quinta-feira, 7 de abril de 2011

VIOLÊNCIA URBANA

SEM COMENTÁRIOS

Colégio em Realengo no Rio de Janeiro. Talvez seja melhor  calar e com o tempo, ir desfazendo o nó na garganta, o incomodo no peito e a interrogação na cabeça.
A dor principalmente para os pais, segundo quem já sofreu, é a definitiva.
O socorro só poderá vir do alto.

ER 

CANA VERDE

DE ABOBRINHA PARA "CANA"

Dado preocupante: Cientistas encontram gene ligado ao álcool. Um estudo feito por cientistas ingleses revela um gene que aparentemente influencia no consumo de álcool. O levantamento pode ajudar a entender o comportamento das pessoas que bebem e têm dificuldade em deixar o vício. O gene, chamado AUTS2, possui duas versões. Uma delas é três vezes mais comum que a outra. Pessoas com a versão menos comum ingerem cerca de 5% menos bebida alcoólica do que as demais. Outro estudo, dessa vez realizado pela Secretaria do Estado da Saúde, aponta que 67% (dois em cada três) estudantes universitários consomem bebidas alcoólicas semanalmente. De acordo com a Diretora Técnica do Centro de referência em álcool e outras drogas, Marta Ana Vaz, os adolescentes estão bebendo cada vez mais. "O consumo precoce da bebida prejudica a saúde e envelhece o organismo. Pessoas que começam a beber com 13 anos têm mais probabilidade de desenvolver problemas hepáticos, gástricos e hipertensão aos 35 e 40 anos", explica. Segundo a secretaria, a relação da mulher com o álcool é cada vez maior. Entre 2008 e 2010, o atendimento a mulheres dependentes do álcool cresceu 46% nos centros de atenção psicossocial. (Jornal Metro)

Mabet1

INDIQUE UM NOME


Por sugestão de um anonymous, o "viver é perigoso" vai tentar lotar um ônibus (48 lugares) para uma viagem de recreio até o arquipélago dos Açores, mas precisamente na Serra das Tronqueiras, na Ilha de São Miguel. Tudo em território português.
Somente um poderá ser indicado. Teremos a opção só ida ou ida e volta.

No domingo publicaremos a listagem dos 48 privilegiados. (em códigos, claro) - O zelador não poderá receber votos.

Zelador

FRASE ABOBRINHA DO DIA

Isso foi pior do xingar a vó de "bicicleta sem rodas":

Ontem no Senado, em pleno plenário, o Senador petista Jorge Viana afirmou que o Aécio Neves simbolizava a oposição que todo governo gostaria de ter.

José Tipica

MOÇA DO PMDB ?

O comandante do avião da Presidência da República, coronel Geraldo Corrêa de Lyra Júnior, infiltrou uma amiga nos voos de ida e volta que levaram Dilma Rousseff para descansar em Natal (RN) no carnaval. O episódio abriu uma crise no Gabinete de Segurança Institucional (GSI), responsável pela segurança da presidente. O coronel botou no avião presidencial a professora de educação física Amanda Correa Patriarca, irmã de Angélica Patriarca, comissária da mesma aeronave.
Ao Estado, Amanda disse que o coronel ajudou a colocá-la no avião de última hora porque ele é "amigo" de sua família. Ela afirmou que a presidente Dilma Rousseff não sabia de sua presença. Todos viajaram a Natal e ficaram na cidade a passeio entre 4 e 8 de março.
Ousadia. A presença de uma estranha alojada de improviso no avião presidencial, sem a ciência de Dilma, foi considerada internamente um risco às regras no aparato de segurança e uma ousadia ao rigor militar. Ontem, questionado pelo Estado, o GSI entrou numa operação com o Palácio do Planalto para evitar expor o episódio.
A "carona" despertou a atenção dos integrantes da base aérea em Brasília, também comandada pelo coronel Lyra Júnior. Contrariados, funcionários despacharam, no voo de volta, a mala de Amanda Patriarca diretamente para o gabinete da presidente Dilma Rousseff, para que, assim, o caso fosse descoberto pela alta cúpula do Palácio do Planalto. A professora, aliás, usou uma mala do Grupo de Transporte Especial (GTE), entregue a todos os passageiros, para que sua presença no avião presidencial não fosse notada.

Estadão

QUE EXISTE, EXISTE

Fica na Serra da Tronqueira, na Freguesia de Faial da Terra, na Ilha de São Miguel, nos Açores.



JUSTIÇA FEITA

Ainda é pouco:

O Supremo Tribunal Federal (STF) impôs nesta quarta-feira uma derrota a Estados e municípios ao confirmar a validade de uma lei de 2008 que fixou um piso salarial nacional para os professores da Educação Básica. Pela decisão do STF, o piso é o valor mínimo a ser pago à categoria. Além do piso, os professores podem receber acréscimos, o que aumentará as remunerações e, consequentemente, os gastos públicos. O piso atual é de R$ 1.187,97.
No julgamento, os ministros rejeitaram por 8 votos a 1 uma ação na qual a lei era contestada pelos governos dos Estados de Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Ceará.

Estadão

CANTINHO DA SALA

Paul Klee - 1918

ASSUNTO COMPLICADO


Deu no Estadão de ontem

Fundação Casa - A nova cara da Febem

Internos da Fundação Casa organizaram nesta quarta-feira, 6, uma rebelião na unidade da Vila Maria, na zona norte de São Paulo. O tumulto começou por volta das 17h e, segundo a assessoria de imprensa da Fundação, foi ateado fogo em alguns colchões e pedaços de madeira. A ocorrência começou após uma tentativa de fuga. Há 56 internos na unidade.
Os internos se renderam sem resistência após a tropa de choque da Polícia Militar invadir o prédio, por volta das 19h30. De acordo com a corregedoria da Fundação, dos 12 funcionários que estavam no local no momento da rebelião, cinco foram feitos reféns pelos rebelados e três deles ficaram feridos, sem gravidade. Dentre os internos, oito ficaram feridos durante a rebelião. Dois deles foram agredidos por outros internos.
Segundo Julio Alves, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação à Criança ao Adolescente e à Família do Estado de São Paulo (Sitraemfa), confusão teria começado após jovens terem brigando entre si.
A assessoria da Fundação confirmou que no prédio vizinho, a unidade Vila Maria II, houve um princípio de tumulto, por volta das 19h, mas que foi logo controlado pela segurança da instituição.
Defasagem. De acordo com Alves, a unidade vem trazendo problemas há alguns anos. Além da defasagem de funcionários, segundo ele, "na Fundação Casa há uma política que no nosso entendimento é difícil, de maquiar tudo e achar que está tudo bem".

Estadão

Blog: Um minutinho só de lucidez, levaria as autoridades da cidade a deixarem de lado o seu sonho dourado de montar uma "bomba relógio" dessas no centro de um bairro.
Na Boa Vista resistiremos! 

ER



PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Monica Vitti

"SEM" DIAS DE GOVERNO