândia (SP).

247

CONTA GOTAS

1 - Pensando bem, aqui entre nós: questionar o gasto de R$900,00 de um vereador com viagens (em três meses) acaba depondo contra a terrinha. O que os vizinhos irão pensar de nós? A imprensa tem mais é que abrir os olhos. Não é o que os senhores edis estão fazendo que setorna preocupante. É o que não estão.

2 - Estratégia política é uma coisa (embora continue achando que não têm cabeça para pensar nisso). Tratar as pessoas com gentileza e educação, é outra. Nos homens públicos, é obrigação.

3 - O 'pau anda comendo' em BH. Encaminharam da terrinha para o Diretório Estadual de um importante partido político, certamente numa demonstração de união, umas dez listas com sugestões de nomes para compor a executiva municipal. Com certeza a definição será feita criteriosamente. Jogarão as folhas para o alto. A que colar no teto será a escolhida. Como no passado, uns dois nobres cidadãos que tinham "tomado o barco", foram nomeados e pasmem: do além, tiveram equilibradas participações.

4 - Boa Vista em festa. Pela primeira vez nos seus bem vividos 2,5 anos de vida, o João chegou para passar uns dias (sozinho, sem a companhia dos pais) na Felipe Pizzuto. Não tem como não ficar feliz. É capaz até de  tornar  o blog  menos áspero.

5 -  Quem pode, pode e não fica prosa. A adida cultural do "viver é perigoso" em São Paulo, confirmou a aquisição dos ingressos para o 1º Show no Brasil, do ex- Creedence Clearwater Revival, John Fogerty, no dia 10 de maio em São Paulo, no Credicard Hall.  Como diria o Ibrahim Sued, "Sorry, periferia". 

ER

FRASE ABOBRINHA DO DIA


"Brasileiro é cheio de cordialidade e bom coração. Quando você encontrar por aí um cafajeste roubando e matando  pode perguntar imediatamente "Who are you?", porque se trata certamente de um gringo."

Millor

PREPARANDO PARA A VIAGEM

A GRANDE VIAGEM

Para muitos só com passagem de ida. A lista dos passageiros consolidada, somente com as iniciais pelas quais o gajo é conhecido, com a combinada inserção da letra X, numa singela homenagem ao Eike Batista, será publicada possivelmente amanhã, ou no máximo quarta-feira.
Os quarenta e oito passageiros já foram identificados.
A disposição dos passageiros nas poltronas, seguirá a seguinte ordem:
Nas primeiras poltronas os passageiros do sexo feminino. Logo a seguir, os homens considerando a quantidade de votos, independente do posto de "autoridade" que ocupa na terrinha.
É bom que fique claro, que o motorista e o cobrador (funciona como motorista substituto, uma vez que a viagem é longa), também foram votados.

Zelador 

QUESTÃO DE ESTILO

Segundo o Coronel, se o PT estivesse no lugar do PSDB faria o seguinte discurso:

"Os governos da Dilma e do Lula gastaram demais no cartão corporativo, nas viagens, nas diárias e no empreguismo na máquina pública. Agora é você que está pagando o preço desta gastança sem controle. A inflação está de volta. O mês está maior do que o seu salário. Em vez de aumentá-lo, a Dilma aumenta a gasolina, o álcool, a comida no supermercado e já está falando até em diminuir o número de prestações para que você não possa comprar o seu fogão, a sua geladeira, o seu carrinho. Os juros já dispararam e o banco está cobrando mais impostos de você. Sabe como é que o governo quer que os preços baixem? Impedindo que você compre! Dificultando o crédito! Com isso, as lojas não vendem e demitem os vendedores. As indústrias não produzem e demitem os operários. Quem tem que parar de gastar é a Dilma, não você que trabalha duro para comprar o que precisa".

Este é o discurso politicamente correto para quem está na oposição e almeja voltar ao poder. Não era este o discurso do Lula? Resumo: os tucanos aprendem a falar com o povo ou, de novo, vão falar com as paredes. Oposição não tem obrigação de dar solução. Oposição tem o dever de meter o dedo na ferida e mostrar o quanto o eleitor está perdendo em função da incompetência do governo. Entenderam ou precisa desenhar?

Coronel

VEM PRÁ CÁ PÁ !

A crise pegou Portugal de jeito. O país por uma questão de sobrevivência está sendo obrigado a recorrer ao sistema financeiro internacional. Precisam de imediato de algo em torno de USS 100 bilhões. O socorro virá. Mas a que custo ? Nós, brasileiros, estamos cansados de saber o que é ser monitorado pelo FMI.
Como certamente atravessarão um longo tempo de "vacas magras", o Brasil se oferece como opção para os profissionais portugueses.
Serão sempre recebidos cordialmente. Somos o mesmo povo.
blog

Deu na BBC:

A crise econômica que afeta Portugal desde 2008 está levando portugueses a emigrar em busca de melhores condições de vida. Um dos principais destinos desta nova onda é o Brasil, por causa do crescimento da economia brasileira.
Ao contrário do que acontecia no século passado, quando portugueses com destino ao Brasil não tinham formação acadêmica - muitos eram semianalfabetos ou analfabetos -, a maior parte dos lusitanos que formam a onda atual têm curso superior.
"São pessoas cada vez mais especializadas. Constitui uma de fuga de cérebros, mas desta vez o destino é o Brasil. Não é uma migração dos países menos desenvolvidos para os países ricos, como se dizia nos anos 60", afirma o cônsul do Brasil em Lisboa, Renan Paes Barreto.
Segundo o serviço consular da representação, o número de pessoas que têm o Brasil como destino vem aumentando.
"No ano passado foram cerca de 1,5 mil vistos de trabalho, praticamente o mesmo número de 2009. Este ano, nos primeiros três meses foram 500". Este número não é o definitivo. Além da representação de Lisboa, há também a do Porto. Sobre o perfil do português que busca o visto para trabalhar no Brasil, Neves relata que "são predominantemente engenheiros e técnicos de plataformas de petróleo. Mas há outras profissões, como arquitetos".
Apesar da alta demanda por engenheiros no Brasil, o presidente da Ordem dos Engenheiros de Portugal, Carlos Matias Ramos, diz que é difícil ter dados exatos sobre o número de profissionais lusos que atravessaram o Atlântico.
A única forma de conhecer esse número é através dos pedidos de inscrição no sistema Confea/CREA, os conselhos de engenharia e arquitetura brasileiros. No final do ano passado havia pelo menos 1,2 mil engenheiros portugueses praticando engenharia no Brasil, diz Matias Ramos.
O chefe da Ordem acredita que o número de engenheiros portugueses no Brasil vai aumentar. "O PAC 2 propõe investimentos que só uma engenharia de qualidade pode suportar."
Por outro lado, ele diz que muitos engenheiros portugueses enfrentam problemas para ter seus títulos reconhecidos no Brasil e que, em alguns casos, se forem cumpridas todas as exigências, "o reconhecimento do título de engenheiro pode levar 24 meses".

BBC

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

MAROLINHA