sábado, 5 de março de 2011

SE ESTOU NO GOOGLE, EXISTO !

(Erlich - El Pais)

CARTAS QUE NÃO RECEBI - 10

São Paulo, 03 de março de 2011

Prezado Zezinho,

Sem querer descobri o seu endereço eletrônico na internet. Dificilmente você se lembrará de mim. Sai da Boa Vista com 15 anos, portanto há 40 anos. Fui para o Rio de Janeiro, entrei para a Marinha Mercante, corri o mundo e desde 2005 me fixei em São Paulo.
Para matar a saudade e curtir um pouco de sossego, programei passar o carnaval em Itajubá. Tentei fazer reservas no Hotel Sion e no Hotel da Estação. Apelei até para o Hotel Alkimim. Parece que não existem mais. Consegui vaga no Hotel Coroados, que dizem ficar no bairro do Pinheirinho. Com essa chuvarada creio que terei dificuldade em chegar até ele. Por via das dúvidas estarei viajando numa caminhonete 4x4, com tração.
Quero tomar uma cervejinha gelada no Bar Acadêmico e encarar um ensopado de mandi do Sr.Giffoni (será que ainda estará por lá?). Os desfiles dos blocos continuam animados ?
Tentarei ir uma ou duas noites no carnaval do Clube Itajubense. Uma noite, com certeza, deverei estar no XVI de julho.
Sabe como é,  vivi bons momentos e grandes amores de carnaval nesses salões.
Estou cansado dessa vida corrida e insegura.
Tenho certeza que aí na terrinha poderei caminhar pelas madrugadas com toda a segurança. Dirigirei por esse trânsito monótono, estacionarei o carro a hora que quiser, deixando as janelas abertas, sem as preocupações constantes que temos que ter nas capitais.
Como dizia o Tim Maia: - " O que eu quero é sossego".
Tomar uma vitamina no Sr. Edgar, sentar na Praça e curtir o som da Rádio City e quem sabe pegar um filminho à tarde, na sessão das 4,15 do Cine Presidente.
Reserva uma horinha aí para comermos uma PIzza do Nelson Calvite, lá no Clube Bar.
Creio que o tempo por aí parou.
Isso não tem preço.

Abraço,

Zé Netto

CIÊNCIA NA COZINHA - 2'

Como os americanos classificam as carnes :

USDA Prime é realmente a melhor e mais cara classificação de carne.Mas todos nós já fomos submetidos, uma vez ou outra, a uma placa de costela de primeira (prime rib) dura e seca, rodeada de gordura de borracha vulcanizada, que devia claramente ter o carimbo "USDA incomível". Haverá alguma informação enganosa por aqui ?
Não necessariamente. É verdade que em qualquer contexto, a palavra prime significa a primeira,ou da mais alta qualidade. Mas nesse caso não tem nada a ver com a qualidade, refere-se apenas ao corte: de que parte do animal veio. Um assado de costela de primeira pode ser de qualquer classificação de qualidade do USDA.
Antes de serem cortadas, as carcaças bovinas são classificadas em oito categorias de qualidade, baseada em características como a maturidade, a textura, a cor e distribuição de gordura - características que resultam em maciez, suculência e sabor no prato. Em ordem descendente de desejabilidade, essas categorias são: Prime, Choice, Select, Standart, Commercial, Utility, Cutter e Canner (A Select era chamada de Good até 1987.)
Quando a carcaça é cortada - independentemente de sua classificação -,ela é em primeiro lugar dividida em oito cortes "primários": chuck, rib, short loin e sirloin, rump, brisket and shank, short plate e flank. No Brasil usa-se o corte francês do boi e os cortes primários são: acém, capa de filet e filet de costela, contra-filet e filet mignon, picanha e alcatra, lagarto, coxão mole (chã) e patinho, peito e pá, ponta de agulha, aba de filet e fraldinha.
O principal corte de costelas consiste nas costelas de número 6 a 12 das 13 costelas do novilho. Depois de as pontas das costelas (costelas curtas) terem sido retiradas, o que fica é o que em açouguês se chama de "costela de primeira". Mais uma vez, o nome não tem nada a ver com a classificação de qualidade USDA Prime, portanto não se deixe levar pelas palavras do menu. Avalie a qualidade provável do assado pela qualidade do restaurante.

(Robert L. Wolke - O que Einstein disse ao seu cozinheiro - Jorge Zahar Editor)

ER

  

FERNANDO BOTERO

Nas obras satíricas de Fernando Botero, políticos, militares e religiosos, músicos e a realeza, são retratados com figuras rotundas e sem movimento, assumindo a característica de vida humana estática. De natureza humorística à primeira vista, as pinturas de Botero são geralmente um comentário social com toques políticos. nascido em Medellin, Colômbia, Botero mudou-se para Bogotá em 1951 e realizou sua primeira mostra internacional no Leo Matiz Gal. Partindo para Madrid em 1952, estudou na Academia de San Fernando. De 1953 a 1955, aprendeu a técnica de afrescos e história da arte em Florença, que tem influenciado suas pinturas, desde então. De volta à Colômbia, expôs na Biblioteca Nacional, em Bogotá, e começou a lecionar na Escola de Belas Artes da Universidade Nacional; naquele mesmo ano, passou algum tempo no México, estudando os murais políticos de Rivera e Orozco, cuja influência é evidente em sua perspectiva política.
A visita de Botero aos Estados Unidos em fins da década de 1950 motivaria, dez anos mais tarde, sua volta à Nova Iorque e o trabalho nesta cidade. Embora o expressionismo abstrato lhe interessasse, buscou inspiração no renascentismo Italiano. Durante este período, começou a experimentar a criação do volume em suas pinturas, expandindo as figuras e comprimindo o espaço em torno delas, uma qualidade que continua explorando ao pintar retratos de grupos imaginários ou paródias sobre o trabalho de mestres famosos.
Com um grande número de exposições na Europa e nas Américas do Norte e do Sul, Botero recebeu inúmeros prêmios, inclusive o Primeiro Intercol, no Museu de Arte Moderna de Bogotá, e figura no acervo dos principais museus em todo o mundo. Desde o início da década de 1970, Botero divide seu tempo entre Paris, Madrid e Medellin.

SampArt



ELES DISSERAM...

Custei a compreender que a fantasia
É um troço que o cara tira no carnaval
E usa nos outros dias por toda a vida.


Aldir Blanc e João Bosco

RADICAL NOS ÚRTIMO

Ouvido hoje no Mercado Municipal:

- E aí cumpadre, 10 ou 17 vereadores ?

- Cem !

- Péra aí cumpadre, a sua opinião é com S ou com C ?

- Claro que é com S !

ER  

CANTINHO DA SALA

Maribarbola - Fernando Botero

EM CIMA DO CANHÃO

A filha do guerrilheiro argentino Che Guevara (1928-1967), quem diria, vai cair no samba. Aleida, 50, é convidada de honra da escola Unidos da Ilha da Magia, de Florianópolis, e vai desfilar em um carro alegórico em formato de tanque de guerra, na madrugada de domingo.
Segundo o presidente da escola, Vamir Bráz de Souza, não é só a revolução de 1959 que vai ser homenageada, mas o povo de Cuba, que há mais de 50 anos é governado pela ditadura dos irmãos Fidel e Raúl Castro.

web



PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Elizabeth Taylor

MAMÃE EU QUERO...